quinta-feira, 22 de abril de 2010

ÚLTIMAS PALAVRAS



Certa vez ouvi de um inspirado pregador do Evangelho, que as últimas palavras que alguém profere em sua vida – traduz o que está em seu coração e indica seu futuro.
Confesso que tenho sido agraciado ao longo da caminhada cristã, por amigos dados pelo Senhor – que teem-me recreado a alma e motivado-me a perseverar seguindo a Cristo!
Alguns destes preciosos amigos já foram promovidos a Glória – mas o legado de suas pisadas santas, haverão sempre de estimular-me na caminhada para a pátria celestial.
Neste momento, ao escrever estas poucas linhas – O Senhor fez-me lembrar de alguns queridos ministros do Senhor – sinceros amigos, e de quais foram suas últimas palavras para mim:

• Mauro Ferreira – o mais brilhante pregador jovem que conhecí. Encantava a todos que o ouviam. Evangelista de primeira linha – com suas mensagens objetivas e cheias de poder, conquistou centenas de almas para Cristo. Um querido amigo. Lembro-me, no ano de 80 – quando comecei a viajar pelo Brasil, pregando a Palavra de Deus – estimulado pelo querido Maurinho (como todos nós, carinhosamente o chamávamos). Ah,.. não posso esquecer do dia, quando ainda militar da Força Aérea Brasileira, e recebia um telefonema dele, onde ele me dizia: - Meu querido Marcos, eu não poderei ir a Joaçaba, SC – Voce pode me substituir...Deus irá te usar grandemente...Ele tem um plano maravilhoso na tua vida!!!
Faleceu repentinamente por um acidente automobilistico em Curitiba – no apogeu de seu Ministério (assim quis o Senhor) – mas me deixou palavras que até hoje marcam meu coração e meu ministério.

• Pastor Osmar Cabral (papai de meu querido amigo Pr. Elienai Cabral) – Da velha guarda, o mais inspirado pregador que conheci. Muito influenciou minha vida e ministério. Lembro-me com saudades de suas mensagens de poder e de vida. Logo que adoeceu, fui visitá-lo no Hospital São Carlos em Curitiba – era uma segunda-feira por volta das 11 horas da manhã, quando ouvi deste precioso amigo, palavras de carinho e animo. Lembro-me que logo que adentrei o quarto daquele hospital, pastor Osmar disse-me:
- Irmão Marcos, pude ouvir ontem pelo radio a transmissão do culto e ouvi a mensagem que Deus te deu. Que Deus te abençõe...Prossiga!...
Estas foram suas últimas palavras para mim.

• Missionário Simão Lundgren – Missionário enviado pela missão sueca para o Brasil. Sendo que boa parte de seu trabalho missionário foi em Curitiba – onde presidiu por alguns anos a Assembléia de Deus em Curitiba. Suas mensagens e estudos bíblicos ainda ressoam muito forte em minha alma – sempre marcadas pela revelação de Palavra profética. Faleceu em agosto de 1990.
Em dezembro deste mesmo ano, tive a rica oportunidade de pregar por tres semanas na Suécia (sendo bondosamente traduzido pelo querido pastor Ivar Vingren – filho de nosso pioneiro Gunnar Vingren). Pude ministrar na Igreja Filadelfia em Upsala – igreja esta, que enviou Miss. Simão e família para o Brasil. Naquele abençoado culto, relatei as últimas palavras que este príncipe de Deus disse-me:
- Não se esqueça meu irmão que a vitória é nossa em Jesus!

• Pastor Mário Rosa – Quem o conheceu, faz cöro comigo ao dizer – que pastor Mario foi um exemplo de espiritualidade, santidade e amor fraternal. Sempre pronto para servir a Igreja e os necessitados. Não viveu pra si – viveu para Deus e seu Reino.
Nos seus últimos dias de vida, fui com minha família visitá-lo em sua casa. Mesmo abatido pelo cäncer que tomava conta de seu corpo – trazia um lindo sorriso (sua face brilhava).
Depois de termos orado, ele voltou-se para mim sorrindo e disse estas tocantes palavras:
- Até a Glória meu irmão Marcos !

• Pastor Luis Antonio
Em Santo André, SP – no final dos anos 80 – em um grande Congresso de Jovens, tive a alegria de conhecer este querido amigo e precioso irmão.
Pastor Hidekazu Takayama, pregava durante as noites evangelísticas no ginásio, e Luis e eu, nos revezávamos ministrando estudos bíblicos durante manhã e tarde. Lembro-me de que nosso primeiro diálogo foi sobre mensagens e esboços. Ele gentilmente me presenteou seu primeiro Livro:
MENSAGENS DE PODER – com preciosos esboços. Trocamos nossas figurinhas – lhe dei meu pequeno livro: TEMÁRIO DO PREGADOR.
Nos alegramos, nos edificamos, e iniciamos a partir daquele dia uma amizade sincera e duradoura. Porque sempre costumo dizer: Que a verdadeira amizade é aquela feita aos pés da Cruz.
A seu convite fui a Ivoti-Rs, na Ass. De Deus – presidida por ele. E, por sua vez ele sempre nos brindava com sua presença nos grandes eventos em Curitiba.
Pregador dos mais profícuos – porque colhia mensagens do interior da Sala do Trono, pelo jejum e pela oração. Um homem humilde e gentil. Era sempre prazeroso estar em sua companhia – Sua amabilidade e jovialidade de espírito atraía a todos.
Antes de transferir-me com minha família para os Estados Unidos, falei com o querido Luis Antonio pela última vez.
Foi no púlpito da Igreja sede em Curitiba – quando carinhosamente beijou o meu rosto e disse-me: - Marcos, meu querido amigo, eu te amo meu irmão !!!
Estas foram suas últimas palavras para o meu coração.
Todos nós fomos impactados pelo trágico acidente aéreo (o maior até hoje em toda história da aviação brasileira) que ceifou a sua vida, no entanto, conforta-me o espírito e anima-me na caminhada a seguir, aquelas palavras tão doces, tão sinceras, tão cheias de amor de alguém que o mundo não era digno dele. Um santo homem de Deus e um querido amigo.

Palavras últimas, que serão sempre as primeiras, a a animar abatidos, a confortar afligidos, a motivar ministérios.
Que possamos segui-los no exemplo. Que possamos pisar em suas pisadas. Que possamos proferir suas palavras santas.

Quanta tristeza nos traz aqueles que proferem palavras ociosas. Palavras de maledicëncia, que difamam, que caluniam, que ferem, que matam. Palavras que jamais enobrecem, jamais levantam, jamais abençoam.

Que minhas palavras não sejam de maldição ou destruição.
Que o Senhor ajude-me a profetizar vida e alegria, quer seja no púlpito, quer seja em minha casa, quer seja nos relacionamentos interpessoais.

Que o Senhor nos ajude a bendizer, a profetizar a vida e não a morte.
A abençoar ministérios e não tentar destruí-los.

Que Deus nos ajude para que, quando se fizer Chamada de nosso nome – para nos apresentarmos perante Ele, que todos depois lembrem e digam quais foram nossas últimas palavras: palavras de vida, de animo, de graça, de amor, de verdade, palavras que abençoam.

No amor de Cristo,

Pastor Marcos Antonio da Silva

Nenhum comentário: