quinta-feira, 3 de março de 2011

UM ARAUTO CHAMADO PAULO

 (Pr. Marcos Antonio)

E disse o Senhor em visão a Paulo: Não temas, mas fala e não te cales. Porque Eu sou contigo, e ninguém lançará mão de ti para te fazer mal, pois tenho muito povo nesta cidade.
At 18:9,10

Introdução:  
  • Paulo em Corinto foi alvo de muitas lutas que o deixaram abatido. Mas, o Senhor vem ao seu encontro, decifrando seu estado emocional, confortando-lhe ao dizer: NÃO TEMAS.    Em seguida, após acalmar seu coração, também lhe diz:   FALA, E NÃO TE CALES
1ª.) Porque voce não vai sozinho Pois Eu sou contigo
  • At 18:10 – Mostra-nos tres razões dadas pelo Senhor a Paulo para ser um pregador:
2ª.) Porque Eu vou te protegerE ninguém lançará mão de ti para te fazer mal

3ª.) Porque Eu vou salvarPois Eu tenho muito povo nesta cidade
Todos aqueles que desejam ter um Ministério aprovado – encontram na vida exemplar de Paulo, um precioso exemplo.
Em Paulo, nós encontramos o protótipo inspirador, do que um homem totalmente confiado nas mãos de Deus pode realizar na sua geração e influenciar as futuras.

O apóstolo Paulo é um verdeiro exemplo de abnegação, despreendimento e prontidão como pregador do Evangelho.  
 
1º.) Pronto para ministrar – 2 Co 12:14   “Eis aqui estou pronto, para pela terceira vez ir Ter convosco e não vos serei pesado, pois que não busco o que é vosso, mas sim a vós; porque não devem os filhos entesourar para os pais, mas os pais para os filhos.”

2º.) Pronto para sofrer e pronto para morrer – Atos 21:13 
Mas Paulo respondeu: Que fazeis vós, chorando e magoando-me o coração?   Porque eu estou pronto, não só a ser ligado, mas ainda a morrer em Jerusalém pelo Nome do Senhor Jesus.”

3º.) Pronto para pregar – Rm 1:15E assim, quanto está em mim, estou pronto para também vos anunciar o Evangelho...”

Algumas das principais razões porque Paulo foi um pregador eficaz:

I.   PAULO FOI UM PREGADOR CHAMADO
1 Tm 1:12     E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus, Senhor nosso, porque me teve por fiel pondo-me no ministério.

 Dois aspectos na chamada de Paulo:
1º.) Primeiro - Deus o chamou para Si – At 9:15,   13:2   Lc 6:12,13
2º.) Depois – Deus o chama para a Obra – At 9:15,   13:2

 TIPOS DE CHAMADAS OU FORMAS DE SER POSTO NO MINISTÉRIO:
 1. POSTO POR SI MESMO – Hb 5:4
 2. POSTO PELOS AMIGOS – Gn 12:4
 3. POSTO POR ORGANIZAÇÕES
4.. POSTO POR NEGOCIATAS
5.  POSTO POR DEUS – 1 Tm 1:12

II.  PAULO FOI UM PREGADOR HUMILDE
 Se considerava incapaz – 1 Co 3:5
 Reconhecia que o que pregava vinha do Senhor – 1 Co 11:23
 Pedia oração da Igreja para que não lhe faltassem mensagens – Ef 6:19

a) Dos pecadores – o principal – 1 Tm 1:15
b) Dos santos – o mínimo – Ef 3:8
c) Dos apóstolos – o menor – 1 Co 15:9

III. PAULO FOI UM PREGADOR COMPLETO

Um pregador para ser considerado completo ele precisa atender a 3 requisitos:

·        Bíblico – At 20:27,   2 Tm 4:13
·        Evangélico – Rm 1:16, 1 Co 9:16
·        Profético – 1 Co 15:1-58,   1 Ts 4:13-18,   5:1-5


IV. PAULO FOI UM PREGADOR DE ORAÇÃO

Paulo dispunha de muitas forças singulares em seu ministério. Sua conversão tão notável e radical, foi um perfeito depósito de munições de guerra ofensiva e defensiva.     Seu chamado para o apostolado foi claro, luminoso e convincente.     Mas, essas forças não foram as mais poderosas energias, que produziriam os maiores resultados em seu ministério.     O curso de Paulo foi mais distintamente moldado e sua carreira se tornou mais poderosamente bem-sucedida pela ORAÇÃO, do que por qualquer outra força.”
(Edward M. Bounds)

  • CARACTERÍSTICAS DA ORAÇÃO DE PAULO:
a)    Era perseverante – 2 Tm 1:3; 1 Ts 5:17; Ef 6:18; Rm 12:12
b)    Era diligentes – Cl 2:1
c)     Era submissas – 2 Co 12:8,9
d)    Era inspirada pelo Espírito Santo – Ef 6:18
e)    Era estratégica – Ef 3:14-20; Cl 2:1-3

Nenhum comentário: