quinta-feira, 15 de maio de 2008

PORQUE IRMÃOS SOMOS

“PORQUE IRMÃOS SOMOS”

E disse Abraão a Ló: Ora não haja contenda entre mim e ti, e entre os meus pastores e os teus pastores, porque irmãos somos.

(Gn 13:8)

Introdução:

(1) Uma das palavras mais lindas da Bíblia é a palavra IRMÃO.

(2) A condição de IRMÃO na Bíblia é o mais elevado estágio da vida cristã:

.Primeiro – Jesus chamou seus discícipulos de servos

.Segundo – os promoveu a amigos – Jo 15:16

.Terceiro – os chamou de Irmãos – Mt 28:10

(3) A condição de IRMÃO é estagio elevado – E Salomão teve esta revelação – Pv 17:17 “Em todo tempo ama o amigo, e na angústia nasce o irmão.” (1º amigo..........depois irmão)

(4) Paulo experimentou esta ascenção -

.Primeiramente: Em Atos 9:4-6 “Senhor, que queres que te faça ?” Vemos aí Paulo, o servo

.Como servo, torna-se amigo (pois até então era ferrenho inimigo)

.Finalmente, recebe o maior título – IRMÃO – At 9:17 “E, Ananias foi, e entrou na casa, e impondo-lhe as mãos, disse: IRMÃO SAULO...”

(5) Convém observar que ao tornar-se amigo, não se deixa de ser servo. E, nem tão pouco, o IRMÂO deixa de ser amigo e servo. Um bom irmão será sempre um bom servo e um bom amigo.

(6) Neste texto de Gênesis 13:8 – Vemos Abraão dando-nos um grande exemplo a todos nós, sobre o que significa viver como irmãos.

.Vemos em Abraão primeiramente – “O espírito pacificador” – “Não haja contenda entre mim e ti”

-Abraão era mais que pacífico

-Abraão não era um pacifista

-Abraão era um pacificador (aquele que promove a paz)

.Em segundo lugar, vemos em Abraão – “O espírito conciliador” – “Não haja contenda entre os meus pastores e os teus pastores”

.Em terceiro lugar, notamos em Abraão – “O espírito fraternal” – “Porque irmãos somos.”

(7) Deixemos a Palavra nos falar nesta oportunidade – Se somos irmãos – O que se espera daqueles que se dizem IRMÃOS.

Inegavelmente, durante este estudo bíblico, poderemos avaliar melhor nossa condição de irmãos. PORQUE IRMÃOS SOMOS !!!

I. IRMÃOS DEVEM SE AMAR

Rm 12:10 “Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.”

1. “Amai-vos cordialmente” – significa amar de coração (córdia)

2. Um dos exemplos mais preciosos da Bíblia, é o exemplo dos amigos – Daví e Jônatas – 1 Sm 18:1-4

II. IRMÃOS DEVEM SE TOLERAR (SUPORTAR)

Ef 4:2 “Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor.”

1. Quando é que se vive bem ? Quando se tem êxito no relacionamento interpessoal ?

R= Quando se sabe respeitar e entender as diferenças de cada um.

2. Suportar – significar dar e Ter suporte.

a) Os relacionamentos se acabam quando se deixa de Ter suporte

3. Ef 4:2 - Diz “suportando-vos uns aos outros” – e, não sepultando-vos uns aos outros – Como muitos fazem. Matam o irmão, e ainda vão chorar no velório.

III. IRMÃOS DEVEM SE ESTIMULAREM

1 Co 15:58 “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.”

1. Paulo era um motivador, um estimulador dos irmãos – Não vemos, Paulo nunca pondo os irmãos para baixo, mas sempre pra cima.

2. Como temos crentes e até obreiros que desejam que o irmão se dê mal.

a) São os musicistas e cantores da morte – Ilustr. Na casa de Jairo, aqueles cantavam e tocavam a música da morte – “Morreu, morreu, não tem mais jeito...”

b) E quantos olham para o irmão – e por causa da inveja estão desejando o mal...

c) O sucesso do nosso irmão deve nos alegrar !

3. Aprendamos com Jesus – que apesar de João Batista estar em profundo desânimo e dúvidas – (Que fez Jesus? Falou bem dele – Mt 11:1-11 – Mesmo João Batista se encontrando em desanimo e dúvidas, Jesus o motivou através dos dois emissários. Fez milagres e depois disse: Contem isto para João.

IV. IRMÃOS DEVEM SE CONSIDERAR

Fp 2:3 “Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.”

1. É dificil ou não, cumprir esta palavra: CONSIDERAR OS OUTROS SUPERIORES A NÓS MESMOS” ?

2. Deixa de ser difícil, se o amor de Deus estiver derramado em nossos corações – Rm 5:5

3. E, segundo o texto áureo do Amor de Deus em 1 Corintios 13:

Que o amor é sofredor. É benigno .Não é invejoso .Não trata com leviandade .O amor não é soberbo .Não se porta com indecência .O amor não busca os seus interesses .Não se irrita

.Não suspeita mal .O amor não folga com a injustiça .O amor folga com a verdade .O amor tudo sofre .O amor tudo crê

.O amor tudo espera .O amor tudo suporta .O amor nunca falha

4. Eu creio que o Pentecóste – Não foi só batismo de fogo, mas também um grande batismo de amor.

5. Porque até o Pentecóste, eles estavam preocupados com os primeiros lugares, na melhor cadeira,,,,,,,,,,Cheios de competição....politiqueiros e intrigueiros..........E cada um dizia: “Eu sou o maior !!!”...........Mas, veio o Pentecóstes – e a partir daí, não só se ouvia: “EU SOU O MENOR...”

6. Paulo deixou registrado, ser ele o menor de todos:

a) Dos pecadores, o principal – 1 Tm 1:15

b) Dos santos, o mínimo – Ef 3:8

c) Dos apóstolos, o Menor – 1 Co 15:9

V. IRMÃOS DEVEM ESTAR JUNTOS

Salmo 133:1-3 “Oh! Quão e quão suave é que os irmãos vivam em união! É como óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce sobre à orla das suas vestes.

Como orvalho do hermon, que desce sobre os montes de Sião, porque ali o Senhor ordena a benção e a vida para sempre.”

1. Se você não pode olhar para seu irmão, não pode saudá-lo. Se vier pelo teu caminho – você passa para o outro lado... Escute o Espírito: “Não queres ser batizado no amor de Cristo ?”

2. Ao dizer: Alegrei-me quando me disseram: Vamos a Casa do Senhor – Sl 122:1 Davi não estava falando da alegria de adorar ao Senhor em Sua Casa, mas, também, a rica oportunidade de estar com seus amados irmãos de todas as tribos de Israel – Sl 122:1-4

VI. IRMÃOS DEVEM SUPRIR AS NECESSIDADES DOS SEUS IRMÃOS

2 Co 11:9 “Porque os irmãos que vieram da Macedônia, supriram a minha necessidade...”

a) Em Atos 2 – registra-se que a Igreja primitiva era solidária ao necessitado

b) Hoje agimos muitas vezes com insensibilidade – Deus nos deu coisas e pessoas. Coisas para serem usadas, pessoas para serem amadas. Hoje, infelizmente invertemos os valores: amamos as coisas e usamos as pessoas.

c) Ao aventureiro – Espada nele. Mas, ao necessitado, pão pra ele. Ao desonesto – os rigores da Lei . Mas, ao necessitado – os favores da Graça.

VII. IRMÃOS DEVEM SE PERDOAR

Ef 4:32 “Antes, sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, PERDOANDO-VOS UNS AOS OUTROS, como também Deus vos perdoou em Cristo.”

Cl 3:13 “Suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro, assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.”

1. Quando é que ficamos mais parecidos com Jesus ?

a) Não é quando cantamos

b) Não é quando pregamos

c) Não é quando oramos

d) Não é contribuimos

e) Mas, quando perdoamos – Lc 23 – No ápice da dor – “Pai, perdoa-lhes...”

2. Quando o perdão se ausenta – Quem toma seu lugar?

A mágoa, o ressentimento, o revide, a raíz de amargura.

Pr. Marcos Antonio

Nenhum comentário: