quarta-feira, 15 de março de 2017






AS QUATRO PALAVRAS CHAVE DA COMUNHÃO COM DEUS
João 13.23

Introdução:

·       Como está o nosso relacionamento com Deus?

·       Está pergunta irá nortear a Mensagem da Palavra de Deus de hoje...

·       Temos hoje no Brasil mais de 50 milhões de evangélicos.  E, porque sendo tantos...Tão poucos conhecem a Deus...tão poucos andam com Ele...tão poucos possuem um relacionamento de amigo com Jesus...

·       Entende-se que a resposta para a pergunta que não quer calar, é a seguinte: Temos muitos crentes de barganha e poucos discípulos. Temos muitos rotulados “evangélicos” e poucos convertidos.  Temos muitos fãs de Jesus, e bem poucos adoradores. Temos muitos amigos da igreja, e bem poucos amigos de Jesus (Jo 15.14).

·       Pergunta o Senhor  nesta oportunidade: Como está o teu relacionamento comigo?   Você me segue por qual motivo?   (A multidão que seguia a Jesus se dividia em três grupos: curiosos, críticos, necessitados)


·       Quero vos pregar sobre alguns requisitos indispensáveis para que tenhamos um relacionamento eficaz com o Senhor:  AS QUATRO PALAVRAS CHAVE DA COMUNHÃO

1.  PROGRESSIVIDADE

·       Você sabia que conhecer a Deus é um processo gradativo, crescente – Os 6.3; Jo 17.3; Pv 4.18

·       Pergunta o Senhor para nós: Vocês me conhecem?                           – Jo 17.3;  Jr 9.23,24                                                                                       - Ilustração: Meu conhece a Deus!

·       Cada dia com Deus, o conhecemos um pouco mais – Fp 3.8   “para conhece-lo...”

·       Vejamos agora algo interessante sobre progressividade do conhecimento do Senhor – João 4.9,11,15,19, 28-29


2.  PROXIMIDADE

·       Estamos perto ou longe do Senhor? – Sl 63.8  “A minha alma te segue de perto.”

·       Qual é o fator que determina o distanciamento do Senhor?   Resposta: O pecado – Rm 3.23; Is 59.2; Pv 15.29

·       Quando damos lugar ao pecado em nossa vida, o pecado se encarrega de nos afastar de Deus – Pv 15.29; Lc 15.20

·       Davi pecou e sentiu-se longe do Senhor – Sl 51.11

·       Pedro negou a Jesus e seguia-o de longe – Lc 22.54

·       Mas, quando nos arrependemos e nos convertemos ao Senhor, seu Sangue nos aproxima de Deus – Ef 2.13

·       Ilustração:Só o Sangue pode te aproximar de Deus e estabelecer a comunhão com Deus.

·       Esta é a primeira Palavra Chave da Comunhão com Deus: Proximidade...

·       E, quanto mais próximo estivermos do Senhor, mais parecidos com Ele ficaremos – Ex 34.29; At 6.15

·       Como entender esta bênção da Proximidade com Deus?  Sim, quanto mais nos aproximamos do Senhor, mais de sua semelhança teremos em nós ...

·       Ilustração: A pedra Opala – seu brilho surge na palma da mão.    Um homem viu na vitrine de uma joalheria várias pedras preciosas. Observou diamantes, esmeraldas, rubis e tantas outras pedras lindas e atraentes. Porém, no meio daquelas pedras de rara beleza e alto valor, estava também uma pedra opaca que por diferente, chamou-lhe a atenção.
Movido pela curiosidade, perguntou ao joalheiro porque aquela pedra sem brilho estava exposta na vitrine como uma pedra preciosa. O joalheiro, sem dizer palavra alguma, tomou a pedra da vitrine e a apertou por alguns instantes na concha da sua mão. Depois de alguns minutos, ao abrir a mão, aquela pedra estava brilhando, revelando uma beleza singular e encantadora. Aquela Pedra era uma Opala. A opala só brilha quando é tocada, quando é cercada de calor e de contato.


3.  PROFUNDIDADE

·       Vivemos hoje os tempos de uma vida cristã muito rasa. Sem profundidade em Deus. Sem comunhão profunda com o Senhor.

·       Ilustração:  a menina e o pescador: Eu conheço o mar!...

·       Se tivermos vida de profundidade em Deus, seremos crentes firmes e fortes – Lc 6.48; Cl 2.7; Sl 92.12

·       Se tivermos vida de profundidade em Deus, seremos mais felizes, mais alegres – Sl 16.11                                       - -Ilustração: Mergulhadores provaram um riso intenso nas profundezas...

·       Se tivermos vida de profundidade em Deus, provaremos as riquezas de Deus:     O Senhor tem riquezas para seu povo:   Ef 1 – riquezas da Glória;  Ef 2 – riquezas da Graça;   Rm 2 – riquezas da bondade de Deus -  Ef 3 – as insondáveis riquezas de Cristo.

- Para chegar a estas riquezas, precisamos mergulhar nas profundezasEz 47.1-5.....1 Co 2.9,10........Rm 11.33

- Os dons do Espírito são riquezas  das profundezas de Deus:                                                                                                                                         – Ilustração: (o irmãozinho humilde, mas, rico em dons – o templo vai desabar....)


4.  INTIMIDADE
Jo 13.23  Ora um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no seio de Jesus.”

·       Amizade e Segredo no texto hebraico significam a mesma coisa – Sl 25.14; Jó 29.4;  Pv 3.32  “...com os sinceros está o seu segredo.”

·       Enoque, exemplo de intimidade com Deus – Gn 5.24

·       Abraão, exemplo de intimidade com Deus – 2 Cr 20.7;                  Is 41.8; Tg 2.23  “amigo de Deus                                                                  – Gn 18.17 “Ocultaria eu. A Abraão o que Eu faço?...”

·       Moisés, exemplo de intimidade com Deus:

- Nm 12.6-8   “...Se entre vós houver profeta; Eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele.   Não é assim com meu servo Moisés, que é fiel em toda a minha casa. Boca a boca falo com ele, e de vista; e não por figuras, pois ele vê a semelhança do Senhor.”
- Ex 33.18-23  “Rogo-te que me mostres a tua Glória.”
- “Eu farei passar toda a minha bondade por diante de ti, e apregoarei o meu Nome diante de ti...Não poderás ver a minha face; porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá.  Eis aqui um lugar junto a mim, ali te porás sobre a penha.  E acontecerá quando a minha glória passar, te porei numa fenda da penha, e te cobrirei com a minha mão, até que Eu haja passado.  E, havendo Eu tirado a minha mão, me verás pelas costas, mas a minha face não se verá.”
- Dt 34.10  “E nunca mais se levantou em Israel, profeta algum como Moisés, a quem o Senhor conhecera cara a cara.”

·       Apóstolo João exemplo de intimidade com o Senhor:

Primeiro vieram as multidões – 70 discípulos – 12 discípulos – 3...Pedro, Tiago e João – (1) João, o mais chegado:
- Jo 13.23  O mais próximo na Ceia
- Jo 19.26,27 – O mais próximo da Cruz
- Jo 20.8 – O primeiro a compreender a Ressurreição
- Jo 21.7 – O único no barco a reconhecer Jesus
- Ap 4.1,2 – O mais íntimo amigo de Jesus, recebeu a maior revelação profética de todos os tempos (Apocalipse)

·       Se você deseja ter mais intimidade com o Senhor...Prepare-se para grandes revelações: Jr 33.3;                           Sl 25.14; Mt 11.25


·      
Pastor Marcos Antonio 
mensagem pregada na Assembleia de Deus Ágape
Curitiba, 15 de março 2017

Nenhum comentário: