sábado, 21 de janeiro de 2012

Ministrações pelo Pastor Marcos Antonio (Contato e Convites)

Será grande alegria e honra, ter o privilégio de Ministrar a Palavra de Deus em sua cidade.

Organizando minha Agenda para 2012 e 2013, coloco-me ao inteiro dispor dos queridos colegas de Ministério.

Pelo favor do Senhor, tenho viajado por nosso país e em alguns países, levando a preciosa Semente - A Palavra de Deus.   
Quero louvar a Deus, pelo fato de a Igreja Evangélica Brasileira estar voltando à Bíblia, fonte do verdadeiro Avivamento.   
Por muito tempo, os verdadeiros pregadores foram suplantados em nossos púlpitos, pelos pregadores "sem Bíblia", que pelas mensagens recheadas de chavões e palavras de efeito, levavam as multidões ao delírio.  Mas, que depois de pregarem, o povo voltava para casa, sem conteúdo bíblico - portanto, fracos;  porque não recebiam o Pão do Céu.
Glorifico a Deus que a presente liderança, está  abrindo as portas de suas igrejas para os arautos da Palavra.  A Deus seja a Glória!

Reitero minha disposição, em poder servir.
Por bondade queira contatar-me:

Pastor Marcos Antonio
v.e.mundial@hotmail.com
(41) 99578345       celular
55*126*113907    ID  Nextel

Congressos,  Escolas Bíblicas, Seminários e Cruzadas.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

QUATRO LUGARES ONDE NOSSA LUZ NÃO DEVE ESTAR



Introdução:
  •  Luz nas Escrituras Sagradas, nos fala de preciosos ensinos:  Deus é Luz  (1 Jo 1.5); Jesus é a Luz (Jo 8.12)(Is 9.2)(Ap 22.16)
  • A Igreja foi chamada para andar na Luz (Is 2.5)(1 Pe 2.9)(1 Jo 1.7)
  • A Igreja foi chamada para refletir a Luz (Pv 4.18)(Ef 5.8)(Fp 2.15)
  • Jesus ordenou que nossa luz deve resplandecer neste mundo:   Assim resplandeça a vossa Luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos Céus." (Mt 5.16)
  • Jesus falou que nossa Luz não deve estar em Quatro Lugares:
1. NOSSA LUZ NÃO PODE ESTAR DEBAIXO DO ALQUEIRE 
Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire,  mas no velador e dá luz a todos que estão na casa.  (Mt 5.15)

a) Alqueire - medida usada na época para medir cereais (cerca de 8 a 9 litros) - Normalmente uma vazilha de barro

b) Colocar nossa luz debaixo do alqueire - significa permitir que a ganância pelos bens terrenos, o amor ao dinheiro ofusquem o brilho de Cristo em nossa vida (1 Tm 6:3-12)

2. NOSSA LUZ NÃO PODE ESTAR DEBAIXO DO VASO
E ninguém, acendendo uma candeia a cobre com um vaso...          (Lc 8.16)


a) Jesus agora, faz referência a um utensílio de uso doméstico


b) Colocar a luz debaixo de um vaso, pode muito bem significar, que os cuidados desta vida, o ativismo desenfreado, podem impedir que nossa luz resplandeça.   Penso que, devemos fazer como Gideão e os 300, que para que a luz brilhasse, quebraram cada um o seu vaso (Jz 7.16-20)


3. NOSSA LUZ NÃO PODE ESTAR DEBAIXO DA CAMA
E ninguém, acendendo uma candeia, a cobre com um vaso, ou a põe debaixo de uma cama;  mas no velador, para que os que entram vejam a luz.  (Lc 8.16)


a) Cama lembra sono, descanso e acomodação (Mq 2.10)


b) Colocar nossa luz embaixo da cama, significa, nos acomodarmos confortavelmente à preguiça, não trabalhando para o o Senhor, que tanto espera de nós em sua Obra (Rm 12.11) (1 Co 15.58)

4. NOSSA LUZ NÃO PODE ESTAR EM UM LUGAR ESCONDIDO
E ninguém, acendendo uma candeia, a põe em um lugar escondido... (Lc 11.33)

a) Este lugar escondido mencionado por Jesus em uma casa,  fala de lugar oculto ao olhar de todos.

b) Colocar a Luz em lugar escondido - significa permitir que pecados ocultos bloqueiem o fulgor da Luz de Cristo em nós.    Mediante a confissão sincera diante do Senhor, nossa luz volta a resplandecer (1 Jo 1.7-9)(Pv 28.13).

Pastor Marcos Antonio

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A GANGORRA

  Seus poemas ainda hoje falam,

dando-nos as mais preciosas lições 

(Pr. Marcos Antonio)



  A GANGORRA
Quando eu desço, você sobe,
quando eu subo, você desce...
Lá fora dança a gangorra,
desde que o dia amanhece...

Desce e sobe, sobe e desce
num compasso sempre igual:
No centro, um ponto de apoio
prende a tábua horizontal!

Há borrões de sol vermelho
na loira manhã sem par,
e a gangorra não descansa,
sobe e desce sem parar...
A gangorra é como a vida,
nos movimentos que tece;
quando eu desço, você sobe,
quando eu subo, você desce...


Você, que ficou no alto,
não deve de mim sorrir;
você terá que descer,
quando eu tiver que subir!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

SINAIS DE UM OBREIRO CHAMADO POR DEUS


  AS LIÇÕES DE MINISTÉRIO DO MORDOMO ELIEZER - Gn 24

a)  Tinha procedência - v.2Tinha um nome: Eliezer    e      tinha origem: Damasco
 Igrejas muitas vezes tem sofrido com obreiros cuja procedência é duvidosa
Paulo considerava isto - Rm  16:1,2
João, de igual modo - disse que a Igreja dava boa recomendação do Presbítero Gaio - III Jo 4-6       e também de Demétrio - III Jo 12

b)  Foi enviado (Não se auto enviou) - v.4
Eliezer não foi por conta própria
É maravilhoso ser enviado por Deus - Jo 1:6 (João Batista)


c)  Era um homem submisso - v.10,54
 Submisso significa: Debaixo de uma missão
Um obreiro submisso é uma benção (Alfabeto do cristão-OBDC)
Estar debaixo de autoridade é proteção

d)  Sabia para onde devia ir - v. 10
Um obreiro dirigido pelo Senhor não fracassa - Ele tem o Espírito de Deus - At 16:6,7


e)  Era homem de Oração - v. 12-14
Eliezer orava para que Deus prosperasse sua missão
Nenhum homem é tão grande, quando está de joelhos
 Para muitos, o púlpito é uma vitrine…Mas no aposento de Oração, é que se conhece o homem de Deus

f)    Era calmo e prudente no agir - v. 21
Não precipitou-se…Mas, aguardou...
Quanto prejuízo para a Obra de Deus, por causa de líderes precipitados
Gn 33:12-14  (O exemplo de Jacó - queria ir no passo do gado)

g) Enriqueceu a noiva do filho de seu senhor - v. 22,53
Por duas vezes ele deu presentes a Rebeca
O obreiro não foi chamado para empobrecer a Igreja, mas enriquecê-la
Há obreiros como a palmeira - (Vitalidade no deserto)
 Há obreiros como o cedro do líbano - (Força e vigor)
Há obreiros como a Oliveira - (São cheios de unção)
Há obreiros como a videira - (Dão frutos p/ Deus)
 Mas, há obreiro feito “Eucalipto”, mata todas as plantas ao redor e seca todo solo
 O propósito do Ministério é o papel de Eliezer: Enriquecer a Igreja

h) Era um crente adorador - v. 26,27
Jo 4:23-24
 Uma das bençãos da Adoração - É Revelação:  O ex. De Jacó - Gn 48:11-20
 Gn 24:26,27 - Eliezer adorou primeiro e como resultado recebeu revelação

i)    Dava prioridade as coisas do seu senhor - v. 33
Fosse outro, comeria e beberia….e depois, quem sabe cumpro a missão
Eliezer, dava prioridade ao seu senhor que o enviara
Nós, obreiros devemos priorizar a coisas do Senhor - (Sl 16.2))

j)     Falava de seu senhor, mas não falava de sí mesmo (nem de seu nome falou) - v. 34-36
 Em nenhum instante falou dele….E, quantos se ufanam no ministério, e dizem: Eu sou isto e aquilo (Jo 3.30)


k)  Inspirava confiança nas pessoas - v. 50,51
  É triste, um obreiro que ninguém confia

l)     Levou a noiva até o seu senhor - v. 61-67
Que cada um de nós, saiba, que estamos conduzindo a noiva de Cristo ao Céu
Daremos conta da Igreja ao Senhor - Portanto, não desanimemose sejamos fiéis até o fim - 1 Co 15:58

Pastor Marcos Antonio

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

OS DOIS DIAS MAIS IMPORTANTES DA VIDA


No dia da prosperidade, goza do bem,  mas, 
no dia da adversidade, considera...
Eclesiastes 7.14

Introdução:

  • A química da vida tem como elementos principais, dois dias: O dia da prosperidade e o dia da adversidade.
  • O texto bíblico de Eclesiastes 7.14, é claro em afirmar, que o dia da adversidade faz oposição ao dia da prosperidade.
  • Ainda nos declara o texto, que não é o diabo e o inferno, mas, sim o próprio Deus que promove o contraditório entre estes dois dias em nossa vida:  A sequência do verso diz: ... porque também Deus fez este em oposição àquele...
  • Por mais que não concordamos muitas vezes, estes dois dias são inseparáveis em nosso calendário existencial.  Quantos cristãos que erroneamente dizem:  Quero somente benção, alegrias, saúde e prosperidade...Fora disso, não é plano de Deus para minha vida...
  • Mas, segundo a Palavra de Deus, não podemos viver só no dia da prosperidade, temos que também que provar a dor, a tristeza, as lágrimas, do amargo dia da adversidade.
  • A divina mescla destes dois dias, aparecem nitidamente através das Sagradas Escrituras:
-Salmo 23.5    Preparas uma mesa perante mim, na presença de meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, meu cálice transborda.
.Mesa preparada e cabeça ungida (Dia da prosperidade)
.Na presença dos inimigos  (Dia da adversidade)

-Dt 11.11    Mas, a terra que passais a possuir é terra de montes e vales...
.Terra de montes (Dia da prosperidade)
.Terra de vales  (Dia da adversidade)

-Mc 1.13   E ali esteve no deserto quarenta dias, tentado por Satanás.  E vivia entre as feras,  e os anjos o serviam.
.Anjos servindo  (Dia da prosperidade)
.Vivendo entre as feras (Dia da adversidade)

I. TRÊS COISAS QUE DEVEMOS FAZER NO DIA DA PROSPERIDADE

Eclesiastes 7.14, aconselha:  No dia da prosperidade, goza do bem...   (Isto é, desfrute do que é bom,  usufrua da benção de Deus).

1. Desfrute com gratidão - (Sl 103.1,2) (1 Ts 5.18)

2. Desfrute com sabedoria - (Mt 6.33)

3. Desfrute com generosidade - (Pv 3.9,10;  11.24,25)(Lc 6.38)(2 Co 9.6-12)

II. TRÊS PARA CONSIDERAR NO DIA DA ADVERSIDADE

Note que o texto de Eclesiastes 7.14, nos diz que:  ...no dia da adversidade, considere...

1. Considere que no mundo teremos aflições (Jo 16.33)

2. Considere que você não está sozinho no dia da adversidade (Sl 23.4) (Is 43.2) (Mt 28.20)

3. Considere que o dia da adversidade, não é para nossa destruição,  mas, para o nosso crescimento (Rm 5.3;  8.28)

Pastor Marcos Antonio

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

NAVIOS QUE SE QUEBRARAM EM EZIOM-GEBER




"E fez Josafá navios para Tarsis, para irem a Ofir por causa do ouro;
porem nao foram, PORQUE OS NAVIOS QUEBRARAM EM EZIOM-GEBER." (2 Reis 22:49)



Introdução:


- Estes navios podem muito bem representar ideais da vida - projetos -

planos - esperanças - espectativas do coração - desejos - anelos - trabalhos, etc

- Quem já nao foi assaltado - impactado - abatido com algum ideal, esperança

ou trabalho que ruiu diante do inesperado ?...

- Você esperava ir a Ofir para buscar ouro - Construiu com tanto zelo os navios - Mas, infelizmente - os mesmos se quebraram a caminho do grande

projeto.


  • O QUE PODE QUEBRAR O NAVIO ?


1. Ventos contrários - forças externas

2. Peso do navio - o que esta dentro do navio - Hb 12:1

3. Rochedos submersos - (o que nao se vê) - ação invisivel do mal

4. Uso de material sem resistencia para construcao do navio

5. Falha de engenharia



Ilustracão:

Quando o Brasil fez 500 anos, ainda nos lembramos de um grande fiasco:
O governo brasileiro construiu uma replica de uma das caravelas de Pedro Alvares Cabral... Mas, a mesma se quebrou antes de empreender a viagem - dentro das comemoracoes dos 500 anos do Brasil.

Pr. Marcos Antonio 
__________________________________________________________________________