quarta-feira, 6 de agosto de 2008

NOTAS PARA SERMÕES DE ESCATOLOGIA


“NOTAS PARA SERMÕES DE ESCATOLOGIA”

Introdução:

(1) O termo ESCATOLOGIA vem do grego “Eschatos”- último e de “Logos”- Tratado ou estudo.

A Bíblia Sagrada usa, expressões como: “os últimos dias”(Is 2:2; Mq 4:1); “últimos tempos”(1 Pe 1:20); “última hora”(1 Jo 2:18).

E com base nestas expressões, o termo Escatologia foi tomado para designar o estudo dos acontecimentos finais do plano de Deus para este mundo. Normalmente, quando se estuda Teologia Sistemática, a Escatologia surge sempre como último capítulo.

(2) A Escatologia não dedica-se apenas ao estudo dos últimos acontecimentos, mas também aos fatos que se relaciona com o destino do homem (morte física, estado intermediário – isto é, o que ocorre entre a morte e a ressurreição; e ainda aqueles eventos que estão além da história, como a existência na eternidade.

(3) A questão das “Últimas coisas” relativas relacionadas ao destino do homem, tem ocupado lugar não só na Filosofia como nas religiões pagãs. É natural que o homem queira saber não apenas sua origem, porque está aqui, mas também seu destino.

.Filósofos como: Platão, Sócrates – falaram sobre a imortalidade da alma

.Os gregos antigos criam que os mortos iam para uma ilha: Ilha dos bem-aventurados.

.Os romanos acreditavam que a outra vida era um espelho desta.

.O Budismo tem como alvo maior – o estágio final – Nirvana

.O Maometismo – o seu paraíso sensual

.Os antigos indígenas americanos – Viam o céu como um imenso e rico campo de caça.

(4) Por que nestes últimos anos a “Escatologia” não tem sido apreciada como se deveria ?

A resposta reside na “escatologia sensacionalista e incoerente”, que foge do equilibrado padrão escatológico bíblico.

(5) Não deixemos que a frustração da escatologia sensacionalista, venha tirar o fervor de nossa esperança (Rm 5:5; 8:24,25; 12:12; 1 Pe 1:3)

ESBOÇO 1 “A MORTE”

Textos bíblicos: Gn 3:19 e Ec 12:7

Introdução:

(1) A vida é breve – Gn 47:9; Sl 89:47; 90:9,10

(2) A vida é como uma sombra – 1 Cr 29:15

(3) A vida é como a lançadeira do tecelão – Job 7:6

(4) A vida é como o correio – Job 9:25

(5) A vida é como nada , como um sopro– Sl 39:5

(6) A vida é como a choça de um pastor – Is 38:12

(7) A vida é como um águas que passam – Sl 90:5

(8) A vida é como um sono – Sl 90:5

(9) A vida é como a erva – Sl 90:5,6

(10)A vida é como a neblina que se desvanece – Tg 4:14

I. VERDADES BÍBLICAS SOBRE A MORTE:

1. TODOS ESTÃO DESTINADOS À MORTE – Hb 9:27; 1 Sm 20:3

2. TODO HOMEM SEM DEUS TEM MEDO DA MORTE – Dn 5:6

3. A MORTE NÃO É O FIM DE TUDO

4. CRISTO VENCEU A MORTE – Mt 28:1-6; 2 Tm 2:8; Ap 1:18

5. A MORTE SERÁ TRAGADA NA VITÓRIA – 1 Co 15:49-57

6. A MORTE SERÁ O ÚLTIMO INIMIGO A SER ANIQUILADO – 1 Co 15:24-26; Ap 20:14; 21:4

II. O ESTADO INTEMEDIÁRIO DOS MORTOS JUSTOS:

1. O salvo por ocasião da morte, entra na presença de Cristo – 2 Co 5:1-8;

2. Estão no Paraíso – Lc 23:42,43

3. O estado do salvo em Cristo, imediatamente após a morte, é muitíssimo mais preferível do que a vida no corpo neste mundo – Fp 1:21-23

4. Os santos que partiram estão vivos e concientes – Mt 22:32; Lc 16:22;

1 Ts 5:10; Ap 6:9-11

5. Os santos que partiram estão em estado de descanso e bem-aventurança – Ap 14:13

III. O ESTADO INTERMEDIÁRIO DOS MORTOS ÍMPIOS:

1. Estão no Hades – Lc 16:23

2. Estão em tormento de espírito e conciência – Lc 16:23

3. Estão clamando – Lc 16:24

4. Estão em plena conciência – Lc 16:24

5. Estão em grande aflição de espírito – Lc 16:24

6. Estão preocupados com os que estão com vida na Terra – Lc 16:27.28

7. Estão esperando o juízo de Deus – Hb 9:27; Ap 21:11-15

IV. POSIÇÕES DIVERGENTES ACERCA DOS MORTOS:

1) Doutrinas que negam a existência conciente da alma:

a) PSICOPANIQUIA – O Sono da Alma

b) A DESTRUIÇÃO DA ALMA – A Alma é destruída logo após a morte.

2) Doutrinas católicas

a) O Purgatório

b) O Limbo das crianças

c) O Limbo dos pais – “Limbus Patrum”

3) Doutrinas espíritas

Sob a falsa idéia de sucessivas reencarnações até chegar ao pleno aperfeiçoamento dos espíritos; o espiritismo segue as mesmas linhas de crença das muitas religiões antigas, como: O Hinduísmo, o budismo; o Sikismo, etc…

ESTUDO 2 “REALIDADES DO INFERNO E DO CÉU”

I. REALIDADES DO INFERNO:

1. O inferno é um lugar ou um estado ? – Sl 9:17; Ap 20:15; 21:8

2. Onde está o inferno ? – Mt 22:13

3. Como será o fogo do inferno ? – Lc 16:24; Ap 20:15

4. Haverá esperança no inferno ? – Ap 21:8

5. Haverá conciência no inferno ? – Lc 16:25

6. Quanto tempo durará o tormento no inferno ? – Dn 12:2

7. Para quem foi preparado o inferno ? – Mt 25:41; Jd 6; Ap 21:8

II. REALIDADES DO CÉU

1. Quais os sentidos que a Bíblia dá para o Céu ?

a) O Céu físico – Gn 1:1; Sl 19:1

b) Sinônimo de Deus e sua Santidade – Lc 15:18

c) Habitação de Deus – Dt 26:15; Sl 2:4; Sl 123:1; Mt 6:9

2. Existe pluralidade de céus ?

a) Gn 1:1 – fala em “céus”

b) Ne 9:6 – fala do “Céu dos Céus”

c) 2 Co 12:2

3. Que nomes a Bíblia dá ao Céu ?

a) Abraão o identificou como a “Cidade que tem fundamentos”-Hb 11:10

b) Neemias o chamou de “Céu dos Céus” – Ne 9:6

c) Davi o chamou de “Casa do Senhor” – Sl 23:6

d) Paulo o chamou carinhosamente de:

-A Nossa Pátria – Fp 3:20

-A Jerusalém que é de cima – Gl 4:26

-Paraíso – 2 Co 12:4

-Reino Celestial – 2 Tm 4:18

e) O escritor da carta aos Hebreus, também denomina o Céu:

-A Cidade do Deus Vivo e Jerusalém Celestial – Hb 12:22

-O Reino que não pode ser abalado – Hb 12:28

-A Cidade Futura – Hb 13:14

f) João, o apóstolo – descreveu o Céu como:

-A Cidade do meu Deus – Ap 3:12

-A Santa Cidade – Ap 21:2

-A Nova Jerusalém – Ap 21:2

-O Tabernáculo de Deus com os homens – Ap 21:3

-A Grande Cidade – Ap 21:10

g) Jesus chamou o Céu de “CASA DO PAI” – Jo 14:2

4) Verdades plenas a respeito do Céu:

a) O Céu é mais que um estado, é um lugar real – Jo 14:2,3

b) O Céu é um lugar espaçoso – Ap 22:16

c) O Céu é um lugar de pleno conhecimento – Sl 34:5

d) O Céu é um lugar de esplendente Luz – Ap 21:23; 22:5

e) O Céu é um lugar de Santidade – Ap 21:27

f) O Céu é um lugar de Consolo eterno – Ap 21:4

g) O Céu é um lugar de refrigério – Ap 22:1

h) O Céu é um lugar de contínuo serviço a Deus – Ap 22:3

ESBOÇO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

Introdução: Sem dúvida alguma, o evento central da Escatologia Bíblica é a Segunda Vinda de Cristo. Todos os demais acontecimentos escatológicos estão diretamente ligados a ela.

I. O QUE NÃO É A VINDA DE CRISTO

1) A Vinda de Cristo não é a conversão de uma pessoa

2) A vinda de Cristo não é a pregação mundial do Evangelho

3) A Vinda de Cristo não ocorreu no Dia de Pentecóste

4) A Vinda de Cristo não foi a destruição de Jerusalém no ano 70 dC

5) A Vinda de Cristo não é a morte física

II. O QUE É A VINDA DE CRISTO

1) É uma Profecia Bíblica

2) É uma Promessa Bíblica

3) É uma Esperança Bíblica

III. QUANTO A NATUREZA DA VINDA DE CRISTO:

1) Ele virá pessoalmente – 1 Ts 4:16

2) Ele virá brevemente – Ap 3:11; 22:7,12,20

3) Ele virá gloriosamente – 1 Ts 4:16

4) Ele virá repentinamente – 1 Co 15:52

5) Ele virá inesperadamente – Mt 25:13

6) Ele virá como um relâmpago – Mt 24:27 (Lições do relâmpago:)

a) O relâmpago aparece quando há nuvens escuras

b) O relâmpago causa espanto e pavor

c) O relâmpago nos dá a lição da surpresa

d) O relâmpago nos fala de rapidez

e) O relâmpago nos fala de grande poder

f) O relâmpago nos fala de resplendor e beleza

8. Ele virá como ladrão de noite – Mt 24:42-44

(Licões:)

a) O ladrão vem quando ninguém espera

b) O ladrão age sem que seja observado

c) O ladrão age com rapidez

d) O ladrão só leva as coisas de valor

e) O ladrão leva o que não é dele

f) O ladrão sempre deixa algo

g) O ladrão (em alguns casos, deixa a casa em desordem)

h) Depois que o ladrão sae, sente-se a falta do que foi levado

9) Ele virá em duas fases – (Para a Igreja e depois com a Igreja)

III. TERMOS PRINCIPAIS PARA REFERIR-SE À SEGUNDA VINDA DE CRISTO NO NOVO TESTAMENTO

1) EPIFANEIA – Palavra usada para designar o aparecimento de Deus para socorrer seu povo – Tt 2:13; 2 Tm 4:8

2) APOCALIPSIS – Palavra que significa revelação – 1 Co 1:7; 2 Ts 1:7

3) PAROUSIA – Palavra que significa: presença; chegada. – Mt 24:3; 1 Ts 2:19

IV. O TEMPO DA SEGUNDA VINDA DE CRISTO

1) O Tempo é desconhecido – Mt 24:36-39

2) Os sinais nos fazem compreeender que o tempo está próximo

a) Qual a função dos Sinais ?

-Os sinais servem para alimentar nossa Esperança

-Os Sinais nos indicam a proximidade da Cidade Santa

-Os Sinais nos previne contra os enganos

-Os Sinais nos incentivam ao trabalho do Senhor

-8-

V. TRES LUGARES EM RELAÇÃO AOS ACONTECIMENTOS DA VINDA DE CRISTO:

1) JESUS VEM – O QUE AONTECERÁ NO CÉU ? – 1 Ts 4:16,17

2) JESUS VEM – O QUE ACONTECERÁ NA TERRA ? – 1 Ts 4:16,17; 1 Co 15:52-57

3) JESUS VEM – O QUE ACONTECERÁ NOS ARES ? – 1 Ts 4:16

VI. A VINDA DE CRISTO E A RESSURREIÇÃO

1) Textos chaves: Job 19:25,26; Sl 17:15; 1 Jo 3:2; 1 Ts 4:13-18;

1 Co 15:12-20; 42-57

2) A Bíblia em nenhuma passagem, usa a expressão “nova criação” como alguns tentam provar; mas sempre “ressurreição”.

3) Muitos indagam: Como Deus vai reunir, dar forma, vivificar o que já desintegrou-se, o que já desapareceu…? - Lc 1:37; 1 Co 2:9

4) Lembremos que a Salvação envolve 3 grandes Aspectos:

a) A Salvação da condenação do pecado – A Justificação (Rm 4:25)

b) A Salvação do poder do pecado – A Santificação (2 Co 7:1)

c) A Salvação do corpo do pecado – A Ressurreição (Rm 13:11)

ESBOÇO 4 “O TRIBUNAL DE CRISTO’ - 2 Co 5:10

Introdução: Logo após o Arrebatamento glorioso, a Igreja comparece no tribunal de Cristo.

Não será julgada para condenação, pois neste tempo, já está livre de toda e qualquer condenação. Será o julgamento do trabalho prestado para Deus. (Ap 3:11)(22:12)

I. QUANTO O TEMPO DESTE TRIBUNAL

Imediatamente após o Arrebatamento da Igreja

II. QUANTO AO LOCAL DO TRIBUNAL DE CRISTO

Muito de tem discutido sobre o local: Nos ares, Em uma espécie de ante sala da Grande Sala do Banquete das Bodas; ou em outro sitio do Céu ?….

III. QUANTO AOS QUE SERÀO JULGADOS

“Todos”- é a expressão paulina em 2 Co 5:10

IV. QUANTO AO QUE SERÁ JULGADO

1) Serão julgadas as nossas obras – 1 Co 3:13-15

2) Será julgado o nosso relacionamento com nossos irmãos – Rm 14:10-12; Gl 6:9,10; Mt 10:40-42

V. QUANTO AO INTRUMENTO DE PROVA

1) O fogo Divino – 1 Co 3:13-15

2) Deus é um fogo consumidor – Hb 12:29

3) Seus olhos são como chamas de fogo – Ap 1:14

4) A Palavra de Deus é fogo poderoso – Jr 23:29

5) O Espírito Santo atua como fogo – At 2:3; Ap 5:4

VI. QUANTO AO GALARDÕES

1) Coroa da vida – Ap 2:10

2) Coroa incorruptível – 1 Co 9:24,25

3) Coroa de Glória – 1 Pe 5:4

4) Coroa da Justiça – 2 Tm 4:8

5) Mais recompensas: Ap 2:7, 11, 17, 26-28; 3:5,12,21

6) O Maior de todos os galardões – O SENHOR – Gn 15:1

7) Ele próprio nos entregará o Galardão – Ap 22:12; Is 40:10

ESBOÇO 5 “AS BODAS DO CORDEIRO” (Ap 19:7-9)

Introdução:

Após o Tribunal de Cristo desfrutaremos das Bodas com nosso amado noivo Jesus.

I. EXISTE UMA GRANDE ESPECTATIVA NO CÉU PARA ESTA FESTA

1) Primeiro – A espectativa do Pai – Mt 22

2) Segundo – A espectativa do Filho (O Noivo) – Jo 14:1-3; Ef 5:25-27; Gn 24:61-67

3) Terceiro – A espectativa da Igreja(A Noiva) – Ap 22:17; 20

4) Quarto – A espectativa dos anjos – 1 Pe 1:11,12; Ap 19:7

II. POR QUE O NOIVO É CHAMADO DE CORDEIRO ?

Pois Ap 19:7,9 – chama esta Festa celestial é chamada de “Bodas do Cordeiro”

1) Para que lembremos que pelo sangue do Cordeiro fomos salvos – Jo 1:29 -11-

2) Para que lembremos que pelo sangue do Cordeiro podemos Ter acesso à Cidade eterna – Ap 22:14

III. QUEM É A NOIVA ?

1) É a Igreja do Senhor – 2 Co 11:2

2) É a Igreja Gloriosa, sem mácula e sem ruga – Ef 5:25-27

3) É a Igreja adornada e preparada – Ap 19:8

IV. COMO É O VESTIDO DA NOIVA ?

1) É presente divino – “E foi-lhe dado”- Ap 19:8

2) É fino – fala da preciosidade da Igreja – Ap 19:8

3) É puro – fala da pureza da Igreja – Ap 19:8

4) É resplandecente – fala da Glória da Igreja – Ap 19:8

V. QUAL O LOCAL CELESTIAL PARA AS BODAS ?

Tres principais salas destacavam-se nos palácios antigos. Tres salas são as principais no Céu:

1) A Sala do Trono – Ap 4

2) A Sala do Tesouro – Rm 11:33

3) A Sala do Banquete – Ct 2:4

- Nesta será celebrada a maior festa de toda a História: As Bodas do Cordeiro.

VI. QUEM SÃO OS CONVIDADOS PARA AS BODAS ?

1) Os santos do A. Testamento – Mt 8:11; Lc 13:28,29

2) João Batista disse a respeito – Jo 3:29,30

VII. CURIOSIDADES DO CASAMENTO JUDAICO E SUAS LIÇÕES ESPIRITUAIS:

CASAMENTO JUDAICO

APLICAÇAO ESPIRITUAL

REFERÊNCIAS BÍBLICAS

1. O Pai do noivo escolhia a noiva

Deus Pai nos escolheu

Sl 100:3; Tt 2:14

2. O noivo pagava um preço

Jesus pagou alto preço

Ef 1:7; Rm 5:8,9; At 20:28; 1 Pe 1:18,19

3.O noivo para selar o pacto, bebia um cálice de vinho

Jesus selou o pacto com sua Noiva, ao tomar o cálice

Mt 26:27-29

4. Antes de sair da casa da noiva, prometia voltar para buscá-la

Antes de subir aos céus, prometeu voltar

Para buscar os seus

Jo 14:1-3

5. A noiva aguarda em sua casa a chegada do noivo

A Igreja militante aguarda na Terra a Vinda de Jesus

Cl 1:27

Ct 2:17

Ap 22:20

6. O Noivo saía da casa do seu pai

Cristo vem da casa do Pai

Fp 3:20,21; 1 Ts 4:16

7. O Noivo vinha acompanhado de seus amigos, que pelo caminho tocavam instrumentos

Os anjos virão tocando trombetas, no dia do Arrebatamento

1 Ts 4:16

Ap 19:7

Mt 25:6

8. Ao ouvir o clamor, a noiva saía com suas damas de honra ao encontro do noivo

Ao ouvirmos o chamado do Senhor e dos anjos, subiremos ao encontro

Mt 25:6

1 Ts 4:16,17

9. O cortejo nupcial seguia até a casa do noivo

Que lindo será o cortejo nupcial da Igreja até o Céu

Sl 45:15

10.Depois de consumado o casamento. A Festa começava e durava 7 dias

Cremos que a festa das bodas durará 7 anos

Ap 19:7



ESBOÇO 6 “A GRANDE TRIBULAÇÃO”

INTRODUÇÃO:

Segundo o que disse Jesus, será o período mais terrível já vivido na história humana – Mt 24:21

I. TERMINOLOGIAS BÍBLICAS SIMILARES AO TERMO “GRANDE TRIBULAÇÃO”

  1. A grande aflição – Mt 24:21
  2. Tempo de angústia – Dn 12:1
  3. Angústia de Jacó – Jr 30:17
  4. Um laço – Lc 21:34
  5. Ml 4:2 – O Dia do Senhor
  6. Sf 1:15 – Dia de indignação
  7. Is 63:1-4 – Dia da Vingança
  8. Ap 3:10 – Hora da Tentação ou provação

II. O SENTIDO ETMOLÓGICO DO TERMO TRIBULAÇÃO

  1. A palavra tribulação significa literalmente: comprimir com força
  2. Uvas comprimidas no lagar – Is 63:3; Ap 19:11-16
  3. Tribulação vem do latim “Tribulum” que quer dizer apertar

III. A IGREJA NÃO PASSARÁ PELA GRANDE TRIBULAÇÃO

  1. Proféticamente: Noé e sua família; Enoque arrebatado antes do dilúvio; Ló e suas filhas – ilustram com muita verdade que Deus preserva o justo da destruição.
  2. Jesus disse que se vigiarmos escaparemos – Lc 21:36; Ap 3:10
  3. Cremos que a manifestação do anti-cristo, só acontecerá quando a Igreja for tirada – 2 Ts 2:7,8 -14-
  4. O ensino de Jesus em Lc 21:25-36, deixa bem claro que o destino da Igreja é escapar do castigo que o mundo sofrerá
  5. O ensino de Paulo também enfatiza que a Salvação da Igreja inclui o ser salvo da ira vindoura – 1 Ts 1:10; 5:9

ESBOÇO 7 “O MILÊNIO” - Ap 19:6; 20:1-6

Introdução:

O Milênio será a época áurea da Terra. O Reinado de Cristo.

A palavra “Milênio” não se encontra na Bíblia; ela decorre da expressão “mil anos” (Ap 20:6)

I. EXISTEM TRES CORRENTES DE INTERPRETAÇÃO SOBRE O MILÊNIO:

1. O Premilenismo – Crê que Cristo vem antes do Milênio

2. O Posmilenismo – Crê que Cristo vem depois do Milênio

3. O Amilenismo – Crê que Cristo não haverá nenhum reinado de Cristo sobre a Terra

II. MARAVILHAS DO MILÊNIO:

1. A Forma de Governo será Teocrática – Lc 1:31,32; Dn 7:13,14; Ap 19:16

2. A Sede do Governo será Jerusalém – Sl 48:1-3; Is 2:2-4

3. Haverá um rio de águas vivas que saírá de Jerusalém – Ez 47:1-12; Zc 14:1-8

4. O Conhecimento do Senhor será universal – Is 11:9: Zc 8:22,23; Jr 31:34

5. Será um tempo de paz entre as nações – Is 2:4; Zc 9:10

6. Será um período de obediência jamais visto – Is 60:12

7. Haverá saúde e longevidade – Is 65:18-20; Zc 8:4-6

8. A ferocidade dos animais será tirada – Is 11:6-9; 35:9; 65:25

9. Nunca as crianças brincarão tanto – Zc 8:5,6

10. A Terra produzirá com fartura – Is 35:1,2; 55:12,13; Ez 36:34-36

11. O Mar Morto dará peixes em abundância – Ez 47:10

12. Não haverá governantes desonestos – Is 32:5

13. Haverá bem-estar social – Sl 72:1-7; Is 32:15-18

Obs: (O desejo de Daví será cumprido – Sl 144:12-15)

14. O problema da moradia será solucionado – Mq 4:4; Zc 3:10

15. O Senhor reinará com justiça – Jr 23:5

-Cristo será revelado como Rei:

a)Rei da Justiça – Is 32:1

b)Rei de Israel – Jo 12:13

c)Rei de toda a Terra – Zc 14:9; Fp 2:9-11

d)Rei dos reis – Ap 19:16

ESBOÇO 8 “O JUÍZO FINAL” (Ap 20:10-15)

I. O TRONO É GRANDE – Ap 20:11

1. Porque infinitamente Grande é o que nele se assenta – Ap 20:11; Fp 2:5-11

2. Porque Grande é a glória do Trono – Ap 4:1-7

3. Porque Grande é o número dos que serão julgados – Ap 20:12

II. O TRONO É BRANCO – Ap 20:11

1. Porque Aquele que está no Trono é Santo – Sl 22:3; Is 6:2

2. Até os demônios sabem que Ele é Santo – Mc 1:24

3. Il. A Santidade do trono vai confrontar o pecado das gentes

III. ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O JUÍZO FINAL:

1. Nenhum pecador escapará deste Julgamento – Hb 9:27; Ap 20:12

2. Livros serão abertos para julgar – Ap 20:12

  1. O Livro da Vida
  2. A Bíblia estará aberta – Jo 12:49

3. Ponto a considerar: Ressurreição para serem julgados – Ap 20:13; 4,5; Dn 12:2

4. A morte será julgada – Ap 20:14; 1 Co 15:23-28; 2 Tm 1:10; Ap 21:4

ESTUDO 9 “O ESTADO ETERNO”

Depois do Juízo do Grande Trono Branco, inicia-se a fase mais gloriosa da História: Novos Céus e Nova Terra – 2 Pe 3:14; Ap 21:1.

Em Isaías 51:16, lemos: “…para que eu estenda novos céus, funde nova terra, e diga a Sião: Tu és o meu povo.”

Também no cap. 65:17, lemos: “Pois eis que crio novos céus e nova terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, jamais haverá memória delas.”

CONCLUSÃO:

Querido irmão, o propósito destas notas para sermões e estudos, não se propõe a trazer uma nova descoberta no campo da Escatologia bíblica; mas alimentar nossos corações com a verdade mais confortadora da Bíblia, a de que “ESTAREMOS PARA SEMPRE COM O SENHOR”(1 Ts 4:17), motivando cada pregador a anunciar que o “REI ESTÁ VOLTANDO !”

Na certeza do grande Dia da Redenção,

Pastor Marcos Antonio da Silva

Nenhum comentário: