quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

LIÇÕES QUE APRENDEMOS COM JESUS NA ESCOLA DA ORAÇÃO

Vamos tomar a preciosa Oração de Jardim do Getsemani (Lc 22:39-46),

onde Jesus em angústia e sofrimento, orou ao Pai. Preciosas lições para nossa vida de oração podemos aprender desta profunda oração:


1 A Lição da Oração constante

- E, saindo foi como costumava para o monte das Oliveiras (Lc 22:39)
Se desejamos uma vida vitoriosa, sigamos o exemplo de Jesus que orava constantemente (1 Ts 5:17) (Ef 6:18)


2 A Lição da Prevenção do mal

- Orai para que não entreis em tentação (Lc 22:40)
Quem vive em oração é sempre prevenido pelo Senhor.
Quando perseguido pelo rei Saul, Davi testemunha no Salmo 59:10, que o Senhor o preveniria do mal: O Deus da minha misericórdia virá ao meu encontro (Almeida Revista e Corrigida). O meu Deus fiel virá ao meu encontro (Nova Versão Internacional).
É digno de nota o que diz o texto em ingles (Versão King James): The God of my mercy shall prevent me – O Deus de minha misericórdia me prevenirá.


3 A Lição da humildade

- ...e pondo-se de joelhos, orava (Lc 22:41)
Sabemos que não importa a postura fisica quando oramos, porque Deus olha para o coração (Sl 51:17). No entanto, a lição que tomamos deste texto bíblico, é a de profunda humilhação diante do Pai. No cenário da verdadeira oração não há lugar para presunçosos e soberbos, mas para quebrantados e humildes (Sl 138:6) (Jl 2:13) (Is 57:15, 66:1,2)

4 A Lição da Soberania divina

- Dizendo: Se queres, passa de mim este cálice, todavia, não se faça a minha vontade, mas a tua (Lc 22:42)

Sabemos que nossa vontade normalmente choca-se com a Vontade de Deus. Quando entendemos que nem sempre Deus responde como queremos, mas como precisamos, estamos maduros na Fé.

5 A Lição da Ação do Sobrenatural

- E apareceu-lhe um anjo do céu, que o confortava (Lc 22:43)
Busquemos ao Senhor em constante oração, tendo sempre a certeza do seu mover e intervenções miraculosas como resposta ao nosso clamor (Jr 33:3)

6 A Lição do Combate espiritual

- E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se em grandes gotas de sangue que corriam até ao chão (Lc 22:44)
Assim como Jesus, o apóstolo da gentes Paulo, sempre considerou a senda da Oração como um combate espiritual (Rm 15:30)(Cl 4:12).


CONCLUSÃO

Nesta pequena exposição, aprendemos o valor extraordinário da Oração em nossa vida cristã. Que a vida singular de Oração de Nosso Senhor Jesus Cristo, venha a cada dia nos inspirar para jamais abrirmos mão de nosso tempo de oração.

Façamos nossas as palavras do famoso hino, do saudoso irmão Emilio Conde:

Com Jesus a minha alma deseja estar
No Jardim em constante oração.
Quando a noite chegar, e o mal me cercar,
Quero estar em constante oração.


Pastor Marcos Antonio da Silva

Nenhum comentário: