quinta-feira, 9 de abril de 2009

RETRATO DO OBREIRO FIEL

(Um poema do pastor Marcos Antonio da Silva)


Por ser chamado,
obedeceu.
E seu ministério foi confirmado pelo Senhor.

Por ser discípulo,
aprendeu de seu Mestre,
a renunciar a si mesmo, para poder servir.

Por ser profeta,
Perdeu amigos, ganhou inimigos,
Mas agradou a Deus.

Por ser humilde,
Considerou os outros superiores a si mesmo;
Adornando sua carreira com espírito gentil.

Por ser alegre,
Teve vigor na caminhada.
Pois teve na alegria do Senhor a sua força,

Por ser amável,
Amou a todos;
Mesmo sendo, muitas vezes menos amado.

Por ser generoso,
Não olvidou o necessitado;
Mas, fez de seu próprio pão, o pão de todos.



Por ser sincero,
Não escondeu seus defeitos.
Mas, permaneceu das mãos do Oleiro para ser aperfeiçoado.


Por ser invejado,
Foi caluniado e maltratado.
Mas, não quis levantar seu braço; dizendo sempre: “O Senhor peleja por mim!...”

Por ser homem de Deus,
Nunca agiu de má fé
Preferiu sofrer, do que ver a Noiva do Cordeiro chorar.

Por ser nobre,
Desceu para a grandeza.
Entendendo sempre que o caminho para cima é para baixo.

Por ser compassivo,
Estendeu sua mão a todos,
Mesmo sabendo, que na velhice seria por todos esquecido.

Por ser fiel,
Até o fim levou a cruz;
E, assentou-se coroado, ao lado de Quem o chamou.



Pastor Marcos Antonio da Silva
Lakeland, Florida – U.S.A.
Em 9 de abril de 2009

Nenhum comentário: