sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Lições Bíblicas - Comentarista: Pastor Marcos Antonio

APRENDENDO COM JESUS A ORAR

Comentarista: Pastor Marcos Antonio da Silva

Texto Bíblico Básico – Lucas 22:39-46


Lucas 22:39-46

39 – E, saindo, foi, como costumava, para o monte das Oliveiras, e também os seus discípulos o seguiram.
40 – E, quando chegou aquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação.
41 – E apartou-se deles cerca de um tiro de pedra, e, pondo-se de joelhos, orava,
42 – dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice, todavia, não se faça a minha vontade, mas a tua.
43 – E apareceu-lhe um anjo do céu, que o confortava.
44 – E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se em grandes gotas de sangue que corriam até ao chão.
45 – E, levantando-se da oração, foi ter com os seus discípulos e achou-os dormindo de tristeza.
46 – E disse-lhes: Por que estais dormindo...Levantai-vos, e orai para que não entreis em tentação.


TEXTO ÁUREO

E aconteceu que, estando ele a orar num certo lugar, quando acabou, lhe disse um dos seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos.
Lucas 11:1




COMENTÁRIO

Palavra introdutória

Uma vida de conquistas e vitórias é uma vida de constante oração (Ef 6:18)(Rm 12:12).
A vida exemplar de oração de nosso amado Salvador Jesus será sempre o protótipo inspirador para todos aqueles que desejam buscar a Deus.
Tudo que fez em seu ministério terreno, quer pregando, quer ensinando, quer curando, quer expulsando demonios, quer ressuscitando mortos, etc. fez sob a firme base da oração e da comunhão com o Pai.
Ensina-nos a orar (Lc 11:1). É interessante observar que, aquele discípulo que fez este pedido ao Senhor, sabia o que é fundamental para a vida cristã – A Oração. Ele não disse ao Senhor: Ensina-nos a pregar como tu pregas, ou, ensina-nos a ensinar como tu ensinas, ensina-nos a curar como tu curas, etc. Mas, pediu o mais importante de tudo – Ensina-nos a orar.


1. COMO JESUS ORAVA

Diversas referencias bíblicas nos revelam a vida de constante oração de Jesus. Isto vale dizer: que Ele não perdia a oportunidade de falar com o Pai.

1.1 Jesus orava a sós
E levantando-se de manhã muito cedo, estando ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava. (Mc 1:35)
Jesus priorizava tanto a vida de oração, que antes da alva do dia romper, Ele já estava de joelhos falando com o Céu (Pv 8:17). Para seus momentos de devoção pessoal, sempre buscava um lugar secreto. Ele nos ensina a respeito do valor deste tipo de oração, quando ensinou a oração modelo – A Oração do Pai Nosso (Mt 6:6).
Por muitas vezes, separava-se dos discípulos e das multidões, deixando para tras toda a agitação da sociedade de seu tempo e subia ao monte para orar (Lc 6:12)

1.2 Jesus orava em público
Tiraram pois a pedra. E Jesus levantando os olhos para o Céu, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido. (Jo 11:41)
Como sacerdocio santo (1 Pe 2:5) temos que edicar tres altares em nossa vida cristã: O altar pessoal, quando busco a Deus em oração (Mt 6:6), o altar familiar, quando eu com minha familia buscamos a Deus (Js 24:15), o altar congregacional, quando eu com minha familia, me reúno com outras familias na Casa de Deus para orarmos ao Senhor (Sl 133:1-3)(At 2:42)
Portanto, jamais abramos mão deste singular privilégio, de que como buscamos a Deus a sós e em família, no templo ou em qualquer parte, estejamos sempre dispostos a buscar a Deus. Há crentes que oram bem sozinhos, mas sentem vergonha de orarem, por exemplo em um restaurante.

1.3 Jesus orava em pequenos grupos
E aconteceu que, estando ele orando em particular, estavam com ele os discípulos... (Lc 9:18)
A oração em pequenos grupos: quer seja no templo, no trabalho, em retiros espirituais, em casa, etc. É uma riquissima oportunidade para o crescimento espiritual, porque fortalece em muito a comunhão entre os irmãos, bem como a evangelização de visitantes. Pedidos de oração são compartilhados, intercessores são levantados e o Senhor responde com sua provisão e poder (Ef 6:18). Tiago nos recomenda: Confessai as vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros, para que sareis, a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. (Tg 5:16)


2. JESUS NOS ENSINA A PRÁTICA DA ORAÇÃO
Em Mateus 7:7,8, Jesus nos fala das tres palavras chaves de uma oração vitoriosa: Pedir, buscar e bater.
Todos sabemos que para obtermos alguma coisa que está a venda, temos de pagar o devido preço. No entanto, no reino de Deus, para receber a resposta de nossa oração, não temos que pagar, pois tudo o que vem do Senhor para nós, é pela sua eterna Graça (Rm 8:32)(Ef 1:3, 3:20). Jesus jamais disse: pagai e recebereis, mas, pedi e rebereis.
Digno de nota, o testemunho que ouvi de um querido pastor, que anos atrás desejava muito comprar uma casa para sua familia. Depois de muito procurar pela cidade, encontrou uma grande casa, uma mansão encantadora. Ficou pasmo diante da casa, por sua arquitetura e beleza. Notou na grande placa de venda, uma frase abaixo, que dizia: - Esta casa é para quem pode e não para quem quer. De regresso para sua casa, se pos a pensar na frase e disse consigo: - É verdade, bem que eu gostaria de compra-la, mas não posso. No mesmo instante ouviu nitidamente a voz de Deus: - Meu filho, mas as minhas bençãos são para quem quer!... (Is 1:19, Jo 7:37, Ap 22:17)

2.1 A Benção da prática da Oração
.Primeiro, saibamos que Ele nos ouve (Is 59:1) (2 Cr 7:14)
.Segundo, se pedirmos em seu Nome, Ele responde (Jo 14:13) (Sl 34:6)
.Terceiro, se pedimos com fé receberemos boas coisas (Mt 7:11) (Jr 33:3)
.Quarto, se pedirmos com perseverança, o Senhor nos ouvirá (Lc 18:1-8)
(1 Ts 5:17)

2.2 A prática da oração e a Soberania de Deus
Em Mateus 7:7, Jesus diz: Aquele que pede recebe. No entanto, notemos que o Senhor não afirmou que aquele que pede, recebe justamente o que pede. Certamente, gostaríamos do contrário, pois a nossa humana vontade sempre discorda da vontade divina. Mas, Deus sabe o que é melhor para nós (Jo 13:7) .
Temos diversos exemplos na Bíblia, de homens que pediram algo ao Senhor, e Deus lhes disse: não !
1 João 5:14 E esta é a confiança que temos nEle: que, se pedirmos
alguma coisa, segundo a sua vontade, Ele nos ouve.

2.3 Princípios que não devemos esquecer na prática da Oração
Jesus nos ensina estes princípios na memorável e modelar Oração do Pai nosso (Mt 6:6-15):
.O princípio da paternidade divina – Pai Nosso
Somos filhos (1 Jo 3:1), Somos da Familia de Deus (Ef 2:19), Ele é o Nosso Pai, e como filhos podemos falar com Ele (Mt 6:9)
.O princípio da Autoridade divina – Ques estás nos céus
Quando reconheço que o Senhor está acima de tudo, podemos suplicar suas bençãos e seu cuidado (Sl 121:1,2)(Jó 42:1,2)
.O princípio da Reverencia – Santificado seja o teu Nome
Nenhuma oração é eficaz quando se desreipeita o sagrado, quando não se reverencia o Nome do Senhor (Ex 20:7)
.O princípio da Prioridade – Venha o teu Reino
Jesus nos mostra que antes de pedirmos qualquer coisa para nós, devemos ter em nossa escala de prioridades o seu Reino (Mt 6:33)
.O princípio da Submissão – Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu
Devemos estar preparado para a resposta que Deus pode nos dar quando oramos: Ele pode dizer: Sim, não e espere. Entender e aceitar esta verdade é submeter-se a sua Soberania, sabendo que Ele sempre fará o melhor por seus filhos (Rm 8:28)
.O princípio da Providencia – O pão nosso de cada dia dá-nos hoje.
Estejamos sempre convictos de seu cuidado para conosco (1 Pe 5:7), e que sempre suprirá todas as nossas necessidades (Fp 4:19)(Ex 23:25)(Sl 23:1)(Sl 37:25) (Hb 13:5)
.O princípio do Perdão recíproco – Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores
Um terrível engano é pensar que podemos vivenciar o perdão divino, enquanto cheios de ressentimentos e rancores, não perdoamos quem nos ofende. O texto bíblico é claro, o Senhor está nos dizendo que somos alcançados pelo seu perdão, quando há reciprocidade de nossa parte com relação aos nossos deverdores (Mt 6:14,15)
.O princípio da confiança na Proteção divina – E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal
Sabemos que enquanto estivermos neste corpo do pecado, somos constantemente tentados pelo mal. Devemos, portanto, vigiar (1 Co 10:22) e suplicar pela proteção e pelo livramento de Deus (Jd 24)
.O princípio da Adoração verdadeira - Porque teu é o reino, e o poder e a glória para sempre. Amém!

3. LIÇÕES QUE PODEMOS APRENDER DA VIDA DE ORAÇÃO DE JESUS
Vamos tomar a preciosa Oração de Jardim do Getsemani (Lc 22:39-46),
onde Jesus em angústia e sofrimento, orou ao Pai. Preciosas lições para nossa vida de oração podemos aprender desta profunda oração:

3.1 A Lição da Oração constante - E, saindo foi como costumava para o monte das Oliveiras (Lc 22:39)
Se desejamos uma vida vitoriosa, sigamos o exemplo de Jesus que orava constantemente (1 Ts 5:17) (Ef 6:18)

3.2 A Lição da Prevenção do mal - Orai para que não entreis em tentação (Lc 22:40)
Quem vive em oração é sempre prevenido pelo Senhor.
Quando perseguido pelo rei Saul, Davi testemunha no Salmo 59:10, que o Senhor o preveniria do mal: O Deus da minha misericórdia virá ao meu encontro (Almeida Revista e Corrigida). O meu Deus fiel virá ao meu encontro (Nova Versão Internacional).
É digno de nota o que diz o texto em ingles (Versão King James): The God of my mercy shall prevent me – O Deus de minha misericórdia me prevenirá.

3.3 A Lição da humildade - ...e pondo-se de joelhos, orava (Lc 22:41)
Sabemos que não importa a postura fisica quando oramos, porque Deus olha para o coração (Sl 51:17). No entanto, a lição que tomamos deste texto bíblico, é a de profunda humilhação diante do Pai. No cenário da verdadeira oração não há lugar para presunçosos e soberbos, mas para quebrantados e humildes (Sl 138:6) (Jl 2:13) (Is 57:15, 66:1,2)

3.4 A Lição da Soberania divina - Dizendo: Se queres, passa de mim este cálice, todavia, não se faça a minha vontade, mas a tua (Lc 22:42)
Como já tratamos neste estudo, nossa vontade normalmente choca-se com a Vontade de Deus. Quando entendemos que nem sempre Deus responde como queremos, mas como precisamos, estamos maduros na Fé.

3.5 A Lição da Ação do Sobrenatural - E apareceu-lhe um anjo do céu, que o confortava (Lc 22:43)
Busquemos ao Senhor em constante oração, tendo sempre a certeza do seu mover e intervenções miraculosas como resposta ao nosso clamor (Jr 33:3)

3.6 A Lição do Combate espiritual - E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se em grandes gotas de sangue que corriam até ao chão (Lc 22:44)
Assim como Jesus, o apóstolo da gentes Paulo, sempre considerou a senda da Oração como um combate espiritual (Rm 15:30)(Cl 4:12).


CONCLUSÃO

Nesta lição de hoje, aprendemos o valor extraordinário da Oração em nossa vida cristã. Que a vida singular de Oração de Nosso Senhor Jesus Cristo, venha a cada dia nos inspirar para jamais abrirmos mão de nosso tempo de oração.
Façamos nossas as palavras do famoso hino, do saudoso irmão Emilio Conde:

Com Jesus a minha alma deseja estar
No Jardim em constante oração.
Quando a noite chegar, e o mal me cercar,
Quero estar em constante oração.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

DÁ-ME TEUS OMBROS

DÁ-ME TEUS OMBROS

Dois carros e quatro bois deu aos filhos de Gérson, segundo o seu ministério. Quatro carros e oito bois deu aos filhos de Merari, segundo o seu ministério, debaixo da mão de Itamar, filho de Arão o sacerdote.
Mas aos filhos de Coate, nada deu, porquanto a seu cargo estava o santuário, e o levavam aos ombros.
Números 7:7-9

Introdução:

· Os filhos de Gerson e os filhos de Merari – receberam carros e bois para transportarem muitas cargas referentes ao tabernáculo. Observa-se que os filhos de Merari, levariam uma carga mais pesada (a razão porque receberam quatro carros e oito bois).

· O entanto, os filhos de Coate não receberam nehum carro ou boi – Sua excelente missão era levar o santuário nos Ombros – a carga mais sagrada.

· Deus determinou que seu santuário fosse sempre carregado nos ombros destes sacerdotes.

· A nós ministros da Nova Aliança – sacerdotes do Deus Vivo (1 Pe 2:5,9) – O Senhor ordena o mesmo – levem a carga sagrada nos obros.

· Que o Senhor encontre nossos ombros disponíveis sempre para levar o sagrado. Jamais utilizando os carros de bois (disponíveis hoje) representados pelas facilidades e atalhos dos falsos ministros – que nunca foram chamados, e que trazem tanto prejuízo para a Obra de Deus.

· Que ombros podem levar o Sagrado.....

1. OMBROS DE INTEGRIDADE

* Carisma somente não resolve – É preciso ter caráter
* Quando o homem perde algum bem – nada perdeu
* Quando perde a saúde – perde alguma coisa
* Mas quando perde o caráter – perde-se tudo

2. OMBROS DE AUTORIDADE

* Lembrai-vos dos ombros de nosso Jesus – Que em seus ombros está o principado (Is 9:6)
* De igual modo – seus ministros – Possuem estrelas nos ombros (Autoridade espiritual)
* Deve o ministro de Cristo ter em mente – que o lugar da estrela é nos ombros, e nunca na cabeça...
* Nestes dias fiquei sobremodo triste – em saber que um querido amigo, que por galgar posições elevadas em sua Igreja local, em seu Estado e país – Apresenta-se agora, inatingível e inascessível – que pena. Esqueceu-se que as estrelas devem permanecer nos ombros e não subir pra a cabeça.
* Não podemos confundir autoridade, com autoritarismo
* Há dias atrás na cidade de Pompano Beach, Florida – respondia ao um querido irmão – que me fez a seguinte pergunta: Pastor, o poder e a fama transformam o homem em outro homem... Não – lhe respondi – Na verdade, não muda o homem, mas revela quem ele sempre foi.

3. OMBROS DE AMOR

* Aprendamos com Jesus – cujos ombros de amor refugiavam e confortavam a ovelha perdida
* Lc 15:5 E achando-a, a põe sobre os seus ombros, cheio de júbilo...
* Pastores com ombros de amor estão ficando raros – Que digam as milhares de ovelhas esquecidas...
* Obreiros de mentes que articulam o mal. Mãos pesadas que matam e trucidam. Assassinos de profetas. Língua má e perversa. Corações cheio de orgulho e vaidade. Espíritos cheios de partidarismos e politiquices. Olhos distantes da Cruz – mais fixos nos altos postos e cadeiras cobiçadas.... Mas, os ombros vazios de amor que fazem a Noiva do Cordeiro chorar.
* Oh, Senhor, fazenos como os filhos de Coate – que não reclamaram a falta dos carros de bois – mas, com alegria, sobre os ombros levavam o mais sagrado. Pois Tu, Senhor continuas a nos pedir: DÁ-ME TEUS OMBROS...

No desejo que o Senhor encontre-me levando a carga sagrada nos ombros, no dia ditoso de sua Vinda !
Pastor Marcos Antonio da Silva

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

LIÇÕES DA EXPRESSÃO: PAI NOSSO QUE ESTÁS NOS CÉUS

“LIÇÕES DA EXPRESSÃO: PAI NOSSO QUE ESTÁS NÓS CÉUS”
(Mateus 6:9)

Introdução: A Oração do Pai Nosso – é sem dúvida a mais preciosa das orações.
Ensinada por Cristo – para ser o modelo de como devemos nos dirigir a Deus.
Hoje, não meditaremos sobre toda a Oração - Mas, tomaremos a primeira parte –
Onde o Espírito Santo, nos conduz para algumas importantes lições para nossa vida cristã.

1. A LIÇÃO DA PATERNIDADE DE DEUS – “PAI”

A. Este é um dos títulos mais sublimes de Deus na Bíblia – “PAI”
Criador é lindo. Eterno é glorioso. Onipotente é magistral. Onisciente é admirável. Onipresente é surpreendente. Soberano é excelente. - Mas, nenhum título destes se compara ao de “PAI”.

B. Ef 1:3 – Observemos “Deus”..........”Deus e Pai” – O lindo não apenas que Ele é Deus – Mas, que Ele é Deus e Pai.

C. Deus é:
- Pai de Adão – Lc 3:38 “E Cainã de Enos, e Enos de Sete, e Sete de Adão e Adão, de Deus”
- Pai de Israel – Ex 4:22 “Então dirás a Faraó: Assim diz o Senhor: Israel é meu filho, meu primogênito”
- Pai de Jesus – Mt 3:17 “Este é meu Filho amado em quem me comprazo.”
(Jesus não iniciava oração de outra forma – “PAI” – Mt 11:25; Lc 22:42; Mt 6:9;
- Quando revelou o Pai – Jo 14:9 “Quem me vê a mim, vê o Pai.”
- Quando falou do nosso futuro Lar – Jo 14:2 “Na Casa de meu Pai ...”
- Após Ter ressucitado, disse a Maria Madalena – Jo 20:17 “Dizei aos meus irmãos, que Eu subo para o meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus.”

D. Qual a condição para chamá-lo de “PAI” ? R= Ser verdadeiramente Filho
- Para ser filho tem que nascer de novo – Jo 3:3,5
- O filho sabe que é filho – Rm 8:16 “O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.” (Você tem dúvidas ? cuidado.) – 1 Jo 3:1 “VEDE”
- O filho participa – O termo “filho” dá a idéia de participação – Rm 8:17 “E,se nós somos filhos, somos logo, herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com Ele padecemos, para que com Ele sejamos glorificados.”
- Implicações para nós:
.Se somos filhos devemos amá-lo
.Se somos filhos devemos respeitá-lo
.Se somos filhos devemos obedece-lo
.Se somos filhos devemos honrá-lo
.Se somos filhos devemos imitá-lo - Ef 5:1 “Sêde, pois, imitadores de Deus como filhos amados.”

2. A LIÇÃO DA PRIORIDADE DA VIDA: “PAI” (Deus em primeiro lugar)

A. Não se começa uma Oração mencionando o nosso nome. O nome de líder religioso.
O nome dos anjos. Jesus nos ensina, “PAI”.
Jesus não só ensina que o Pai deve priorizar nossa Oração – Mas indica que Ele deve vir antes de tudo.

C. Ele é:
- O Primeiro de tudo – Ex 3:14 “Eu sou o que sou”
(Il. Judeu – eu médico, eu professor...)
- O Primeiro e o derradeiro – Ap 1:8
- Antes do princípio – Gn 1:1 “No princípio, Deus...”

D. Quem vem primeiro em nossas vidas ? Quem ocupa lugar de primazia em nosso coração ? Quem está em evidência ?
- (Il. O quadro da Ceia – a Taça de prata)
- Salmo 16:2 “A minha alma disse ao Senhor: Tu és o meu Senhor; não tenho outro bem além de Ti.”
- Colossenses 1:18 “Para que em tudo tenha a primazia”
- Il. (A tribo de Leví – e a partilha das terras – Eu sou a porção de Leví)


3. A LIÇÃO DO AMOR FRATERNAL: “PAI NOSSO”

A. Esta é a Lição da Fraternidade Universal.
Jesus revela para mim; que quando e digo: “PAI NOSSO” – Eu estou dizendo que Ele possui outros filhos – E que são, meus irmãos ao redor da Terra..

B. Esta expressão: PAI NOSSO – Falam de duas coisas sublimes:
1ª) Eu não estou órfão neste mundo – Eu tenho o Pai Celestial
2ª) Eu não estou sozinho – tenho milhares de irmãos – Faço parte da Família de Deus
.Ef 2:19 “Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e da família de Deus.”

C. Somos irmãos – E podemos dizer “Pai Nosso”
Portanto não permitamos que nada venha a romper nossa comunhão: Discórdia, antipatia, desencontros, diferenças de opiniões, maledicência, difamação,... Lutemos pela paz, pelo amor fraternal – (Ilustr. Escrito judaico – Construir ponte e não cerca)

Estamos ligados uns aos outros por 7 laços – Ef 4:4-6
1º laço – “Um só Corpo”
2º laço – “Um só Espírito”
3º laço – “Uma só Esperança”
4º laço – “Um só Senhor”
5º laço – “Uma só Fé”
6º laço – “Um só Batismo”
7º laço – “Um só Deus”


4. A LIÇÃO DO PODER DE DEUS – “QUE ESTÁS NOS CÉUS”

A. Deus não está no Céu como os prefeitos estão nas prefeituras: Durante 4 ou 5 anos. Deus não está nos Céus como os presidentes estão na presidência: No minimo 4 anos e no máximo 8 anos.
Deus está no Céu para todo o Sempre.

B. Fatos incontestes:
1º) Porque Ele habita nos Céus, Ele reina – Sl 123:1

2º) Ele está nos Céus, e nada escapa de seu controle – Is 40:28 (IL.)

3º) Ele está nos Céus – Ninguém é maior do que Ele –
- Sl 113:4-6 “Exaltado está o Senhor, acima de todas as nações, e a sua Glória, sobre os céus. Quem é como o Senhor, nosso Deus, que habita nas alturas; Que se curva para ver o que está nos céus e na terra.”
(Il. Gn 14:19 “E abençoou-o e disse: Bendito seja Abrão (Pai das Alturas)

4º) Ele está no Céu, mas também com o quebrantado e humilde de coração –
Is 66:2 “Porque a minha mão fez todas estas coisas, e todas estas coisas foram feitas, diz o Senhor; mas eis para quem olharei: Para o pobre e abatido de espírito e que treme diante da minha palavra.”
Is 57:15 “Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na Eternidade e cujo Nome é Santo: Em um alto e santo lugar habito e também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e para vivificar o coração dos contritos.”

Sl 113:4-9




5. A LIÇÃO DA ESPERANÇA DA IGREJA: QUE ESTÁS NO CÉU

A. Porque Ele mora no Céu, nos promete levar-nos para lá
– Jo 14:1-3 “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na Casa de meu Pai, há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar.
E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também.

B. Nenhum líder religioso fez esta promessa. Confúcio nada prometia além do túmulo. Buda falava de incertezas. Jesus nos garantiu o Céu.

B. Por que o Céu tem sentido, e é o lugar mais maravilhoso ?
Por que lá estão os anjos? Por que existe o rio da vida ? Por que a cidade reluz? Por que lá está a árvore da vida ? Por que os muros são de jaspe e as ruas de ouro ?
R= NÃO. O CÉU É O LUGAR MARAVILHOSO PORQUE O PAI ESTA LÁ.JESUS ESTÁ LÁ.

Pr. Marcos Antonio da Silva

A SOBERBA PRECEDE A QUEDA

A SOBERBA PRECEDE A QUEDA
Ez 28:11-19

Introdução:
 A história relatada neste capítulo 28 do profeta Ezequiel, nos ensina sobre o perigo de perdermos o que recebemos do Senhor.

 Deus fala para Ezequiel: “Eu tenho uma palavra profética contra o rei de Tiro – E, é uma palavra muito séria de advertência e juízo”

 O rei de Tiro chamava-se Itobal, e era muito poderoso; diante de quem os demais povos tremiam, pela sua força e riquezas.

 Deus se manifesta, reprovando as atitudes deste rei e vai direto na raiz do seu mal.

 Muita gente ao ler este capítulo 28 de Ezequiel, pergunta:
.Este rei Tiro é o próprio diabo ? Pois o contexto sugere isto...
.Este rei de Tiro existiu mesmo ?
.Este texto fala só de satanás e sua queda, sua destituição ?...
.A resposta bíblica é a seguinte: O rei de Tiro (um personagem real) se engrandeceu...Subiu pra cabeça...E sofreu queda fatal...
Isto é, o rei de Tiro cometeu os mesmos pecados que Lúcifer, e sofreu a mesma resposta de Deus.

 O rei de Tiro era tremendamente forte, valente, temido por todos e se julgava invencível.
 Ao ouvir a respeito, você poderá perguntar: “O que isto tem a ver conosco, comigo ?”................TEM TUDO A VER CONOSCO.

 Vejamos primeiramente onde começou a queda deste rei:
. SOBERBA - Ele caiu porque ficou soberbo:
- Ez 28:2, declara que “Visto como se eleva o coração...”

 Observa-se que quando ouvimos de alguém que caiu em pecados dos mais variados – Se formos diagnosticar a causa; ela é sempre a mesma: SOBERBA.

 Tudo porque a soberba condiciona o homem a um sentimento falso de independência de Deus, fazendo-o sentir superior a tudo e a todos.



 Diz a Palavra:
.Tg 4:6 “Antes dá maior graça. Portanto diz: Deus resite aos soberbos, dá, porém graça aos humildes.”
.Tg 4:10 “Humilhai-vos perante o Senhor, e Ele vos exaltará.”
.1 Pe 5:6 “Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que, a seu tempo, vos exalte.”
.Lc 18:14 “Porque qualquer que a si mesmo se exalta, será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.”
.Pv 11:2 “Vindo a soberba, virá também a afronta; mas com os humildes está a sabedoria.”
.Pv 16:18 “A soberba precede a ruína, e a altivez de espírito precede a queda.”
.Pv 18:12 “Antes de ser quebrantado, eleva-se o coração do homem; e, diante da honra, vai a humildade.”

.Ilustr: Melquisedeque ao abençoar Abraão disse – Gn 14:19 “E, abençoou e disse: Bendito seja ABRÃO (Pai da altura) do DEUS ALTÍSSIMO.”

 Ez 28:2 – Primeiro: o rei de Tiro – ficou soberbo
-Segundo: Ele disse: “Eu sou Deus”
-Terceiro: Ele sentiu como o centro do universo – “Sobre a cadeira eu me assento no MEIO dos mares.”

 Pv 23:34 “E serás como o que dorme no meio do mar e como o que dorme no topo do mastro.”
. Você sabia que a soberba entorpece, embriaga...
.Este texto texto fala do ébrio. Do bêbado
.Que ver um camarada ficar eufórico...Se sente o homem mais poderoso, o mais rico, o mais valente da terra.... Se sente o centro do universo – Pv 23:34


 Que Deus nos ajude a sermos humildes e dependentes do Senhor – Jo 15:5

 Ilustr: Paulo – Dos pecadores, o principal – Dos santos, o mínimo - Dos apóstolos, o menor.

 Quais são as PERDAS para quem se afasta do Senhor, pela altivez e soberba no seu coração – Vejamos no texto bíblico – Ez 28 (O QUE É QUE ITOBAL E LUCIFER PERDERAM ?)


1. PERDEU A GRAÇA DOS PRIMEIROS DIAS

a. O Senhor o exorta, lançando em rosto a terrível realidade... Você começou bem, você foi grandemente usado em minhas mãos... Você foi uma benção...

b. Notai a ênfase do Verbo no passado:
v. 13 – “ESTAVAS NO ÉDEM”
v. 14 – “TU ERAS...”
v. 14 b – “ANDAVAS”
v. 15 – “PERFEITO ERAS”

c. Quando Deus fala você é, está.... É uma bençaõ. O trágico é quando ele diz: “VOCÊ JÁ ERA...Você estava....Você foi...”

d. Quando Deus falou de Jô para o diabo – Não disse: Viste um servo Jô – ele foi, era, estava..... NÃO! Deus declara em alto e bom som: “Jó é sincero, é reto, é temente a Deus e desvia-se do mal.”

e. Como você está hoje ? Como está o teu estado atual ?


2. PERDEU O DESFRUTAR AS DELÍCIAS DO SENHOR
v. 13 “Estavas no Édem”

a) Quando a Bíblia fala de Édem – está falando de um lugar de delícias, de bênçãos – Ef 1:3; Hb 2:2

b) Deus está falando com você que já provou das bênçãos do Céu e hoje trocou o Édem pelo lodaçal do pecado.

c) Muitos fazem como o filho pródigo, deixam as delícias da Casa do Pai, para aventurarem no mundo novas sensações e alegrias – Lc 15

d) Gn 2:15 – “E tomou o Senhor o homem e o pôs no Jardim do Édem...”
1º.) Deus pôe o homem onde ele quer
2º.) Deus põe este homem no Édem (lugar de delícias – onde está a Sua presença )

e) Este Éden é o contexto do Reino de Deus – É a comunhão dos santos. Não troque este Édem, pelo caminho dos pecadores, pelo conselho dos ímpios ou pela roda dos escarnecedores – Sl 1:1



3. PERDEU A BELEZA DO SENHOR -v. 12-13


a) Deus queria dizer para ele – Teu semblante está decaído, perdeste o esplendor....Já não tens beleza, nem formosura.

b) É notável, quando alguém se afasta do Senhor – O semblante muda, o brilho se ofusca.

c) Quando Jesus nos salvou ele nos adornou – Éramos feios que dava dó...
.Nos adornou com a Sardônia da purificação
.Com Topázio do perdão
.Com o Diamante da Justificação
.Com a Turqueza da Redenção
.Com o ônix da Remissão
.Com o Jaspe da Graça
.Com a safira da Santificação
.Com o carbúnculo da Fé
.Com a Esmeralda da Esperança
.Com o ouro da Palavra



d) Pv 15:13 “O coração alegre aformoseia o rosto”

e) Ilustr: Indú perguntou para um missionário – Que óleo é este que o sr. Passa em seu rosto ? Ele viu na verdade o brilho de Cristo no rosto do missionário.

f) Ex 34 – A comunhão com Deus nos deixa parecidos com Ele

g) Ilustr: Lc 9 – O semblante de Cristo



4. PERDEU A POSIÇÃO DE ADORADOR – V.13
“...a obra dos teus tambores e dos teus pífaros estava em ti; no dia em que foste criado, foram preparados.”

a) O rei de Tiro e Lúcifer por causa do pecado da soberba, de acharem que não precisavam de Deus – foram por Ele destituídos do posto elevado na Adoração.
b) Quantos adoradores temos aqui ?
.Sabemos que levantar a mão não é tudo – É preciso algo mais – (A palavra adoração no Hebraico - Significa, curvar-se diante de um soberano e submeter-se a ele)

c) Jô 4:20-24 – O Pai procura....Por que o Pai procura ?

d) Não abra mão por nada desta vida da posição de adorador na Casa de Deus.

5. PERDEU A UNÇÃO –
v. 14 “Tu eras querubim ungido...”

a) Este é um texto clássico para provar que se eu me afastar de Deus, eu posso perder a unção.
b) A mesma Bíblia que diz (1 Jo 2:20), também diz (Ap 3:11)
c) Quantos que já perderam a unção do Senhor...
d) Ec 9:8 – Esta unção é indispensável
e) Sl 23:5 – Esta unção é plena
f) Is 61:3 – Esta unção é de alegria
g) Is 10:27 – Esta unção despedaça o jugo
h) Mt 25 – Esta unção nos prepara para a Vinda de Jesus


6. PERDEU A POSIÇÃO ELEVADA DIANTE DE DEUS
v. 14 “....NO MONTE SANTO DE DEUS ESTAVAS...”

a) Salvação é ser elevado às alturas – Ef 2:6; 1:3
b) Não desça por nada – Ne 6:3
c) Suba mais e mais – Pv 15:24, Cl 3:1,2



7. PERDEU O CONTATO COM O FOGO DO SENHOR
v. 14 “NO MEIO DAS PEDRAS AFOGUEADAS ANDAVAS”

a) Dois lugares que devemos estar: No Calvário e no Pentecoste...
b) No Calvário somos reconciliados - No Pentecostes, somos capacitados - At 1:8
c) Penso que muitos evangélicos deste tempo, estão perdidos em algum lugar entre o Calvário e o Pentecóstes.
d) É desejo de Deus que jamais se apague o fervor espiritual em nossas vidas - Lv 6:13, Rm 12:11

Pr. Marcos Antonio da Silva

O MARAVILHOSO NOME DE JESUS

O MARAVILHOSO NOME DE JESUS
Jz 18:13

Introdução:
• Manifestações do Deus-Filho, Jesus no Antigo Testamento: – TEOFANIAS
Exemplos:
- Tres anjos vão a casa de Abraão, dois seguem para destruir Sodoma e Gomorra, mas, um fica com Abraão...
- Jacó luta com um anjo no vau de Jaboque – Gn 32:29,20
- O anjo do Senhor fala com Moisés no Horebe – Ex 3
- Josué encontra-se com um anjo e o adora – Js 5
- Tres jovens hebreus são jogados na fornalha ardente...mas em seguida é visto um quarto...

• Comente – Jz 13:1-18

• Manoá está tão surpreso com esta visitação divina – que não perde tempo – quer saber o nome dele. Ele responde: POR QUE PERGUNTAS ASSIM PELO MEU NOME, VISTO QUE É MARAVILHOSO ...

• Samuel sabe quem é....Está em Reis e Cronicas.....Esdras...Neemias...Ester....Jó....Salmos...
Provérbios....Eclesiastes....Cantares...........700 A.C. Isaías 9:6 – E o seu Nome será MARAVILHOSO.

• Quero vos falar sobre CINCO RAZÕES PORQUE O SEU NOME É MARAVILHOSO

1. O SEU NOME É MARAVILHOSO PORQUE É O NOME CENTRAL DE TODA A BÍBLIA
• De Genesis a Apocalipse seu Nome é proclamado:...
Em Gênesis Jesus é o Cordeiro no altar de Abraão

Em Êxodo é o CORDEIRO PASCOAL

Em Levítico ele é o SACRIFICIO PERFEITO

Em Números ele é a nuvem durante o dia e a coluna de fogo durante a noite

Em Deuteronômio ele é O PROFETA SEMELHANTE A MOISÉS

Em Josué, ele é o CAPITÃO DO EXERCITO DO SENHOR

Em Juízes ele é o nosso JUIZ

Em Ruth ele é o nosso PARENTE REMIDOR

Em I e II Samuel ele é o nosso PROFETA

Nos livros de Reis é o DEUS QUE MULTIPLICA O AZEITE

Nos Livros das Cronicas – SOBERANO REI

Em Esdras ele é o nosso ESCRIBA FIEL

Em Neemias é o RECONSTRUTOR DE NOSSAS VIDAS

Em Ester ele é O HOMEM DE CUJA HONRA O REI SE AGRADA

Em JÓ ele é o nosso REDENTOR QUE VIVE PARA SEMPRE

Em Salmos ele é O NOSSO PASTOR E NADA NOS FALTARÁ

Em Provérbios e Eclesiastes ele é nossa SABEDORIA

Em Cantares ele é o AMADO ESPOSO DA IGREJA

Em Isaias ele é o MARAVILHOSO, CONSELHEIRO, DEUS FORTE, PAI DA ETERNIDADE E PRINCIPE DA PAZ

Em Jeremias ELE É O BÁLSAMO DE GILEADE

Lamentações – ELE É O PROFETA QUE CHORA PELOS PECADOS

Em Ezequiel ele é o HOMEM DAS QUATRO FACES

Em Daniel ele é o QUARTO HOMEM NA FORNALHA

Em Oséias ele é o ESPOSO CHEIO DE AMOR

Em Joel - ELE É O BATIZADOR COM ESPÍRITO SANTO

Em Amós ele É AQUELE QUE TEM O DIVINO PRUMO NAS MÃOS

Em Obadias – ELE É AQUELE QUE ABATE O EXALTADO

Em Jonas – ELE É O DEUS DA COMPAIXÃO

Em Miquéias – ELE É A NOSSA PAZ

Em Naum – ELE É A FORTALEZA NO DIA DA ANGÚSTIA

Em Habacuque – ELE É A NOSSA ALEGRIA NA PROVA

Em Sofonias – ELE É O SENHOR PODEROSO PARA SALVAR

Em Ageu – ELE É O DESEJADO DAS NAÇÕES

Em Zacarias – ELE É O RENOVO DE ISRAEL

Em Malaquias – ELE É O SOL DA JUSTIÇA

Em Mateus – ELE É O CRISTO FILHO DO DEUS VIVO

Em Marcos – AQUELE QUE OPERA MILAGRES

Em Lucas – ELE É O FILHO DO HOMEM

Em João – ELE É O VERBO DIVINO

Em Atos – ELE É O SUSTENTADOR DA IGREJA

Em Romanos é a NOSSA JUSTIFICAÇÃO

Em Coríntios é A NOSSA RESSURREIÇÃO

Em Gálatas – AQUELE QUE NOS LIVROU DA MALDIÇÃO DA LEI

Em Efésios – ELE É CABEÇA DA IGREJA

Em Filipenses ELE SUPRE TODAS AS NOSSAS NECESSIDADES

Em Colossenses ELE É AQUELE QUE TEM A PRIMAZIA

Em Tessalonicenses ELE É O MESMO SENHOR QUE DESCERÁ....

Em Timóteo ELE É O MEDIADOR ENTRE DEUS E O HOMEM

Em Tito ELE É A BEM AVENTURADA ESPERANÇA

Em Filemon ELE É O AMIGO MAIS CHEGADO QUE IRMÃO

Em Hebreus ELE É O SUMO SACERDOTE SEGUNDO A ORDEM DE MELQUISEDEQUE

Em Tiago ELE É O SENHOR QUE CURA O DOENTE

Nas Cartas dePedro ELE É A PEDRA ANGULAR DE ESQUINA, ELEITA E PRECIOSA

Nas Cartas de João ELE É O NOSSO ADVOGADO JUNTO AO PAI

Em Judas ELE É O SENHOR QUE ESTÁ VINDO COM MILHARES DE SEUS SANTOS

E NO APOCALIPSE – REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES


2. O SEU NOME É MARAVILHOSO PORQUE É O NOME QUE ESTÁ ACIMA DE TODO O NOME
• Quando se pensa em Medicina – Hipócrates
• Quando se pensa em grandes conquistadores – Alexandre, Césares, o general Marco Antonio, Napoleão Bonaparte
• Quando se pensa na Ciencia – Albert Eisten
• Quando se fala em nomes de grande inventores: Tomas Alva Edison, Marconi, Gran Bell
• Quando se fala nomes de grandes Estadistas: Teodor Roosevelt, Wiston Churchil, Gouda Meier, Anuar Sadat
• Quando se fala em religião – Sidarta Galtama, Confucio, Alan Kardec, Madre Teresa de Calcutá, Bento 16
• Quando se fala em politica atual – George Bush, Wladimir Putin, Hugo Chaves, Fidel Castro, Lula...

• MAS, NÃO HÁ NOME COMO O NOME DE JESUS:
a) Hb 1:4 FEITO MAIS EXCELENTE DO QUE OS ANJOS, QUANTO HERDOU MAIS EXCELENTE NOME DO QUE ELES.
b) Fp 2:6-11 QUE SENDO EM FORMA DE DEUS, NÃO TEVE POR USURPAÇÃO SER IGUAL A DEUS.
MAS, ANIQUILOU-SE A SI MESMO, TOMANDO A FORMA DE SERVO, FAZENDO-SE SEMELHANTE AOS HOMENS.
E ACHADO NA FORMA DE HOMEM, HUMILHOU-SE A SI MESMO, SENDO OBEDIENTE ATÉ A MORTE E MORTE DE CRUZ.
PELO QUE DEUS O EXALTOU SOBERANAMENTE E LHE DEU UM NOME, QUE É SOBRE TODO O NOME.
PARA QUE AO NOME DE JESUS SE DOBRE TODO O JOELHO DOS QUE ESTÃO NOS CÉUS, E NA TERRA, E DEBAIXO DA TERRA.



3. O NOME DE JESUS É MARAVILHOSO PORQUE ESTE NOME TEM PODER PARA SALVAR

• Sl 3:8 A Salvação vem do Senhor
• Ml 4:2 Salvação trará debaixo de suas asas
• Mt 1:21 Seu Nome significa Salvação
• Lc 19:10 – Ele veio buscar e salvar
• Jo 10:9, 11
• At 4:12 E em nenhum outro ha Salvaçao, porque tambem debaixo do Ceu nenhum outro nome ha, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.
• Ilustr . No RGS, lareira...ninho do passarinho

4. O NOME DE JESUS E MARAVILHOSO PORQUE ESTE NOME FAZ MARAVILHAS

• Sl 136.4 AQUELE QUE SO FAZ MARAVILHAS, PORQUE A SUA BENIGNIDADE DURA PARA SEMPRE
• Mc 16.17,18
• At 3:1-10 – O poder do Nome de Jesus curando o coxo da Porta Formosa
• At 9 – Enéas, Jesus Cristo te dá saúde!

5. O NOME DE JESUS É MARAVILHOSO PORQUE É CELEBRADO NO CÉU – TEMIDO NO INFERNO E ADORADO NA TERRA

• General que venceu todas as guerras, sem disparar um unico tiro
• Médico que cura – sem precisar de penicilina, etc..
• Na terra nunca escreveu um livro – mas, inspirou milhoes de escritores
• Nunca foi pintor – mas inspirou Leonardo da Vinci, Rafael, Michelangelo...
• Nunca escreveu uma partitura musical – mas inspirou Haendel, Bach, Strauss
• Para o doente – médico
• Para o condenado – advogado
• Para o soldado – o grande GeneraL
• Para o advogado – o Justo Juiz
• Para o musico e poeta – a Inspiração
• Para o padeiro – O Pão da Vida
• Para o cansado – O descanso
• Para o triste – a Alegria
• Para o perdido – O Salvador
• Para o perdido – O caminho
• Para o doente – O médico
• Para o fraco – a Fortaleza
• Para a Igreja – o amado das nossas almas

*Perto ou nos lugares mais distantes – pessoas de todas as faixas etárias, etnicas, culturais – saem de suas casas por causa dEle.... para louvá-lo, para buscar sua Face, para servi-lo e adorá-lo na beleza de sua Santidade... Ninguém possui um poder de atração maior do que Jesus - Mc 1:45



Pr. Marcos Antonio da Silva
Plant City – FL – U.S.A.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

A SEGURADORA DE DEUS

OS SEGURADORA DE DEUS
(Sl 91:1)

Introdução:
Faça hoje mesmo o seu seguro na melhor seguradora - A SEGURADORA DE DEUS. Serviço garantido e cobertura completa no presente e no futuro.

A Seguradora de Deus te oferece Sete Seguros especiais:

1. Seguro por incendio - Dn 3:19-28

2. Seguro por danos pessoais - Is 54:17

3. Seguro de propriedade - 1 Cr 23:13

4. Seguro velhice - Is 40:28-31

5. Seguro Saúde - Ex 15:26

6. Seguro desemprego - Fp 4:19

7. Seguro Moradia - Jo 14:1,2

Pr. Marcos Antonio

TRES TIPOS DE COMIDA QUE O PREGADOR NÃO PODER DAR

TRES TIPOS DE COMIDA QUE O PREGADOR NÃO PODER DAR
Dai-lhes vós de comer (Mt 14:16)

Introdução:
Como despenseiros dos mistérios de Deus, temos que alimentar o povo com a Palavra de Deus.
Todo pregador é uma espécie de cozinheiro espiritual que a Igreja espera dele o alimento.
Quero chamar a atenção, para quatro tipos de comida que o pregador não pode dar:

1. COMIDA VELHA
Fala das mensagens sem vida e sem renovação espiritual.

2. COMIDA SECA
Fala das pregações sem sabor, sem bíblico tempero, sem o óleo do Espírito Santo.

3. COMIDA FRIA
Fala das mensagens cheias de formalismo. Possuem muitas vezes boa homilética e teologia - Mas, por faltar o essencial, o fogo do Espírito Santo - se tornam cansativas e enfadonhas, sem a Graça e Poder do alto.

Pr. Marcos Antonio

OS TRES TRIBUNAIS

OS TRES TRIBUNAIS
Jo 8:1-11

Introdução:
- Nesta conhecida história bíblica, onde aquela mulher pecadora estava prestes a ser apedrejada, pelo seu flagrante pecado. Jesus intervém no curso desta história, tocando corações e consciencias - e revelando seu amor e maravilhosa graça.
- Neste texto bíblico nos defrontamos com tres tribunais, vamos conhece-los:

1. O TRIBUNAL DA OPINIÃO PÚBLICA

- E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando. E na Lei nos mandou Moisés, que as tais sejam apedrejadas... - v. 4,5

- O Tribunal da opinião pública - queria simplesmente condenar aquela mulher. Quando Davi foi indagado quando pecou, em mãos gostaria de cair. Davi respondeu: - Caia eu nas mãos de Deus! Davi sabia que insensibilidade dos homens regada pela falta de misericórdia, faria que todos o condenassem. Ao rogar, cair nas mãos de Deus - revela-nos o conhecimento que ele tinha de Deus, um Deus de amor e cheio de misericórdia.

- Certa vez li o seguinte: Nunca coloque no jurí uma raposa, se um ganso vai ser julgado...

2. O TRIBUNAL DA CONSCIENCIA

- Aquele que dentre vós está sem pecado, seja o primeiro que atire pedra contra ela. - v. 7
- Esta palavra decisiva de Cristo aos algozes da mulher adúltera - levantou diante deles um segundo tribunal - O tribunal da consciencia.
- A Consciencia é uma faculdade do espírito do homem. É também a manifestação de uma lei moral e espiritual dentro do espírito do homem. É um sinalizador de Deus dentro de nós.

- Convém ressaltar, que nem o tribunal da opinição pública, nem o da consciencia - inocentaram a mulher. Mas, Jesus salva a mulher - instituindo naquela hora,outro tribunal:

3. O TRIBUNAL DA GRAÇA
E disse-lhe Jesus: Nem Eu também te condeno, vai-te, e não peques mais. - v. 11

- Somos justificados pela Graça de Cristo - Rm 5:1

Pr. Marcos Antonio da Silva