quarta-feira, 15 de setembro de 2010

PREGUE A PALAVRA - 2 Tm 4:2












Introdução:

Þ Os púlpitos estão pobres de pregadores da Palavra de Deus.

§ Hoje os valores estão invertidosAlguns anos atrás, lotávamos o Maracanã para ouvirmos o pastorBilly Graham pregar João 3:16; hoje o lotamos para um, show Gospel – onde quem brilha são os astros da música Gospel e não a Estrela da Manhã.

§ Nós pregadores precisamos aprender que as brasas são importantes, mas não alimentam– Jesus não alimentou seus discípulos com brasa. Brasa aquece, mas não é comida.- Jo 21:9 LOGO QUE SALTARAM EM TERRA, VIRAM ALI BRASAS, E UM PEIXE POSTO EM CIMA E PÃO.”

(Brasa – peixe e pão). Ilustração: “Toda vez que te perguntarem a respeito de qualquer pregador que surgiu e está impactando as multidões – Dá uma olhada, se encima do braseiro que esse pregador fez – E veja se tem peixe e pão.


Þ Nunca na história do Movimento Pentecostal houve tantos “pregadores”. Pena que um grande número destes, não são arautos da Bíblia. Hoje existe pregador pra todo gosto.

Þ O PERIGO DO PRAGMATISMO NO PÚLPITO:

Pregadores cheios de pragmatismo, mas vazios da Palavra de Deus – uma triste realidade hoje na igrejas.

§ E o que o pragmatismo está ditando aos pregadores

de nossos dias ?

Um pregador que usa o pragmatismo diz: “EU NÃO PROCURO A VERDADE, EU PROCURO O QUE FUNCIONA.”

§ No pragmatismo: não se pergunta – “Isto é certo ?..Isto é verdadeiro?...” - Mas, sim - “Isto funciona?..”

§ Os pregadores da atualidade – A grande maioria abraçou o pragmatismo. Que estão preocupados: com o que é que o povo gosta...O que o povo gosta de ouvir...É prosperidade (lá vai)...É vitória financeira... É chave da casa própria...É carro novo... É primazia pra anjo.... é a unção do leão...´da lagarticha....da sétima capa....do trenzinho e do aviãozinho...O que o povo pedir nós damos (assim são estes pregadores)


COMO SER UM PREGADOR SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS:

1. SEJA UM PREGADOR BÍBLICO

a. Nossa pregação não pode ser antibíblica

§ Usar o púlpito sagrado para pregar heresias e mentiras é um gravissimo pecado.

§ A pregação antibíblica é aquela que apresenta as verdades da Palavra adulteradas e distorcidas.

b. Nossa pregação não pode ser extrabíblica

§ Não ir além do que está escrito!
Alguns ensinos são antibíblicos, e esses são facilmente reconhecidos. Mas tudo o que é extrabíblico é mais fácil de ser aceito no arraial evangélico.

§ Antibíblico é todo ensino que opõe-se explicitamente à doutrina cristã. Extra-bíblico é aquele ensino que, aparentemente não encontra nada que lhe possa opor-se dentro das Sagradas Escrituras. Não há nada contra, mas também não há nada a favor. Este tipo de ensino é mais perigoso, pois adentra sorrateiramente em nosso meio.

c. Nossa pregação deve ser bíblica

NOTEMOS ALGUNS FATORES QUE EXPLICAM PORQUE A PREGAÇÃO BÍBLICA ESTÁ DIMINUINDO:

1º.) O AUMENTO DO MISTICISMO EVANGÉLICO

§ Tem muita Pregação recheada de misticismo

- Principalmente de pregadores pentecostais no Brasil cheios de misticismo

§ -Existe um pano de fundo histórico-cultural atrás de tudo isso: O Brasil traz em sua História: A PAJELANCIA INDIGENAO CATOLICISMO (da Europa) –OS CULTOS AFROS (da África) e o ESPÍRITISMO KARDECISTA (França)

§ Tem muito crente que apesar de ter deixado o catolicismo e os terreiros de umbanda – trouxeram consigo uma herança mistica. Não vão mais a Aparecida do Norte, nem a Juazeiro do Norte – Mas, gostam da rosa ungida – do sal grosso - do travesseiro ungido para curar insonia, etc..

§ Ilustração: O PREGADOR DA PANELA – pedia para as pessoas escreverem todos os seus pecados em bilhetes. Jogava álcool e tocava fogo – E proclamava a todos o perdão de Deus.

2º.) A SUTILEZA DO LIBERALISMO TEOLÓGICO

§ Que gera pregadores sem fé nas Escrituras Sagradas.

§ Pregadores que não creem mais no que pregam...Púlpitos incrédulos - morte nos bancos...


§ Ilustração: O grande ator londrino Gary respondeu a um pastor desanimado (quando este o indagou sobre seu sucesso nos palcos em Londres), Gary lhe respondeu: – “Eu conto uma mentira como se fosse uma verdade – o sr. pastor prega uma verdade como se fosse uma mentira.”

3º.) A FALTA DE PRIORIDADE NAS ESCOLAS TEOLÓGICAS PARA O ENSINO DA PREGAÇÃO BÍBLICA

§ Pode observar que na grande maioria de Seminários e faculdades de Teologia – o espaço na grade curricular para a PREGAÇÃO é muito pequeno. A área voltada a pregação é paupérrima.

§ Se a Pregação é principal missão de um pastor – isto deveria se refletir no curriculo de nosso Curso.

§ Nós aprendemos nos Seminários – Mais a defender a Bíblia – do que pregar a Bíblia. A Bíblia não precisa ser defendida – A Bíblia precisa ser pregada.


4º.) FALTA DE APLICAÇÃO DOS PREGADORES AO ESTUDO DA PALAVRA

§ Fica difícil – correr a semana inteira e chegar no domingo, por a mão na cabeça e dizer: preciso preparar o sermão para hoje...e, agora?...


§ Conta-se que Lutero ficou certa vez trancado em seu aposento por tres dias– orando e estudando o Salmo 23, para buscar um sermão.

§ Se voce diz que Deus te chamou para o Ministério, e voce não gosta de ler – QUESTIONE A TUA VOCAÇÃO!


§ Paulo era homem da Palavra e dos livros2 Tm 4:13


§ Lembro-me quando ainda muito jovem – Já sentindo o Chamamento para o Ministério – deixava de comprar um sapato ou uma camisa, para poder comprar um livro.

E, quando não tinha dinheiro e precisava de livros sobre um tema a desenvolver – ia a Livraria Evangélica – e por lá ficava horas a fio (lendo) – o proprietário – sabendo de minha fome – não se importava e me deixava ler. Ao chegar emcasa, procurava transcrever o que tinha assimilado. Fiz isto muitas vezes.

§ Querido colega – ame a ferramenta que voce usa!


2. SEJA UM PREGADOR EVANGÉLICO – Rm 1:16

a. Estão desaparecendo os pregadores do Evangelho –

§ Muitos de nossos pregadores cantam assim o Hino 291 – “Sim eu amo a prosperidade – Té morrer quero enriquecer....”

§ Os antigos pregadores viviam mesmo a mensagem do Hino 291, que verdadeiramente diz: – “Sim eu amo a Mensagem da Cruz – Té morrer eu a vou proclamar”

b. Paulo, modelo de pregador evangélico – Rm 1:16; 1 Co 2:1,2

c. Tema do bom pregador o Calvário – 1 Co 1:18


3. SEJA UM PREGADOR PROFÉTICO – Mt 3:7-12

a. O profeta João Batista é o fiel modelo de um pregador eficaz; porque ele foi um pregador bíblico, evangélico e profético.


b. Nossa geração está carente de pregadores desta qualidade. Pregadores cheios da unção do Espírito, que preguem a Bíblia (nada mais do que a Bíblia), que levem os pecadores ao Calvário e que como voz profética de Deus na Terra alertem esta Geração sobre a Volta do Senhor.


Nenhum comentário: