quinta-feira, 28 de agosto de 2008

O PERFIL DE UM FALSO IRMÃO

O PERFIL DE UM FALSO IRMÃO
...em perigos entre falsos irmãos. - 2 Co 11:26

A senda do apóstolo Paulo, foi de aflições e perigos. Neste texto, ele mostra uma lista de perigos que vivenciara:

* Em perigos de rios
* Em perigos de salteadores
* Em perigos dos da minha nação
* Em perigos dos gentios
* Em perigos na cidade
* Em perigos no deserto
* Em perigos no mar
* Em perigos entre os falsos irmãos

Paulo fala de oito tipos de perigos que provara por amor a Cristo - Penso como sofreu em perigos dos judeus e gentios, perseguido, apedrejado, preso muitas vezes...Como sofreu na voragem do mar, como naufrago em meio aos perigos de um mar bravio...
Mas, nenhum perigo lhe fez chorar mais e se afligir mais do que o último que menciona:
...em perigos entre os falsos irmãos.
Observemos o perfil do falso irmão:

1. O falso irmão é um hipócrita - Nos abraça e diz que nos ama, mas nos difama as escondidas.

2. O falso irmão é um homicida - E, veja porque é - 1 Jo 3:15, Ap 22:15

3. O falso irmão é cheio de inveja - É como Caim - Gn 4

4. O falso irmão tem o coração cheio de ódio - como os irmãos de José
Veja tres coisas que o falso irmão faz:
a) Primeira ação - Vamos matar o nosso irmão José
b) Segunda ação - Joguemos José numa cova
c) Terceira ação - Vendamos nosso irmão José

Quem já não foi vitima de um falso irmão. Eu, mesmo trago em meu coração, açoites, apunhaladas de falsos irmãos que muito me fizeram chorar - E suas ações são semelhantes a dos irmãos de José:
Primeiro - Tentam nos matar

Segundo - Articulam sufocar-nos a todo custo(E a fala maligna do falso irmão é seguinte: Joga ele numa cova - que a gente sepulta o ministério dele...)

Terceiro - Fazem tudo para nos vender - Vendem o irmão, o colega de ministério nas rodinhas de difamação e calúnias. Vendem, mercadejam sem direito o nome daquele que querem matar. Mas o verdadeiro irmão não faz assim, pelo contrário, nos ama, se solidariza conosco, chora e se alegra conosco, nos estende a mão, disponibiliza sempre seu ombro amigo e sempre está orando por nós.

Pr. Marcos Antonio

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

TRES TOQUES DE PODER

TRES TOQUES DE PODER
Dn 10:10, 16 e 18

1. O TOQUE PARA LEVANTAR - Dn 10:10
  • Basta um toque do Senhor para colocar o caído em pé - Mq 2:10, Ez 2:1
2. O TOQUE PARA ABRIR OS LÁBIOS - Dn 10:16
  • Se estamos de boca fechada para não louvar a Deus e falar de sua Palavra, precisamos com urgencia deste toque - Sl 150:6, 2 Tm 4:4
3. O TOQUE PARA DESCANSAR - Dn 10:18
  • Se te sentes cansado e sem forças para prosseguir, receba também este toque para descansar - Sl 91:1, Ex 33:18, Mt 11:28,29
Pr. Marcos Antonio

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

PARA QUEM É O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO

PARA QUEM É O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO...

1. O Batismo no Espírito Santo é para quem crer - Jo 7:37-39

2. O Batismo no Espírito Santo é para quem pede - Lc 11:9-13

3. O Batismo no Espírito Santo é para quem deseja - Jo 7:37, Ap 22:17

Pr. Marcos Antonio

TIRA AS SANDÁLIAS DOS PÉS

TIRA AS SANDÁLIAS DOS PÉS
Ex 3:1-5
  • Quais as lições que podemos aprender desta ordem divina feita a Moisés no Monte Horebe...
1. A LIÇÃO DA OBEDIENCIA
  • Imediatamente ao ouvir a divina ordem, Moisés tira as suas sandálias
  • As bençãos são derramadas a partir de um coração submisso a Deus - Dt 28:1-7
2. A LIÇÃO DA HUMILDADE
  • Ao tirar os sapatos, Moisés desceu um pouco, ficando na sua real estatura
  • Os calçados do orgulho e prepotencia nos impedem de sermos usados por Deus - 1 Pe 5:6
3. A LIÇÃO DA SANTIDADE
  • O Senhor lhe dizia a razão de Moisés tirar as sandálias: Porque a terra onde pisas é santa
  • Moisés foi lembrado por Deus: Estes sapatos andaram por caminhos que não foram os meus, pisaram a senda do mal. É necessário que sejam tirados - Hb 12:14, 1 Pe 1:15,16
4. A LIÇÃO DO CONTATO COM O FOGO
  • Ao tirar as sandálias, Moisés tocou o solo impregnado pelo fogo
  • É desejo de Deus, que lancemos fora tudo que nos isola do fogo do Espírito - At 2:1-4
5. A LIÇÃO DA POSSESSÃO DA TERRA PROMETIDA
  • É digno de nota o fato de os dois únicos homens na Bíblia que Deus deu a ordem de tirar os sapatos dos pés - Moisés (Ex 3:5) e Josué (Js 5:15) - Foram os dois homens relacionados para conduzir e introduzir o povo de Israel na Terra promentida.
  • Isto nos diz - que a possessão das promessas e bençãos estão condicionadas a nossa renuncia e obediencia a voz de Deus - Is 1:19
Pr. Marcos Antonio

SETE LIÇÕES DO ARREBATAMENTO DE ELIAS

SETE LIÇÕES DO ARREBATAMENTO DE ELIAS
2 Rs 2:1-11

1. Elias sabia que seria arrebatado - v.9
  • A Igreja também sabe que será arrebatada - Ap 22:17-20
2. Elias estava com pressa de ser arrebatado - v. 1-9
  • A Igreja anela pelo dia do Arrebatamento - Ct 2:17, 8:14, Ap 22:20
3. Elias não se deteve em nenhum lugar que passou antes de ser arrebatado - v. 1-6
  • A Igreja não deve parar, estagnar-se espiritualmente, mas levantar-se e caminhar - Mq 2:10
4. Elias realizou milagres pelo poder de Deus até o final de seu ministério -v. 8
  • A Igreja do Arrebatamento realizará proezas no poder do Espírito - Jl 2:28,29
5. Elias foi arrebatado ANDANDO E FALANDO - v.11
  • A Igreja será arrebatada: ANDANDO E FALANDO - Mc 16:15.....Ide(andando)...Pregai(falando)
6. Elias foi separado de Eliseu - v.11
  • Na Vinda de Jesus haverá separação - Mt 24:40-44
7. Elias foi procurado depois que foi arrebatado - v. 16-18
  • A Igreja será procurada, e não será achada - 1 Ts 4:17, Ap 3:10
Pr. Marcos Antonio

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

OS PREGADORES MAIS ESTRANHOS DA BÍBLIA

OS PREGADORES MAIS ESTRANHOS DA BÍBLIA

(1 Co 1:25-29)

Introdução:

-Através da Bíblia entendemos que, capacidade humana nunca foi pre-requisito para ser instrumento de Deus.

-Nos grandes livramentos de Deus ao seu povo, vemos Deus usando coisas loucas para confundir as sábias.

Usando coisas fracas deste mundo para confundir as fortes.

Escolhendo as coisas vis e as desprezíveis, e as que não são para aniquilar as que são; Para que ninguém se glorie perante Ele.

-Baseados na ótica de escolha de Deus, contemple comigo alguns pregadores que Deus usou grandemente – diremos logo: “Senhor! Que pregadores mais estranhos!”

1. A POMBA QUE NOÉ SOLTOU

Gn 8:11 “E a pomba voltou a ele sobre a tarde; e eis, arrancada, uma folha de oliveira no seu bico; e conheceu Noé que as águas tinham minguado sobre a terra”

A) Noé soltou esta pomba por 3 vezes

B) Ao voltar a terceira vez pregou com a folha de oliveira que trazia – Pregou para Noé – A MENSAGEM DA FIDELIDADE DE DEUS

2. A JUMENTA DE BALAÃO

Nm 22:28 “Então, o Senhor abriu a boca da jumenta, a qual disse a Balaão: Que te fiz eu, que me espancaste estas três vezes ?”

A) Balaão estava desobedecendo a Deus...E, Deus chama para ser pregadora a jumenta que levava o profeta desviado...

B) Duas coisas concernente a jumenta:

1a. Balaão estava sem visão, mas a jumenta estava vendo (Nm 22:22-27) Viu o anjo 3 vezes (Nm 22:33)

2a. Balaão tinha perdido a muito, as mensagens de Deus – Mas Deus abre a boca da jumenta (Quantos pregadores que já perderam a Visão e a mensagem)

C) A jumenta de Balaão pregou a MENSAGEM DE ADVERTÊNCIA

para ele.

3. OS CORVOS QUE ALIMENTARAM ELIAS

1 Rs 17:6 “E os corvos lhe traziam pão e carne pela manhã, como também pão e carne à noite; e bebia do ribeiro.”

A) Estes corvos pregavam para Elias duas vezes ao dia

B) E a mensagem era sempre a mesma: A MENSAGEM DA PROVIDÊNCIA (Deus cuida dos seus servos)

4. OS CÃES DA PARÁBOLA DO RICO E DO MENDIGO LÁZARO

Lc 16:21 “E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.”

A) O quadro calamitoso daquele mendigo nos traz comoção

B) Aqueles cães lambendo suas feridas – falam do limite do sofrimento (Fome, miséria, abandono e enfermidades)

C) Aqueles cães foram únicos a se aproximarem do desprezado Lázaro. Pregaram a MENSAGEM DA COMPAIXÃO.

5. O GALO QUE CANTOU

Lc 22:60-62 “E Pedro disse: Homem, não sei o que dizes. E, logo, estando ele ainda a falar, cantou o galo. E virando-se o Senhor, olhou para Pedro, e Pedro lembrou-se da Palavra do Senhor, como lhe tinha dito: Antes que o galo cante hoje, me negarás três vezes.

E, saindo Pedro para fora, chorou amargamente.”

A) Este galo pregou para Pedro a MENSAGEM DE ARREPENDIMENTO

6. OS BICHOS QUE DEVORARAM O REI HERODES AGRIPA

At 12:23 “No mesmo instante, feriu-o o anjo do Senhor, porque não deu glória a Deus; e, comido de bichos, expirou.”

A) Agripa era um homem extremamente soberbo e arrogante...

B) Aqueles bichos(vermes) pregaram para Herodes a MENSAGEM DE JUÍZO (Gl 6:7)

CONCLUSÃO: -Se Deus pode usar estes pregadores tão estranhos... Não poderá usar você, imagem e semelhança de Deus, salvo e lavado pelo Sangue de Cristo? Entregue-se inteiramente nas Mãos do Senhor e sejas usado por Ele.

Pr. Marcos Antonio

domingo, 10 de agosto de 2008

JESUS VIRÁ COMO LADRÃO

JESUS VIRÁ COMO LADRÃO
Porque vós mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como ladrão de noite
(1 Ts 5:2)

1. O ladrão vem quando ninguém espera
  • Assim será a Vinda de Jesus - Mt 24:42-44, 25:13
2. O ladrão age com muita rapidez
  • O arrebatamento será como diz Paulo em 1 Co 15:52 Em um MOMENTO - no grego: em um Átomo de tempo - Portanto será muito rápido - Num abrir e fechar de olhos - 1 Co 15:52
3. O ladrão procura vir sem que seja observado
  • Assim será a Vinda de Jesus. O mundo sem Deus não verá este fato, somente os salvos - 1 Ts 4:16,17
4. O ladrão vem normalmente quando todos estão dormindo
  • Segundo a palavra profética, o tempo que antecederá a Volta de Cristo será marcado por grande sono espiritual - Mt 25:6, Rm 13:11
5. O ladrão leva sempre o que não é seu
  • Mas, Jesus levará o que seu - Tt 2:14, Sl 100:3, Rm 14:8
6. O ladrão somente leva coisas de valor
  • Jesus levará para si, o que para Ele tem mais valor na Terra - a sua Igreja - Ml 3:17
7. O ladrão depois que vai embora, sente-se a falta do que foi levado
  • Após o Arrebatamento, sentir-se-á a falta de milhares de pessoas ao redor da Terra.


Mensagem pregada pelo pastor Marcos Antonio, em que Deus falou profundamente aos corações
na Assembly of God New Life, Plant City, Florida, U.S.A.
Em 10 de agosto de 2008

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

O TRAVESSEIRO DE PASTOR

O TRAVESSEIRO DE PASTOR


A história que abaixo apresento, foi compartilhada comigo pelo querido amigo e colega de ministério, pastor Eliel Amaral Soares, pastor presidente da Assembléia de Deus em Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos.

Infelizmente, somos o único exército que mata os seus próprios soldados. Uma grande parte de nós chegam respirar o mal e tem sede de sangue.


Um querido amigo e irmão certa vez me disse:

- Existe uma coisa que tem a força de nos abater e fechar nossos lábios para não louvar a Deus - a dor da traição e da calúnia.


Somente quem foi trucidado por dentro, pela dor de uma calúnia, assimilará com mais proveito o texto que se segue.


Algumas pessoas são como bodes. E por quê? Porque andam por aí "mas-rando" todo mundo! Dizem "mas" sempre que ouvem qualquer coisa que não querem aceitar. Mesmo quando lhes dizemos a VERDADE, elas começam a dizer MAS, MAS, MAS! São exatamente como os bodes! "Eu gosto do que você está fazendo, mas…", "ele é um bom homem, mas..", "Sim, eu sei que você está certo, mas…".
Havia um mulher que estava sempre "masrando" e que não gostava do que lhe dizia um certo pastor que amava muito o Senhor. Um dia, as palavras do senhor idoso foram mais do que ela podia agüentar. Eram a verdade, "mas" deixaram-na tão furiosa que ela começou a "mas-rar" com toda a força. Foi por toda a parte dizendo mentiras e contando estórias más sobre ele. Ela tentou muito fazer com que todas as pessoas ficassem contra ele usando a sua terrível fofoca e com coisas horríveis que disse. Mas quanto mais coisas ela dizia, mas triste ficava. Por fim, se sentia muito, muito infeliz e começou a se arrepender de todas as mentiras que tinha dito.
Finalmente, em lágrimas, a mulher foi a casa do pastor pedir-lhe que a perdoasse:
— Disse tantas mentiras a seu respeito. — disse ela — Por favor, me perdoe.
O velhinho ficou em silêncio por muito tempo. Parecia estar profundamente absorto em seus pensamentos e oração. Por fim disse:
— Sim, eu lhe perdôo, mas primeiro tem que fazer uma coisa para mim.
— O que você quer que eu faça? — perguntou ela um pouco surpreendida.
— Venha comigo até ao campanário e eu lhe mostrarei — disse ele, olhando-a direto nos olhos — mas primeiro preciso ir buscar uma coisa no meu quarto.
O pastor voltou do quarto com um grande travesseiro de penas debaixo do braço. A pobre mulher mal conseguia conter a sua surpresa e curiosidade.
Perturbada, a mulher mal conseguia se conter para não perguntar para que era o travesseiro e porque estavam subindo para o campanário. Contudo, não disse nada, e quase sem fôlego, acabaram por chegar à torre do sino da igreja.
O vento soprava suavemente através das grandes janelas abertas do campanário. Da torre, eles podiam ver a grande distância até os campos que se estendiam para lá da aldeia.
De repente, sem dizer nada, o pastor rasgou o travesseiro e despejou todas as penas pela janela.
O vento e a brisa arrebataram as penas e levaram-nas para toda a parte: para os telhados, para as ruas, debaixo dos carros, para as árvores, para os quintais onde brincavam as crianças e até para a rodovia e cada vez mais distante até perder de vista.
O pastor e a mulher ficaram observando as penas por bastante tempo. Por fim, o velhinho voltou-se para a mulher e disse:
— Agora, quero que você vá e pegue todas essas penas.
— Pegar todas essas penas? — disse ela — mas isso é impossível!
— Sim, eu sei disso — disse o pastor — estas penas são como as mentiras que você disse sobre mim. Você nunca conseguirá parar o que começou, mesmo que esteja arrependida. Talvez consiga dizer a algumas pessoas que mentiu sobre mim, mas os ventos da fofoca levaram as suas mentiras para toda a parte. Você pode apagar um fósforo com um sopro, mas não pode apagar com um sopro o grande incêndio que um fósforo pode começar numa floresta! "Igualmente, a língua é um pequeno membro. Vejam quão grande bosque um pequeno fogo incendeia."(Tiago 3:5)



Pastor Marcos Antonio

NOTAS PARA SERMÕES DE ESCATOLOGIA


“NOTAS PARA SERMÕES DE ESCATOLOGIA”

Introdução:

(1) O termo ESCATOLOGIA vem do grego “Eschatos”- último e de “Logos”- Tratado ou estudo.

A Bíblia Sagrada usa, expressões como: “os últimos dias”(Is 2:2; Mq 4:1); “últimos tempos”(1 Pe 1:20); “última hora”(1 Jo 2:18).

E com base nestas expressões, o termo Escatologia foi tomado para designar o estudo dos acontecimentos finais do plano de Deus para este mundo. Normalmente, quando se estuda Teologia Sistemática, a Escatologia surge sempre como último capítulo.

(2) A Escatologia não dedica-se apenas ao estudo dos últimos acontecimentos, mas também aos fatos que se relaciona com o destino do homem (morte física, estado intermediário – isto é, o que ocorre entre a morte e a ressurreição; e ainda aqueles eventos que estão além da história, como a existência na eternidade.

(3) A questão das “Últimas coisas” relativas relacionadas ao destino do homem, tem ocupado lugar não só na Filosofia como nas religiões pagãs. É natural que o homem queira saber não apenas sua origem, porque está aqui, mas também seu destino.

.Filósofos como: Platão, Sócrates – falaram sobre a imortalidade da alma

.Os gregos antigos criam que os mortos iam para uma ilha: Ilha dos bem-aventurados.

.Os romanos acreditavam que a outra vida era um espelho desta.

.O Budismo tem como alvo maior – o estágio final – Nirvana

.O Maometismo – o seu paraíso sensual

.Os antigos indígenas americanos – Viam o céu como um imenso e rico campo de caça.

(4) Por que nestes últimos anos a “Escatologia” não tem sido apreciada como se deveria ?

A resposta reside na “escatologia sensacionalista e incoerente”, que foge do equilibrado padrão escatológico bíblico.

(5) Não deixemos que a frustração da escatologia sensacionalista, venha tirar o fervor de nossa esperança (Rm 5:5; 8:24,25; 12:12; 1 Pe 1:3)

ESBOÇO 1 “A MORTE”

Textos bíblicos: Gn 3:19 e Ec 12:7

Introdução:

(1) A vida é breve – Gn 47:9; Sl 89:47; 90:9,10

(2) A vida é como uma sombra – 1 Cr 29:15

(3) A vida é como a lançadeira do tecelão – Job 7:6

(4) A vida é como o correio – Job 9:25

(5) A vida é como nada , como um sopro– Sl 39:5

(6) A vida é como a choça de um pastor – Is 38:12

(7) A vida é como um águas que passam – Sl 90:5

(8) A vida é como um sono – Sl 90:5

(9) A vida é como a erva – Sl 90:5,6

(10)A vida é como a neblina que se desvanece – Tg 4:14

I. VERDADES BÍBLICAS SOBRE A MORTE:

1. TODOS ESTÃO DESTINADOS À MORTE – Hb 9:27; 1 Sm 20:3

2. TODO HOMEM SEM DEUS TEM MEDO DA MORTE – Dn 5:6

3. A MORTE NÃO É O FIM DE TUDO

4. CRISTO VENCEU A MORTE – Mt 28:1-6; 2 Tm 2:8; Ap 1:18

5. A MORTE SERÁ TRAGADA NA VITÓRIA – 1 Co 15:49-57

6. A MORTE SERÁ O ÚLTIMO INIMIGO A SER ANIQUILADO – 1 Co 15:24-26; Ap 20:14; 21:4

II. O ESTADO INTEMEDIÁRIO DOS MORTOS JUSTOS:

1. O salvo por ocasião da morte, entra na presença de Cristo – 2 Co 5:1-8;

2. Estão no Paraíso – Lc 23:42,43

3. O estado do salvo em Cristo, imediatamente após a morte, é muitíssimo mais preferível do que a vida no corpo neste mundo – Fp 1:21-23

4. Os santos que partiram estão vivos e concientes – Mt 22:32; Lc 16:22;

1 Ts 5:10; Ap 6:9-11

5. Os santos que partiram estão em estado de descanso e bem-aventurança – Ap 14:13

III. O ESTADO INTERMEDIÁRIO DOS MORTOS ÍMPIOS:

1. Estão no Hades – Lc 16:23

2. Estão em tormento de espírito e conciência – Lc 16:23

3. Estão clamando – Lc 16:24

4. Estão em plena conciência – Lc 16:24

5. Estão em grande aflição de espírito – Lc 16:24

6. Estão preocupados com os que estão com vida na Terra – Lc 16:27.28

7. Estão esperando o juízo de Deus – Hb 9:27; Ap 21:11-15

IV. POSIÇÕES DIVERGENTES ACERCA DOS MORTOS:

1) Doutrinas que negam a existência conciente da alma:

a) PSICOPANIQUIA – O Sono da Alma

b) A DESTRUIÇÃO DA ALMA – A Alma é destruída logo após a morte.

2) Doutrinas católicas

a) O Purgatório

b) O Limbo das crianças

c) O Limbo dos pais – “Limbus Patrum”

3) Doutrinas espíritas

Sob a falsa idéia de sucessivas reencarnações até chegar ao pleno aperfeiçoamento dos espíritos; o espiritismo segue as mesmas linhas de crença das muitas religiões antigas, como: O Hinduísmo, o budismo; o Sikismo, etc…

ESTUDO 2 “REALIDADES DO INFERNO E DO CÉU”

I. REALIDADES DO INFERNO:

1. O inferno é um lugar ou um estado ? – Sl 9:17; Ap 20:15; 21:8

2. Onde está o inferno ? – Mt 22:13

3. Como será o fogo do inferno ? – Lc 16:24; Ap 20:15

4. Haverá esperança no inferno ? – Ap 21:8

5. Haverá conciência no inferno ? – Lc 16:25

6. Quanto tempo durará o tormento no inferno ? – Dn 12:2

7. Para quem foi preparado o inferno ? – Mt 25:41; Jd 6; Ap 21:8

II. REALIDADES DO CÉU

1. Quais os sentidos que a Bíblia dá para o Céu ?

a) O Céu físico – Gn 1:1; Sl 19:1

b) Sinônimo de Deus e sua Santidade – Lc 15:18

c) Habitação de Deus – Dt 26:15; Sl 2:4; Sl 123:1; Mt 6:9

2. Existe pluralidade de céus ?

a) Gn 1:1 – fala em “céus”

b) Ne 9:6 – fala do “Céu dos Céus”

c) 2 Co 12:2

3. Que nomes a Bíblia dá ao Céu ?

a) Abraão o identificou como a “Cidade que tem fundamentos”-Hb 11:10

b) Neemias o chamou de “Céu dos Céus” – Ne 9:6

c) Davi o chamou de “Casa do Senhor” – Sl 23:6

d) Paulo o chamou carinhosamente de:

-A Nossa Pátria – Fp 3:20

-A Jerusalém que é de cima – Gl 4:26

-Paraíso – 2 Co 12:4

-Reino Celestial – 2 Tm 4:18

e) O escritor da carta aos Hebreus, também denomina o Céu:

-A Cidade do Deus Vivo e Jerusalém Celestial – Hb 12:22

-O Reino que não pode ser abalado – Hb 12:28

-A Cidade Futura – Hb 13:14

f) João, o apóstolo – descreveu o Céu como:

-A Cidade do meu Deus – Ap 3:12

-A Santa Cidade – Ap 21:2

-A Nova Jerusalém – Ap 21:2

-O Tabernáculo de Deus com os homens – Ap 21:3

-A Grande Cidade – Ap 21:10

g) Jesus chamou o Céu de “CASA DO PAI” – Jo 14:2

4) Verdades plenas a respeito do Céu:

a) O Céu é mais que um estado, é um lugar real – Jo 14:2,3

b) O Céu é um lugar espaçoso – Ap 22:16

c) O Céu é um lugar de pleno conhecimento – Sl 34:5

d) O Céu é um lugar de esplendente Luz – Ap 21:23; 22:5

e) O Céu é um lugar de Santidade – Ap 21:27

f) O Céu é um lugar de Consolo eterno – Ap 21:4

g) O Céu é um lugar de refrigério – Ap 22:1

h) O Céu é um lugar de contínuo serviço a Deus – Ap 22:3

ESBOÇO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

Introdução: Sem dúvida alguma, o evento central da Escatologia Bíblica é a Segunda Vinda de Cristo. Todos os demais acontecimentos escatológicos estão diretamente ligados a ela.

I. O QUE NÃO É A VINDA DE CRISTO

1) A Vinda de Cristo não é a conversão de uma pessoa

2) A vinda de Cristo não é a pregação mundial do Evangelho

3) A Vinda de Cristo não ocorreu no Dia de Pentecóste

4) A Vinda de Cristo não foi a destruição de Jerusalém no ano 70 dC

5) A Vinda de Cristo não é a morte física

II. O QUE É A VINDA DE CRISTO

1) É uma Profecia Bíblica

2) É uma Promessa Bíblica

3) É uma Esperança Bíblica

III. QUANTO A NATUREZA DA VINDA DE CRISTO:

1) Ele virá pessoalmente – 1 Ts 4:16

2) Ele virá brevemente – Ap 3:11; 22:7,12,20

3) Ele virá gloriosamente – 1 Ts 4:16

4) Ele virá repentinamente – 1 Co 15:52

5) Ele virá inesperadamente – Mt 25:13

6) Ele virá como um relâmpago – Mt 24:27 (Lições do relâmpago:)

a) O relâmpago aparece quando há nuvens escuras

b) O relâmpago causa espanto e pavor

c) O relâmpago nos dá a lição da surpresa

d) O relâmpago nos fala de rapidez

e) O relâmpago nos fala de grande poder

f) O relâmpago nos fala de resplendor e beleza

8. Ele virá como ladrão de noite – Mt 24:42-44

(Licões:)

a) O ladrão vem quando ninguém espera

b) O ladrão age sem que seja observado

c) O ladrão age com rapidez

d) O ladrão só leva as coisas de valor

e) O ladrão leva o que não é dele

f) O ladrão sempre deixa algo

g) O ladrão (em alguns casos, deixa a casa em desordem)

h) Depois que o ladrão sae, sente-se a falta do que foi levado

9) Ele virá em duas fases – (Para a Igreja e depois com a Igreja)

III. TERMOS PRINCIPAIS PARA REFERIR-SE À SEGUNDA VINDA DE CRISTO NO NOVO TESTAMENTO

1) EPIFANEIA – Palavra usada para designar o aparecimento de Deus para socorrer seu povo – Tt 2:13; 2 Tm 4:8

2) APOCALIPSIS – Palavra que significa revelação – 1 Co 1:7; 2 Ts 1:7

3) PAROUSIA – Palavra que significa: presença; chegada. – Mt 24:3; 1 Ts 2:19

IV. O TEMPO DA SEGUNDA VINDA DE CRISTO

1) O Tempo é desconhecido – Mt 24:36-39

2) Os sinais nos fazem compreeender que o tempo está próximo

a) Qual a função dos Sinais ?

-Os sinais servem para alimentar nossa Esperança

-Os Sinais nos indicam a proximidade da Cidade Santa

-Os Sinais nos previne contra os enganos

-Os Sinais nos incentivam ao trabalho do Senhor

-8-

V. TRES LUGARES EM RELAÇÃO AOS ACONTECIMENTOS DA VINDA DE CRISTO:

1) JESUS VEM – O QUE AONTECERÁ NO CÉU ? – 1 Ts 4:16,17

2) JESUS VEM – O QUE ACONTECERÁ NA TERRA ? – 1 Ts 4:16,17; 1 Co 15:52-57

3) JESUS VEM – O QUE ACONTECERÁ NOS ARES ? – 1 Ts 4:16

VI. A VINDA DE CRISTO E A RESSURREIÇÃO

1) Textos chaves: Job 19:25,26; Sl 17:15; 1 Jo 3:2; 1 Ts 4:13-18;

1 Co 15:12-20; 42-57

2) A Bíblia em nenhuma passagem, usa a expressão “nova criação” como alguns tentam provar; mas sempre “ressurreição”.

3) Muitos indagam: Como Deus vai reunir, dar forma, vivificar o que já desintegrou-se, o que já desapareceu…? - Lc 1:37; 1 Co 2:9

4) Lembremos que a Salvação envolve 3 grandes Aspectos:

a) A Salvação da condenação do pecado – A Justificação (Rm 4:25)

b) A Salvação do poder do pecado – A Santificação (2 Co 7:1)

c) A Salvação do corpo do pecado – A Ressurreição (Rm 13:11)

ESBOÇO 4 “O TRIBUNAL DE CRISTO’ - 2 Co 5:10

Introdução: Logo após o Arrebatamento glorioso, a Igreja comparece no tribunal de Cristo.

Não será julgada para condenação, pois neste tempo, já está livre de toda e qualquer condenação. Será o julgamento do trabalho prestado para Deus. (Ap 3:11)(22:12)

I. QUANTO O TEMPO DESTE TRIBUNAL

Imediatamente após o Arrebatamento da Igreja

II. QUANTO AO LOCAL DO TRIBUNAL DE CRISTO

Muito de tem discutido sobre o local: Nos ares, Em uma espécie de ante sala da Grande Sala do Banquete das Bodas; ou em outro sitio do Céu ?….

III. QUANTO AOS QUE SERÀO JULGADOS

“Todos”- é a expressão paulina em 2 Co 5:10

IV. QUANTO AO QUE SERÁ JULGADO

1) Serão julgadas as nossas obras – 1 Co 3:13-15

2) Será julgado o nosso relacionamento com nossos irmãos – Rm 14:10-12; Gl 6:9,10; Mt 10:40-42

V. QUANTO AO INTRUMENTO DE PROVA

1) O fogo Divino – 1 Co 3:13-15

2) Deus é um fogo consumidor – Hb 12:29

3) Seus olhos são como chamas de fogo – Ap 1:14

4) A Palavra de Deus é fogo poderoso – Jr 23:29

5) O Espírito Santo atua como fogo – At 2:3; Ap 5:4

VI. QUANTO AO GALARDÕES

1) Coroa da vida – Ap 2:10

2) Coroa incorruptível – 1 Co 9:24,25

3) Coroa de Glória – 1 Pe 5:4

4) Coroa da Justiça – 2 Tm 4:8

5) Mais recompensas: Ap 2:7, 11, 17, 26-28; 3:5,12,21

6) O Maior de todos os galardões – O SENHOR – Gn 15:1

7) Ele próprio nos entregará o Galardão – Ap 22:12; Is 40:10

ESBOÇO 5 “AS BODAS DO CORDEIRO” (Ap 19:7-9)

Introdução:

Após o Tribunal de Cristo desfrutaremos das Bodas com nosso amado noivo Jesus.

I. EXISTE UMA GRANDE ESPECTATIVA NO CÉU PARA ESTA FESTA

1) Primeiro – A espectativa do Pai – Mt 22

2) Segundo – A espectativa do Filho (O Noivo) – Jo 14:1-3; Ef 5:25-27; Gn 24:61-67

3) Terceiro – A espectativa da Igreja(A Noiva) – Ap 22:17; 20

4) Quarto – A espectativa dos anjos – 1 Pe 1:11,12; Ap 19:7

II. POR QUE O NOIVO É CHAMADO DE CORDEIRO ?

Pois Ap 19:7,9 – chama esta Festa celestial é chamada de “Bodas do Cordeiro”

1) Para que lembremos que pelo sangue do Cordeiro fomos salvos – Jo 1:29 -11-

2) Para que lembremos que pelo sangue do Cordeiro podemos Ter acesso à Cidade eterna – Ap 22:14

III. QUEM É A NOIVA ?

1) É a Igreja do Senhor – 2 Co 11:2

2) É a Igreja Gloriosa, sem mácula e sem ruga – Ef 5:25-27

3) É a Igreja adornada e preparada – Ap 19:8

IV. COMO É O VESTIDO DA NOIVA ?

1) É presente divino – “E foi-lhe dado”- Ap 19:8

2) É fino – fala da preciosidade da Igreja – Ap 19:8

3) É puro – fala da pureza da Igreja – Ap 19:8

4) É resplandecente – fala da Glória da Igreja – Ap 19:8

V. QUAL O LOCAL CELESTIAL PARA AS BODAS ?

Tres principais salas destacavam-se nos palácios antigos. Tres salas são as principais no Céu:

1) A Sala do Trono – Ap 4

2) A Sala do Tesouro – Rm 11:33

3) A Sala do Banquete – Ct 2:4

- Nesta será celebrada a maior festa de toda a História: As Bodas do Cordeiro.

VI. QUEM SÃO OS CONVIDADOS PARA AS BODAS ?

1) Os santos do A. Testamento – Mt 8:11; Lc 13:28,29

2) João Batista disse a respeito – Jo 3:29,30

VII. CURIOSIDADES DO CASAMENTO JUDAICO E SUAS LIÇÕES ESPIRITUAIS:

CASAMENTO JUDAICO

APLICAÇAO ESPIRITUAL

REFERÊNCIAS BÍBLICAS

1. O Pai do noivo escolhia a noiva

Deus Pai nos escolheu

Sl 100:3; Tt 2:14

2. O noivo pagava um preço

Jesus pagou alto preço

Ef 1:7; Rm 5:8,9; At 20:28; 1 Pe 1:18,19

3.O noivo para selar o pacto, bebia um cálice de vinho

Jesus selou o pacto com sua Noiva, ao tomar o cálice

Mt 26:27-29

4. Antes de sair da casa da noiva, prometia voltar para buscá-la

Antes de subir aos céus, prometeu voltar

Para buscar os seus

Jo 14:1-3

5. A noiva aguarda em sua casa a chegada do noivo

A Igreja militante aguarda na Terra a Vinda de Jesus

Cl 1:27

Ct 2:17

Ap 22:20

6. O Noivo saía da casa do seu pai

Cristo vem da casa do Pai

Fp 3:20,21; 1 Ts 4:16

7. O Noivo vinha acompanhado de seus amigos, que pelo caminho tocavam instrumentos

Os anjos virão tocando trombetas, no dia do Arrebatamento

1 Ts 4:16

Ap 19:7

Mt 25:6

8. Ao ouvir o clamor, a noiva saía com suas damas de honra ao encontro do noivo

Ao ouvirmos o chamado do Senhor e dos anjos, subiremos ao encontro

Mt 25:6

1 Ts 4:16,17

9. O cortejo nupcial seguia até a casa do noivo

Que lindo será o cortejo nupcial da Igreja até o Céu

Sl 45:15

10.Depois de consumado o casamento. A Festa começava e durava 7 dias

Cremos que a festa das bodas durará 7 anos

Ap 19:7



ESBOÇO 6 “A GRANDE TRIBULAÇÃO”

INTRODUÇÃO:

Segundo o que disse Jesus, será o período mais terrível já vivido na história humana – Mt 24:21

I. TERMINOLOGIAS BÍBLICAS SIMILARES AO TERMO “GRANDE TRIBULAÇÃO”

  1. A grande aflição – Mt 24:21
  2. Tempo de angústia – Dn 12:1
  3. Angústia de Jacó – Jr 30:17
  4. Um laço – Lc 21:34
  5. Ml 4:2 – O Dia do Senhor
  6. Sf 1:15 – Dia de indignação
  7. Is 63:1-4 – Dia da Vingança
  8. Ap 3:10 – Hora da Tentação ou provação

II. O SENTIDO ETMOLÓGICO DO TERMO TRIBULAÇÃO

  1. A palavra tribulação significa literalmente: comprimir com força
  2. Uvas comprimidas no lagar – Is 63:3; Ap 19:11-16
  3. Tribulação vem do latim “Tribulum” que quer dizer apertar

III. A IGREJA NÃO PASSARÁ PELA GRANDE TRIBULAÇÃO

  1. Proféticamente: Noé e sua família; Enoque arrebatado antes do dilúvio; Ló e suas filhas – ilustram com muita verdade que Deus preserva o justo da destruição.
  2. Jesus disse que se vigiarmos escaparemos – Lc 21:36; Ap 3:10
  3. Cremos que a manifestação do anti-cristo, só acontecerá quando a Igreja for tirada – 2 Ts 2:7,8 -14-
  4. O ensino de Jesus em Lc 21:25-36, deixa bem claro que o destino da Igreja é escapar do castigo que o mundo sofrerá
  5. O ensino de Paulo também enfatiza que a Salvação da Igreja inclui o ser salvo da ira vindoura – 1 Ts 1:10; 5:9

ESBOÇO 7 “O MILÊNIO” - Ap 19:6; 20:1-6

Introdução:

O Milênio será a época áurea da Terra. O Reinado de Cristo.

A palavra “Milênio” não se encontra na Bíblia; ela decorre da expressão “mil anos” (Ap 20:6)

I. EXISTEM TRES CORRENTES DE INTERPRETAÇÃO SOBRE O MILÊNIO:

1. O Premilenismo – Crê que Cristo vem antes do Milênio

2. O Posmilenismo – Crê que Cristo vem depois do Milênio

3. O Amilenismo – Crê que Cristo não haverá nenhum reinado de Cristo sobre a Terra

II. MARAVILHAS DO MILÊNIO:

1. A Forma de Governo será Teocrática – Lc 1:31,32; Dn 7:13,14; Ap 19:16

2. A Sede do Governo será Jerusalém – Sl 48:1-3; Is 2:2-4

3. Haverá um rio de águas vivas que saírá de Jerusalém – Ez 47:1-12; Zc 14:1-8

4. O Conhecimento do Senhor será universal – Is 11:9: Zc 8:22,23; Jr 31:34

5. Será um tempo de paz entre as nações – Is 2:4; Zc 9:10

6. Será um período de obediência jamais visto – Is 60:12

7. Haverá saúde e longevidade – Is 65:18-20; Zc 8:4-6

8. A ferocidade dos animais será tirada – Is 11:6-9; 35:9; 65:25

9. Nunca as crianças brincarão tanto – Zc 8:5,6

10. A Terra produzirá com fartura – Is 35:1,2; 55:12,13; Ez 36:34-36

11. O Mar Morto dará peixes em abundância – Ez 47:10

12. Não haverá governantes desonestos – Is 32:5

13. Haverá bem-estar social – Sl 72:1-7; Is 32:15-18

Obs: (O desejo de Daví será cumprido – Sl 144:12-15)

14. O problema da moradia será solucionado – Mq 4:4; Zc 3:10

15. O Senhor reinará com justiça – Jr 23:5

-Cristo será revelado como Rei:

a)Rei da Justiça – Is 32:1

b)Rei de Israel – Jo 12:13

c)Rei de toda a Terra – Zc 14:9; Fp 2:9-11

d)Rei dos reis – Ap 19:16

ESBOÇO 8 “O JUÍZO FINAL” (Ap 20:10-15)

I. O TRONO É GRANDE – Ap 20:11

1. Porque infinitamente Grande é o que nele se assenta – Ap 20:11; Fp 2:5-11

2. Porque Grande é a glória do Trono – Ap 4:1-7

3. Porque Grande é o número dos que serão julgados – Ap 20:12

II. O TRONO É BRANCO – Ap 20:11

1. Porque Aquele que está no Trono é Santo – Sl 22:3; Is 6:2

2. Até os demônios sabem que Ele é Santo – Mc 1:24

3. Il. A Santidade do trono vai confrontar o pecado das gentes

III. ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O JUÍZO FINAL:

1. Nenhum pecador escapará deste Julgamento – Hb 9:27; Ap 20:12

2. Livros serão abertos para julgar – Ap 20:12

  1. O Livro da Vida
  2. A Bíblia estará aberta – Jo 12:49

3. Ponto a considerar: Ressurreição para serem julgados – Ap 20:13; 4,5; Dn 12:2

4. A morte será julgada – Ap 20:14; 1 Co 15:23-28; 2 Tm 1:10; Ap 21:4

ESTUDO 9 “O ESTADO ETERNO”

Depois do Juízo do Grande Trono Branco, inicia-se a fase mais gloriosa da História: Novos Céus e Nova Terra – 2 Pe 3:14; Ap 21:1.

Em Isaías 51:16, lemos: “…para que eu estenda novos céus, funde nova terra, e diga a Sião: Tu és o meu povo.”

Também no cap. 65:17, lemos: “Pois eis que crio novos céus e nova terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, jamais haverá memória delas.”

CONCLUSÃO:

Querido irmão, o propósito destas notas para sermões e estudos, não se propõe a trazer uma nova descoberta no campo da Escatologia bíblica; mas alimentar nossos corações com a verdade mais confortadora da Bíblia, a de que “ESTAREMOS PARA SEMPRE COM O SENHOR”(1 Ts 4:17), motivando cada pregador a anunciar que o “REI ESTÁ VOLTANDO !”

Na certeza do grande Dia da Redenção,

Pastor Marcos Antonio da Silva