quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

CONFIANDO NA PROVIDENCIA DE DEUS



Mateus 6:19-34

19 – Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam.
20 – Mas ajuntai tesouros no céu,onde nem a traça, nem a ferrugem consomem,e onde os ladrões não minam, nem roubam.
21 – Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.
22 – A candeia do corpo são os olhos;  de sorte que,  se os teus olhos forem bons,  todo o teu corpo terá luz.
23 – Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso.   Se,portanto, aluz que em ti há são trevas ,  quão grandes serão tais trevas!
24 – Ninguém pode servir a dois senhores , porque  ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro.  Não podeis servir a Deus e a Mamom.
25 – Por isso vos digo:  Não andeis cuidadosos quanto ‘a vossa vida,  pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber;  nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir.   Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo,mais do que a vestimenta ?
26 – Olhai para as aves do céu,  que não semeiam,  nem segam,nem ajuntam em celeiros;  e vosso Pai celestial as alimenta.   Não tendes vós muito mais valor que elas?
27 – E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar  um covado  ‘a sua estatura ?
28 – E, quanto ao vestuário,  porque andais solícitos ?  Olhai para os lírios do campo,  como elescrescem;  não trabalham, nem fiam.
29 – E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
30 - Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno,  não vos vestirá muito mais a vós,  homens de pequena fé ?
31 – Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos ou que beberemos ou com que nos vestiremos ?
32 – Porque todas essas coisas os gentios procuram. Decerto, vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas essas coisas;
33 – Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão  acrescentadas.
34 – Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã,  porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo.  


Introdução:

Sabemos que nossa peregrinação enquanto Igreja na Terra, sempre foi marcada por lutas e problemas de toda a ordem.  Ao entrarmos no Reino de Deus, a partir do novo nascimento (Jo 3:5),  não fomos isentados de padecer necessidades materiais no curso da existencia (Fp 4:12)(Jo 16:33).
Mas, o mais maravilhoso de nossa senda, é a certa Presença do Senhor, cuidando-nos em todos os detalhes através de sua singular Providencia (Sl 23:1)(Fp 4:19).
Nesta lição de hoje, Jesus nos ensina a confiar e descansar inteiramente na Providencia de Deus; e caminhando pelo texto bíblico de Mateus 6:19-34, Ele nos reporta a verdades preciosas a respeito.  Jesus nos ensina que:

1.     Onde estiver o nosso tesouro, ali estará o nosso coração (Mt 6:21)

1.1    O segredo de uma vida feliz em Deus fala de nossa completa vitória sobre o amor para com as riquezas (Mt 6:19,20).   

Deus jamais será contra ao homem que ganha dinheiro,  mas, sim contra o dinheiro que ganha o homem.    A Bíblia não diz que o amor é a raiz de todos males, mas, o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males (1 Tm 6:10).
Conta-se que o milionário cantor americano Frank Sinatra, na hora  da morte disse por tres vezes:
- Eu estou perdendo...
Certamente referia-se a todos os tesouros onde estava agarrado o seu coração (Mt 6:21) – fama, prazeres,  luxuria e riquezas materiais acumuladas aos milhões durante toda a sua vida.   Mas, na hora decisiva  de sua vida, em desespero confessou que tudo o que havia ajuntado não poderia levar para o outro lado da vida.
Paulo escreveu com inspiração e verdade em 1 Timóteo 6:7  “Porque nada trouxemos para este mundo e manifesto é que nada podemos levar dele.”
          Ao nos advertir sobre não ajuntar tesouros na terra, Jesus não está de forma alguma, reprovando aqueles que prudentemente, juntam honestamente pelo seu trabalho, a necessária provisão para o futuro.   Notemos, que o próprio Deus concedeu a uma viúva, um futuro financeiramente seguro, conforme lemos em (2 Rs 4:1-7).   José por sua vez, fez tres coisas fundamentais em sua abençoada administração como governador da terra do Egito: Ajuntou o matimento;   quando chegou a fome sobre a terra – José repartiu sabiamente o que havia estocado por sete anos.
A advertencia de Jesus no Sermão do Monte (Mt 6:19-21), está voltada contra a possibilidade humana de priorizar os bens terrenais em detrimento aos tesouros do Céu.

1.2    Jesus nos exorta que duas coisas devem priorizar os valores celestiais:  O coração e os olhos (Mt 6:21-23)

O contexto nos mostra que duas coisas precisam estar convertidas a Deus para não sermos vencidos pelas valores materiais: O nosso coração e os nossos olhos.
Jesus nos exorta a dirigirmos nosso coração para o Céu, onde está o nosso verdadeiro tesouro (Mt 6:20,21).    Daí a importancia de nosso coração pertencer inteiramente ao Senhor.   Ele ternamente pede constantemente ao pecador: “Filho meu dá-me o teu coração”(Pv 23:26).
Um coração dominado pelos cuidados da vida e pelo amor aos tesouros da terra,é como um poço que já não pode fornecer água pura e cristalina, por causa dos entulhos que bloqueiam as águas vivas.   Portanto, guardemos os nossos corações para que não sejam dominados por Mamom, mas pelo Senhor nosso Deus (Pv 4:23).
E  que de igual modo nossos olhos jamais sejam corrompidos pela ganancia material,  que entenebrecem todo o corpo (Mt 6:22,23).
 Onde estão os nossos olhos?  Voltam-se com avidez para este mundo e seus valores?  Lembremo-nos que o mundo passa (1 Jo 2:17), riquezas terrenas passam (Tg 5:1-3), e aqueles que fazem do seu dinheiro o seu deus, “Caem em tentação e em laço e em muitas concupiscencias loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.” (2 Tm 6:9)
Meus irmãos, que nosso coração e  nossos olhos busquem as coisas de cima, como bem disse Paulo aos irmãos em Colossos:
“Portanto se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado ‘a destra de Deus.
Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;
Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.” (Cl 3:1-3)

2.     ANALISANDO DOS DOIS TESOUROS:

2.1    O tesouro da terra
·        Sua natureza – Terrena (Mt 6:19)
·        Sua garantia – Incerta (1 Tm 6:17)
·        Sua durabilidade – Falível (Mt 6:19)(Tg 5:2,3)

2.2    O tesouro do Céu
·        Sua natureza – Espiritual (2 Co 6:10)
·        Sua garantia – Certa (1 Pe 1:4)
·        Sua durabildade – eterna (Mt 6:20)


3.     Ter Deus como Senhor, não cria oportunidade para outro senhorio sobre nossas vidas  (Mt 6:24)

3.1    Sinais quando Mamon é o senhor de nossas vidas:
(Mamom: palavra aramaica que significa riquezas)

·        Prioriza-se bens e riquezas materiais (Lc 12:17,18)
·        Evidencia-se o engano de pensar que valores terrenais satisfazem a alma (Lc 12:19)
·        Ajunta-se tesouros, mas se torna pobre para com Deus (Lc 12:20,21)

3.2    Sinais quando Jesus é o Senhor de nossas vidas (com respeito aos valores terrenos):
·        Consciencia de mordomos e não de donos (Sl 24:1)(Jó 1:21)
·        Não somos  avarentos, mas generosos (Sl 112:9) (2 Co 9:9)
·        Nos tornamos alvo das bençãos da liberalidade (Lc 6:38)(2
·        Priorizamos o Reino de Deus e sua Justiça (Mt 6:33)

  
4.     CONFIANDO NA PROVIDENCIA DE DEUS

4.1    A ansiedade é considerada pela maioria dos psicólogos como a mais perigosa doença emocional do século.

Segundo relatórios recentes da Organização Mundial da Saúde, mais de 50% das pessoas que passam pelas casas de saúde, são vítimas da ansiedade,  sendo grande parte desta cifra – um número elevado de pessoas ansiosas oriundas de preocupações relacionadas ‘as necessidades materiais.
 A Palavra de Deus nos indica o remédio para a ansiedade;   medicina esta, que parte da entrega de nossa parte – 1 Pedro 5:7, nos aconselha: “Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós.”
       Vale dizer, que a Palavra está falando de confiar inteiramente no Senhor, sabendo que seu real cuidado jamais nos faltará.


4.2        Jesus nos aconselha a não andarmos ansiosos quanto ‘a nossa vida, quanto ao comer, ao beber, ao vestir (Mt 6:25-34).

Maravilhosas razões para confiarmos no cuidado de Deus:
·        Ele é o nosso Pastor (Sl 23:1)
·        Tudo está em suas Mãos (Sl 24:1)
·        O ouro e a prata são dEle(Ag 2:8)
·        Ele supre todas as nossas necessidades (Fp 4:19)
·        Ele não nos desampara (Hb 13:5)
·        Ele alimenta  as aves dos céu, não deixará faltar o nosso pão (Mt 6:26,27)(Mt 6:11)
·        Ele veste de beleza e esplendor os lírios do campo; muito mais cuida de cada um de nós, suprindo todas as nossas necessidades (Mt 6:28-32)(Fp 4:19)

Conclusão:

Devemos ter em mente que Deus sabe tudo o que verdadeiramente necessitamos:  “De certo vosso Pai Celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas.” (Mt 6:32).
Quando cremos nesta verdade da Palavra de Deus, descansamos na Providencia de Deus; o que nos livrará de sermos prisioneiros da ansiedade.
“Não estejais inquietos por coisa alguma: antes as vossas petições, sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplicas, com ação de graças.
E a paz de Deus que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus” (Fp 4:6,7).

Em suma,  aqueles que verdadeiramente confiam na Providencia Divina:
1º.) Entesouram no lugar mais seguro – No Céu (Mt 6:19-21)
2º.) Seu coração e seus olhos estão em valores eternos (Mt 6:21-23)(Cl 3:1,2)
3º.) São servos do Senhor de todas as riquezas, e não das riquezas(Mt 6:24)
4º.) Confiam inteiramente no cuidado do Senhor, por isso não são vítimas da ansiedade (Mt 6:25-32)
5º.) Priorizam o Reino de Deus e sua justiça, pois sabem que as demais coisas lhes serão acrescentadas (Mt 6:33) (Sl 16:2)

 Pastor Marcos Antonio

Nenhum comentário: