sexta-feira, 13 de maio de 2016


ABIGAIL, UMA MULHER PACIFICADORA
1 Samuel 25.1-3
Introdução:

ü Quero chamar a atenção de todos (especialmente às mulheres) para atentarmos nesta oportunidade para a vida de uma mulher de Deus – Abigail.

ü Quem era esta mulher...Em que contexto vivia...Como era sua vida...Que lições Abigail pode nos dar...

ü Abigail – significa “alegria de seus pais”. 
E, certamente ela fez juz ao significado de seu nome.  Pois soube honrar seus pais (Ef 6.4).  Pois, existem muitos filhos que são tristeza para seus pais.  Abigail, por sua vez era a alegria de seus pais.

ü (Faça a narrativa de toda a história de forma resumida e objetiva...)

ü Que lições Abigail esta mulher de Deus pode nos ensinar pelas suas virtudes...

1.     ABIGAIL ERA UMA MULHER SÁBIA

ü Não pense que Abigail não tinha problemas... Ela tinha muitos problemas a vencer cada dia... Ela estava com o problema...Ela era casada com o problema...Ela dormia com o problema...

ü Abigail era casada com um muito rico, mas que era um homem mau e perverso.   Nabal significa: “tolo e estúpido”.   
 
ü A Bíblia revela o perfil de Nabal:
         1º.) Homem duro – 1 Sm 25.3
         2º.) Maligno nas suas obras – 1 Sm 25.3
         3º.) Egoísta (era avarento)
         4º.) Não honrava às pessoas – (desonrou a Davi)
         5º.) Ingrato – (Esqueceu o que Davi fez por ele    anteriormente)
        6º.) Escarnecedor e desdenhador (desprezou e desdenhou Davi – 1 Sm 25.11,21

ü Mas, nem por isso, Abigail o enfrentava, o confrontava.  Ela com sabedoria sabia administrar o contraditório, a aflição, a tribulação.  Ela sabia que “todas as coisas contribuem para o bem”Rm 8.28

ü Pense quantas vezes, esta mulher ouviu palavras duras de seu marido Nabal.  Quantas vezes ela viu a malignidade de seus atos. Quantas obras injustas cometidas contra pessoas, empregados, ela viu.    Mas, ela procedia com sabedoria e oração.

ü Ilustração: Cresci vendo o sofrimento de minha mãe com meu pai... Com 7 anos vi uma cena que marcou meu coração...Minha mãe de joelhos orando pelo meu pai...Minha mãe foi uma Abigail...

2.    ABIGAIL ERA UMA MULHER PRUDENTE

ü Primeiro:  Abigail tinha prudência no estarSabia se conduzir com sabedoria...Educada e gentil (é triste uma mulher mal educada, barraqueira, futriqueira, quizumbeira)
Abigail era fina no trato. Abigail era Graciosa - (Ela tinha um dos aspectos da Graça – Elegância)...
ü 1 Samuel 25.3 – nos diz que Abigail era linda por dentro e por fora:  Abigail era de bom entendimento e formosa”                                    – N.V.I.      “Abigail era uma mulher inteligente e bonita”

ü Segundo:  Abigail tinha prudência no agir (Não vemos ela contendendo, não vemos ela brigando, não vemos ela com um rolo de macarrão batendo em Nabal...)

- Também observe como agiu com sabedoria e prudência em toda esta história...(1 Sm 25).

ü Terceiro:  Abigail tinha prudência no falar
1º.) Ela sabia o valor do silêncio na hora certa                     

2º.) Ela não era mulher imprudente que atropela as pessoas com sua fala 

3º.) Ela sabia responder com palavras boas – Abigail sabia dizer uma verdade de forma correta.


3.    ABIGAIL ERA UMA MULHER BONDOSA
Isto é:  Não revidava, não pagava o mal com o mal. Mas, o mal com o bem.

ü Quanta maldade seu esposo Nabal lhe fazia. Todos os dias: Suas palavras rudes. Seu comportamento hostil. Sua arrogância e desprezo. Sua insensatez. Seus atos de estupidez. Sua agressividade e maldade...       Ela tinha motivos de sobra para planejar uma morte sem deixar suspeitas – Como por exemplo: (Fubarim no Chá das 5)... e em seguida, herdar toda a fortuna do infeliz.

ü Mas, em vez de matar, se vingar, ela prefere amar...Ela prefere perdoar...ela prefere orar a Deus...e entregar tudo em suas mãos...

ü Ilustração: (a irmã iracunda – e a água fervendo...                                         – Rm 12.19-21   “Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas, dai lugar a ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor.   Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer;  se tiver sede, dá-lhe de beber. Porque fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça.         Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.”

ü Irmã que está aqui, seja bondosa, benigna, benevolente.                      Pv 31.12   “Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida.”

- Greve de afetividade e carinho não é o caminho minha irmã..

Tito 2.3-5   “As mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas; não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras no bem.   Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos.  A serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, afim de que a Palavra de Deus não seja blasfemada.

- Cuidado – isto pode abrir uma brecha para o diabo –                1 Coríntios 7.5  “Não se recusem um ao outro, exceto por consentimento mútuo e durante certo tempo, para se dedicarem à oração. Depois, unam-se de novo, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.


4.    ABIGAIL ERA UMA MULHER PROTETORA

ü Protetora de sua família.  Ao saber que seu esposo e toda casa seriam destruídos pelo exército de Davi, Abigail decide:  Vou defender, vou proteger minha família.  Então ela vai em direção ao irado Davi.

ü Abigail poderia aproveitar a oportunidade e não ir até Davi.  Poderia ter feito assim:  Meu marido vai ter o que merece...Alguém precisa dar um basta neste homem...Vou fugir e assistir de longe a destruição total.   Eu me salvando, minha família, que se acabe...    -   Mas, Abigail não era este tipo de esposa e mãe.

ü Querida irmã:   Deus não está perguntando a você, se tua família é boa ou ruim.... Deus não está te perguntando, se teus filhos são obedientes ou rebeldes... Deus não está perguntando se teu marido teme a Deus ou não teme.                            Deus quer saber se você quer lutar pela tua família!!!

ü 1 Samuel 25.18 – diz que “Abigail se apressou”.     Ela se apressa para evitar uma tragédia. Ela se apressa para livrar seu marido da morte. Ela se apressa para salvar sua família.
Quantos se apressam para se vingar...Quantos se apressam para agilizar os papéis do divórcio...E bem poucos se apressam para orar pela família, chorar aos pés do Senhor pela família, buscar uma ajuda pastoral para a família...

ü Deus está procurando mulheres como as descritas no filme: QUARTO DE GUERRA – dispostas a lutarem de joelhos pela sua família.  Que Deus te levante minha irmã como guerreira da oração em favor dos teus.

ü Abigail se apressa... É meu marido! São meus filhos e todos que habitam em minha casa... Estão em perigo, preciso agir rápido!.

ü Note que Abigail, não envia emissários a Davi para conversar com ele (afim de livrar sua família).  Ela poderia tem mandado a Davi, o mesmo servo compassivo que a informou da iminente destruição.  Mas, ela vai pessoalmente.       Nesta história de lutar pela minha família, tem que ser eu; não outro.



5.    ABIGAIL ERA UMA MULHER PACIFICADORA

ü Narre a história a partir de 1 Sm 25.4-35

ü Abigail com sua postura sábia e humilde aplacou a ira de Daví e de seu exército contra Nabal e sua casa.

Primeiro: Abigail agiu com rapidez.    Um incêndio não se apaga amanhã. Se apaga rápido.  Não deixe o sol se pôr sobre a ira...procure agir rápido:  Busque a pessoa e peça perdão... e a guerra dará lugar à Paz.

Segundo: Abigail não confrontou o problema de mãos vazias:
1 Sm 25.18  “Imediatamente, Abigail pegou duzentos pães, dois odres de vinho, e cinco ovelhas preparadas, cinco medidas de grãos torrados, cem bolos de uvas passas e duzentos bolos de figos prensados, e os carregou em jumentos.”

-Como estamos enfrentando os problemas, os desacertos, os desencontros, as pessoas que magoamos, que ferimos...Como estamos indo ao seu encontro... “Com rancor...com ódio...com pedras nas mãos...”

-Faça como Abigail vá ao encontro daqueles que até te magoaram e te magoam – levando: (O que você vai levar)....

1º.) Duzentos pãesLeve a Palavra de Deus, o pão do Céu

2º.) Dois odres de vinhoLeve alegria, leve um sorriso

3º.) Cinco ovelhas preparadas – (ovelha é um animal sem defesa – Vá desarmado...desarme-se) (ovelha é um animal humilde, não é agressiva – Vá com humildade e mansidão)

4º.) Cinco medidas de grãos torrados, cem bolos de uvas passas e duzentos bolos de figos prensados – (Abigail não pensou em mesquinhez...Pensou em abundância...Nada racionado...É para dar e sobejar – Vá ao encontro de quem você sabe...Vá despido de mesquinhez...Vá com um coração cheio de amor e generosidade!


ü A mulher pacificadora como Abigail, nunca constrói paredes ou murosEla constrói pontes...


Pastor Marcos Antonio
Maio de 2016







quarta-feira, 26 de agosto de 2015

OS PARADOXOS DE DEUS NO SALMO 23



OS PARADOXOS DE DEUS NO SALMO 23                         
Salmo 23.1-6

Introdução:

*   O pensamento chave, a mensagem fundamental do Salmo 23 é a seguinte verdade maravilhosa: Porque o Senhor é meu Pastor, não terei falta de nada.

*   A título de recapitulação: Na última palestra, fizemos 4 observações Sobre a linda confissão de Davi: “O Senhor é meu pastor” :
1ª.) Davi poderia ter escrito:  O Senhor é pastor
2ª.) Davi usou o pronome possessivo de forma correta: “O Senhor é meu pastor”  (amor profundo, comunhão perfeita, dependência e submissão)
3ª.) Um grande número de crentes (fruto de uma falsa teologia) empregam o pronome possessivo de forma errada:     “MEU” no sentido que Deus é meu empregado – Deus é meu ajudante – Deus é o meu servo – Eu mando e Ele faz.  (Tudo errado...)
4ª.) Se você puder grifar na sua Bíblia no v.1 deste Salmo- Duas Palavras chave:   SENHOR  e  PASTOR
-Aqui reside o grande problema da maioria dos crentes:  Querem Deus como Pastor (cuidado e provisão), mas, não o querem como SENHOR (Aquele que manda, que dá ordens, que diz: me obedeça).

*    Hoje, Deus vai nos revelar o Salmo 23 – Como o Salmo dos paradoxos de Deus – PARADOXOS DA VIDA.  Quando falo em Paradoxos de Deus, não estou dizendo que Deus se contradiz pelo contraditório; mas, que Ele usa o contraditório para nos ensinar, para nos fazer crescer, para nos abençoar.

*   Na nossa vida, tão bem descrita no Salmo 23, vemos com muita clareza como o positivo e o negativo andam juntos.  Note como lutas e vitórias se entrelaçam. Note também como mesa preparada e cabeça ungida não nos livra da guerra.

*   Já notou como Deus gosta de trabalhar com coisas que se contradizem.  Você já parou para pensar, que aquilo que para nós é contraditório, paradoxal – no final tem um resultado maravilhoso.   Diante de coisas erradas, diante do contraditório, a gente fica confuso e não entende – Jo 13.7

*   Use o contraditório para crescer e vencer:                                        -Ec 7.14  No dia da prosperidade goza o bem; mas, no dia da adversidade, considera; porque também Deus faz este em oposição àquele, para que o homem nada ache que tenha de vir depois dele.”

- Paulo tirava proveito do contraditório (do dia da adversidade) – 2 Co 6.9,10   “Como desconhecidos, mas sendo bem conhecidos; como morrendo e eis que vivemos; como castigados e não mortos.   Como contristados, mas sempre alegres; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo e possuindo tudo.”

*   Vamos portanto aos PARADOXOS DE DEUS NO SALMO 23 – que traduzem como é a vida de cada um de nós:

1.  TEM BÊNÇÃOS, MAS TEM AFLIÇÕES
*    Amamos o Salmo 23.1; e dizemos com alegria: “O Senhor é meu Pastor, nada me faltará.”     Não me faltará paz, não me faltará o pão, não faltará o teto, não me faltará saúde, não me faltará trabalho, não faltará alegria, não me faltará prosperidade, não me faltará proteção, não faltará provisão.

*   Só que a gente esquece, que a Palavra é abrangente e completa:  Não me faltará aflições (Jo 16.33), não me faltará lutas (Ef 6.10-18), não me faltará ataques do diabo (Jo 10.10), não me faltará perseguições (1 Tm 3.12), não faltará tribulações (At 14.22), não faltará desafios (Is 43.2), etc...

*   O grande problema de nossos crentes, é que se apegam em um texto e esquecem o contexto:  (Exemplos):

- Vamos ler primeiro: Fp 4.13, 19 – Quantos amam estes dois textos... Quem lê isoladamente este dois versículos, pode pensar: Jamais vou ter crise – jamais terei aflições – jamais ficarei doente – jamais sentirei dor – jamais ficarei desempregado – jamais vou passar privações – jamais fracassarei ..... (Tipo Hee man: Eu tenho a força...)

-Mas, vejamos agora o contexto – O mesmo Paulo que fez estas duas declarações poderosíssimas – Ele confessa:                           - Fp 4.11,12

*   O mais importante é sabermos que existem bênçãos de crescimento para nós no contraditório                                           
 – (Ilustração: Pb Miro Vieira ---“O que é que Jesus está inventando para me abençoar...).

*   Ilustração:- O naufrago....e o incêndio de sua cabana...a fumaça o salvou...


2.   TEM MONTES, MAS TEM VALES   (nossa vida é assim...)

*   Monte na Bíblia fala de coisas boas:  Sucesso, vitória, crescimento, conquistas, prosperidade, bênçãos.    Enquanto Vale fala de provação, tribulação, aflição, aperto, problemas, dificuldades, etc...

*   O Salmo 23 não é apenas o Salmo do Monte (Bençãos), é também o Salmo do Vale (lutas e aflições).

*   Deuteronômio 11.8-12   (ler e comentar)

*   O que é que temos no Monte...

1º.) O Cuidado de Deus – Sl 23.1  “O Senhor é meu Pastor, nada me faltará.”
- 1 Pe 5.7 – Existem dois tipos de Cuidado de Deus
- Ilustração: O general no nordeste...provedor

2º.) A Provisão de Deus – Sl 23.2 “Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.”

3º.) A Restauração de DeusSl 23.3  “Refrigera a minha alma”

4º.) A Direção de Deus – Sl 23.3  “...guia-me pelas veredas da justiça por amor de seu Nome.”

*   O Salmo 23 não mostra só o monte da benção – Mas, nos revela o Vale da provaçãoSl 23.4Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte...”

- Primeiro notemos que Davi não chama este vale de Vale da morte... Mas, de vale da sombra da morte  (você não sabe de que lado ela vem).

- Por mais escuro que seja o vale; lembre-se que temos duas bênçãos no vale:

1ª. Benção – A Presença do Senhor   “Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum porque Tu estás comigo...”

2ª. Benção:  O Consolo do Senhor     ...a tua vara e o teu cajado me consolam.”
.a mesma vara que bate no lobo e o afugenta, traz consolo para a ovelha do Senhor.
.É o conforto da Palavra de Deus nas horas mais difíceis da vida  (referências bíblicas que consolam...)

3.  TEM BANQUETE, MAS TEM GUERRA
*   Ao ler o Salmo 23.5encontramos o servo de Deus em um banquete no meio de uma guerra.  Outro paradoxo de Deus – festa no meio de uma batalha. Folguedo no meio da aflição. Alegria no meio da peleja.

*   Você pergunta...”Pode Deus fazer isto....me dar um banquete no meio desta guerra que estou enfrentando....            
 -  Sim, Deus gosta de fazer isto pelos seus filhos  (Exemplos):
    - Fome ao redor, banquete para Elias (1 Rs 17)                           –Fome e miséria ao redor da terra, fartura de pão na casa da viúva de Sarepta (1 Rs 17) comente o milagre.                           
–Não esqueça que Deus não nos abençoa só com anjos – Mc 1.11-13  (Nossa vida é entre feras e anjos)


4.  TEM UNÇÃO, MAS TEM INIMIGOS
Sl 23.5   “Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.”
*   Você já notou que quanto maior é a unção, maiores são dos desafios, maior é a luta, maior é o número de inimigos que se levantam contra nós.   Parece até que Unção traz a reboque os inimigos.
*   Recebemos a Unção não é para entrarmos em uma Dysneilândia espiritual – Mas, somos ungidos para a guerra – 1 Sm 16.13  - Davi é ungido, em seguida Davi enfrenta um rei Saul endemoniado......em seguida Davi enfrenta o gigante Golias.

*   Lições do texto – Sl 23.5
1ª.) Deus preparando um banquete para você – Ct 2.4

2ª.) Deus te ungindo com poder – “unges a minha cabeça com óleo.”
3ª.) Deus fazendo você transbordar de alegria - ...meu cálice transborda.”......................
- Deus que te dar alegria abundanteSl 4.7;  Jo 15.11                  Ilustração: A diferença entre o cheio e o transbordante...                                                                           

5.  TEM MALDADE NO CAMINHO, MAS A BONDADE E MISERICÓRDIA ME SEGUEM
Sl 23.6   “Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida...”
*    Vivemos em um mundo mau e perverso, Corrupto e corruptor.  Pelo caminho, vamos encontrar muita maldade, muita perversidade, muita violência... Mas, podemos fazer a diferença: Que o mundo veja em nós, não maldade, não corrupção, não desonestidade; mas, ver que somos bons e misericordiosos.

*  
  
6.  TEM MUITAS CASAS  NA TERRA, MAS A CASA QUE TEMOS NO CÉU É ETERNA
Sl 23.6   “...e habitarei na Casa do Senhor por longos dias.”
- Descreva a nossa Casa eterna (Ap 21, 22)


Pastor Marcos Antonio