sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

ABRAÃO UM ADORADOR POR EXCELÊNCIA



Gn 22.1-14

Introdução:
Abraão foi intimo do Senhor. 
Por 3 vezes na Bíblia  Abraão é chamado amigo de 
Deus – 2 Cr 20:7; Is 41:8; Tg 2:23
Esta amizade profunda com Deus, fez dele um adorador por excelência. E, neste texto de Gênesis 22.1-14, Abraão nos ensina grandes verdades sublimes sobre adoração:

1. Não se adora sem uma entrega total – vs. 1,2
Não seremos adoradores de verdade, até que entreguemos tudo ao Senhor – SL 103.1,2

2. Não se adora sem submissão – vs. 1-3
Lembre-se que adorar a Deus é mais que um momento de culto no templo.   Adorar a Deus segundo a Palavra é um modo de vida.  O termo hebraico para adoração significa curvar-se diante do Senhor e submeter-se a Ele.

3. Não se adora sem sacrifício – v.5
Não havia serviço de adoração no tabernáculo e a posterióri no templo, sem sacrifício.  De igual modo para a Igreja do Novo Testamento – 1 Pe 2.5

4. Não se adora sem separação – vs.4,5
Quantos querem adorar a Deus, mas permanecem apegados a coisas que desagradam ao Senhor – Hb 12.14

5. Não se adora sem consagração – vs.6,7
Consagrar-se a Deus, significa separar-se para uso exclusivo dele – 1 Pe 1.15,16

6. Depois da adoração vem a provisão – vs. 8-14
É notável que o adorador de verdade nunca fica sem resposta de Deus. A adoração precede sempre a provisão – Sl 23.1;  Fp 3.20

Conclusão:

Imitemos o patriarca Abraão em sua vida de adoração, e desfrutemos da Presença de Deus, do fortalecimento de nossa fé e das ricas provisões de Deus.
Pastor Marcos Antonio

Nenhum comentário: