domingo, 20 de dezembro de 2009

UM TESTEMUNHO QUE IMPACTOU MINHA VIDA

















Em tempos da secularização da Fé e da sagaz influencia do neo liberalismo teológico em muitos líderes cristãos, o que em muitos lugares, se traduz na transmissão de um evangelho de plástico recheado de tantas coisas, tão distantes do verdadeiro Evangelho de Cristo - que é poder e vida.

Vivemos hoje a maior das crises nos arraiais evangélicos - a crise da fé nos corações, a começar por nós, pastores e pregadores, em cumprimento a palavra profética de Jesus - Lucas 18:8 "QUANDO, PORÉM, VIER O FILHO DO HOMEM, PORVENTURA, ACHARÁ FÉ NA TERRA ? "

Viver o Evangelho é desfrutar das maravilhas poderosas do Senhor em nossa vida.
Creio que o testemunho extraordinário de meu querido amigo e irmão, presbítero Nilton de Oliveira (atualmente, residindo no Estado de Santa Catarina), tocará profundamente o teu coração - como tocou o meu.
Viver o Evangelho é desfrutar das maravilhas poderosas do Senhor em nossa vida.

Alguns anos atrás, o querido irmão e amigo, presbítero Nilton de Oliveira relatou-me o milagre que experimentou de Deus.

Nilton contou-me que no ano de 1986, voltava do trabalho para casa de onibus. Durante vários dias havia chovido em sua cidade (São José dos Pinhais, Paraná), e um pequeno rio que passava próximo de seu bairro (Cidade Jardim) havia transbordado.

Dentro do onibus, veio uma preocupação em sua mente: se poderia ou não chegar em casa, pois não sabia ainda, a que nível tinha subido as águas do rio.

Ao desembarcar do onibus, notou surpreso, que não poderia chegar em casa por aquele caminho que sempre fazia. Teria ele que dar uma volta de duas milhas para chegar em casa.

Notou que tudo em sua frente tinha se transformado num grande rio.

Irmão Nilton disse-me que estava muito cansado, depois de um dia de trabalho duro.
Mas, pensou naquela hora e disse para Deus:
- Senhor, eu posso caminhar duas milhas. Estou cansado, mas posso caminhar duas milhas. No entanto, eu creio em Ti Senhor. Assim como abriste o Mar Vermelho para teu povo Israel passar, eu creio que podes abrir este rio, para teu servo passar...

Neste momento, deu um passo a frente, tocando com a ponta do sapato nas águas. Imediatamente começou soprar um forte vento dividindo as águas, abrindo um caminho no meio do rio, e as águas formaram dois muros, um a direita e outro a esquerda.

Irmão Nilton também contou-me que as águas faziam um barulho interessante enquanto eram retidas pelo Senhor.

Outra coisa que o maravilhou, foi o fato de entrar no caminho aberto no meio daquele rio e tocar com as suas mãos, e sentir o leito completamente seco. Movido por intenso júbilo exclamou:
- Que maravilha Senhor! É como a Bíblia diz.


Envolvido pela glória de Deus, ajoelha- se e ao tocar no solo, constata que o mesmo estava seco. E exclama:
- Agora entendo melhor o texto do livro do Exodo, que diz que Deus abriu o Mar Vermelho, e Israel passou a pé enxuto.
Ex 14.22 E os filhos de Israel entraram pelo meio do Mar em seco, e as águas lhes foram como muro a sua direita e a sua esquerda.

Irmão Nilton impactado pela Glória de Deus começa a louvar a Deus em línguas. Em seguida, levanta-se e caminha até a outra margem, atravessando aquele rio que se formara.
Ao chegar do outro lado, diz ao Senhor:
- Senhor, eu já passei, pode fechar...

E o Senhor assim fez, não de forma brusca, mas lenta e suavemente, as águas pouco a pouco foram se soltando, até que o rio fechou-se.
Irmão Nilton sai correndo para sua casa e conta para todos os seus (disse-me que não foi fácil relatar a família o que Deus havia feito - tal era a alegria em sua alma).

Lembro-me que ao término deste testemunho tão maravillhoso, estávamos os dois com a face tomada pelas lágrimas de júbilo espiritual.

Pastor Marcos Antonio da Silva

Nenhum comentário: