domingo, 13 de abril de 2014

QUATRO TIPOS DE MENTALIDADE


Gn 22:1-14

Introdução:
.A história descrita neste capítulo 22 do Livro do Gênesis,     é uma das mais maravilhosas de toda a Bíblia.

.É maravilhosa por Duas  razões principais:
1ª.) Porque esta história nos reporta ao Calvário e ao amor de Deus por nós – Jr 31.3;  Jo 3.16;  13.15;  Rm 5.8;  Gl 2.20
- Ilustração: “...Deus um dia diz a Abraão:  Vou dar meu único filho em sacrifício para salvar o homem...Abraão pergunta:...Mas, como isto será possível...Deus é espírito...Deus tem um filho...e vai dar seu filho...”

2ª.) Porque esta história nos ensina o que significa a verdadeira Adoração.   Porque todos os requisitos do verdadeiro adorador, nós encontramos aqui neste relato de Abraão indo ao sacrifício no Terra de Moriá.

.E nesta perspectiva – quero vos pregar nesta noite sobre QUATRO TIPOS DE MENTALIDADE:

1.  MENTALIDADE DE ABRAÃO      (como é...)

a)   Conhece a Deus como seu Deus – Gn 17.1; Os 6.3;  Jr 9.23,24


b)   Sabe que Deus é seu melhor amigo – 2 Cr 20.7; Is 41.8; Tg 2.23......Gn 18.17.............


c)    Discerne a voz de Deus e obedece Gn 22.1  “Eis-me aqui...”
- Adoração no Hebraico:  “Não curvar-se diante de um soberano,  mas, submeter-se a Ele”
- Quanta gente que diz que adora a Deus, mas, não lhe obedece...Pensam que Adoração é só um momento de culto.
- O que Deus pediu a Abraão foi algo que exigia a maior das renúncias...Mas, Ele entregou tudo a Deus...
- 1 Sm 15.22;    At 5.29;    Rm 6.16


d)  Sabe o que significa Adorar a Deus:
- Primeiro:  Abraão prioriza a Deus – Gn 22.1

- Segundo:  Abraão sobe...(Não se adora sem subir às regiões celestiais – Ef 2.6; 1.3;   Ap 4.1,2)

-Terceiro:  Abraão vai adorar a Deus e leva o cutelo – (arma cortante) – Não venha adorar sem a Palavra - Leve a Palavra...só ela pode dilacerar e cortar o mais profundo do coração – Hb 4.12,13

-Quarto:  Abraão vai adorar e traz lenha – (aquilo que pode queimar) – Venha adorar e traga tudo o que queima... Idéia de capacidade, soberba, cátedras, diplomas, status, influência...

- Quinto:  Abraão traz fogo de casa
Note que ele não acende o fogo, quando chega lá em cima.  O fogo ele traz de casa.
Crente que reclama da igreja...do culto...da música...do pregador...    – Conselho do Espírito Santo: Traz fogo de casa...

- Vamos ao segundo tipo de mentalidade:


2.     MENTALIDADE DE ISAQUE  (Como é esta mentalidade...)

a)   A mentalidade de Isaque é a mentalidade da disposição voluntária para servir
- Isaque ao ser chamado já foi pondo a lenha nas costas...e com prontidão, seguia seu pai.



b)  A mentalidade de Isaque é a mentalidade humilde.
- Isaque podia reclamar o peso da lenha...Não reclama...é para Deus...vou carregar...vou levar...vou fazer...

c)    A mentalidade de Isaque é a mentalidade de obedecer, mesmo muitas vezes não entendendo...
- Isaque podia não estar entendendo...Porque deve ter entrado em conflito...Pois, o cordeiro (matéria prima do sacrifício) não estavam levando.
- Isaque representa o crente que apesar de não estar entendendo o que Deus está fazendo...Mas, obedece!
- Rm 8.28;  Jo 13.7....

d)  A mentalidade de Isaque é a mentalidade do ir junto – da união e da unidade com os irmãos
Gn 22.6  “E foram ambos juntos...”
- Crentes que não tem a mentalidade de Isaque não querem união, vivem em contendas, vivem isolados – Sl 133.1-3


3.     MENTALIDADE DE JUMENTO
Gn 22.3 – fala um jumento que entra na história do sacrifício

a)   A mentalidade de jumento é a mentalidade fechada, sem entendimento – Lc 24.25;  Rm 12:1-3

b)  A mentalidade do jumento é mentalidade do orelhudo
- Representa aquele que gosta do leva e trás...Gosta de ouvir a miséria dos outros...fofóca...  


c) A mentalidade de jumento é a mentalidade da teimosia
- O jumento é tido como o animal mais teimoso que se tem notícia
- Salmo 32.9   “Não sejas como a mula (o jumento) que não tem entendimento.”


4.     MENTALIDADE DE ESCRAVO
Gn 22.3  - Nos diz que dois escravos entram na História do Sacrifício

a)   Primeiro:  A mentalidade de escravo não entende o plano do Senhor
- Imaginem: Se aqueles escravos ficam sabendo o que Abraão estava indo fazer...Pensariam: O patrão edoidou... ta louco...Onde já se viu isto...
- Tudo porque...mentalidade de escravo, não entende os mistérios de Deus – Mt 11.25;  1 Co 2.9,10

b)   Segundo:  A mentalidade de escravo não entende o que significa Generosidade e Liberalidade.
- Porque é uma mentalidade mesquinha, miserável:

.Ilustração: (Serviço social e a mente de escravo...SAL – doações em uma Igreja:   GUARDA CHUVA SEM PANO – VENTILADOR SEM HÉLICE.....

c)    Terceiro:  A mentalidade de escravo é uma mentalidade mesquinha – Não consegue pensar grande, não sonha os sonhos de Deus – Jr 33.3


Concluindo:

1º.) QUEM PODE SUBIR AO MORIÁ...
- Abraão e Isaque sobem – (Quem tem estas mentalidades podem adorar a Deus – Jô 4.23,24)

- Mas,  o jumento e os escravos – Foram proibidos de subir
- Mentalidade de jumento, mentalidade de escravo...ficam no sopé da montanha....Só os crestes Abraãos e Isaques podem ver a Face de Deus

2º.) Escravo não adora -  E, por que não adora... – Resp: Uma mente escravizada, presa...cativa pelo pecado

3º.) Jumento não adora – Porque não existe nele entendimento... Não se pode adorar a Deus sem conhece-lo.

4º.) Senhor, dá-nos hoje a mentalidade de Abraão – Mentalidade de adorador por excelência que sabe priorizar o Senhor
- Ilustração: (Ilustração:  Irmão em pé – quando faz aniversário.....)

5º.) Senhor, dá-nos a mentalidade de Isaque.  Uma mentalidade de coração submisso e humilde....


-O Senhor hoje...levantou-se do seu trono...veio pelos corredores do seu palácio...parapeito da eternidade, e olhou para o planeta terra....e bradou: Encontrei! Encontrei....adoradores....

Pastor Marcos Antonio

Nenhum comentário: