quarta-feira, 2 de julho de 2008

VAMOS PROTEGER NOSSO LÍDER

“VAMOS PROTEGER NOSSO LÍDER”

(2 Sm 21:15-17)

Introdução:

(1) Confesso aos irmãos que quando li esta passagem bíblica –

Meu coração se alegrou, em saber do amor, da fidelidade, do carinho que os soldados de Israel (principalmente os capitães das milicias do exército) – tinham pelo seu Rei e líder: Daví.

(2) Sei que nestes minutos de pregação da Palavra de Deus – O Espírito Santo – Inspirador e intérprete da Bíblia Sagrada – Pode inserir em cada mente e coração, o precioso tema, que desejo compartilhar com a Igreja do Senhor, que se reúne nesta noite: “VAMOS PROTEGER NOSSO LÍDER”

(3) Consideremos o texto bíblico e observemos algumas revelações:

1. O HOMEM DE DEUS TEM LUTAS

v. 15 “Tiveram mais os filisteus uma peleja contra Israel. E desceu Daví, e com ele os seus servos...”

1. Desde que Deus chamou a Daví – o chamou para guerrear...

a) Deus não chamou a Davi para um pic-nic espiritual. Deus não chamou a Davi para dar um passeio na existência sem tribulaões. Deus não chamou a Daví para Ter um ministério sem lutas...

b) Daví entra em cena, já guerreando com o gigante filisteu Golias

c) E, desde então não parou de lutar e guerrear...

2. Todo chamado para o Ministério – É um chamado para a luta – para pelejar a boa “Milicia da Fé” – Para guerrear as guerras do Senhor – Para combater o bom combate.

3. O homem de Deus – O líder é um Guerreiro de Deus – É um soldado da Cruz – É um miliciano do exército de Deus...

4. Você já pensou nas lutas do homem de Deus ?

a) Quantos problemas para serem resolvidos...

b) Quantos ataques recebidos (Murmuração, incompreensão, palavras ofensivas, impropérios, cartas anônimas, desrespeito, traição...)

c) Isto, e muito mais traduz como é a arena de guerra do homem de Deus...

5. Mas, em todas estas lutas:

a) Rm 8:37 - Ele é mais do que vencedor

b) Ele salta muralhas em nome do Senhor:

Sl 18:29 “Porque contigo entrei pelo meio dum esquadrão, com o meu Deus saltei uma muralha.”

c) Ele é adestrado pelo seu comandante, que é Deus

Sl 144:1 “Bendito seja o Senhor, minha rocha, que adestra as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra.”

d) Ele é protegido pelo Senhor

Sl 91:7 “Mil cairão ao teu lado e dez mil à tua direita, mas tu não serás atingido.”

Sl 27:5 “Porque no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no oculto do seu tabernáculo me esconderá, por-me-á sobre uma rocha.”

Sl 140:7 “Senhor Deus, fortaleza da minha salvação, tu cobriste a minha cabeça no dia da batalha” (O homem de Deus é protegido por Deus)

II. O HOMEM DE DEUS SE CANSA

v. 15 “Tiveram mais os filisteus uma peleja contra Israel. E desceu Daví, e com ele os seus servos; E TANTO PELEJARAM, QUE DAVI SE CANSOU.”

1. Muitos olham o líder, e imaginam estarem vendo um “super-homem” – cujo o vigor não termina e a disposição não finda. Homens desta estirpe, não existem.

2. A Bíblia acaba de nos informar que o líder pode se cansar – v.15

a) A Bíblia diz que nem o nosso Cristo ficou isento desta realidade do ser humano – Jo 4:6 “cansado do caminho

b) Paulo, fala que “Ministério” produz desgaste:

2 Co 12:15 “Eu de muito boa vontade me gastarei, e me deixarei gastar pelas vossas almas...”

2 Co 11:28 “Além das coisas exteriores, me oprime cada dia, o cuidado de todas as igrejas.”

3. São abençoados aqueles crentes e obreiros que discernem a pesada carga do seu líder – E buscam proporcionar a ele descanso e refrigério – Através da ajuda sincera – através da oração – através do amor e companherismo...

4. Muitas causas podem levar o homem de Deus a vir a se cansar –

Mas, tres são os fatores que o podem fazem descansar:

a) O homem de Deus pode descansar em Deus – Ex 33:14; Sl 37:7; Sl 91:1

- Is 40:29-31 “Dá esforço ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os mancebos certamente cairão. Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão.

b) O homem de Deus deve Ter momentos de refrigério e descanso fisico e mental

c) O homem de Deus tem companheiros que o fazem Ter descanso e conforto diante da grande Obra – (Como Arão e Ur – Ex 17)

III. O HOMEM DE DEUS TEM INIMIGOS

v. 16 “E Isbí-Benobe, que era dos filhos dos gigantes, e o peso de cuja lança tinha trezentos siclos de cobre (+ ou – 5 kg), e que cingia uma espada nova, este intentou ferir a Davi.”

1. Quantos inimigos ao longo da senda do ministério se levantam contra o homem de Deus...

2. O líder não está imune ao ataque dos “Isbí-Benobes” que tentam ferir o homem de Deus. Dos Abimeleques que oprimem. Dos Absalões que lutam com hipocrisia e sagacidade. Dos Alexandres que causam muitos males. Dos Demas que se apartam e deixam o homem de Deus só. Dos que desamparam como Figelo e Hermógenes. Dos que traem como Judas. Dos que causam danos a Obra de Deus como Diótrefes.

3. Sim, o homem de Deus tem inimigos – Mas, em todas as investidas deles, Deus peleja por Ele – Is 54:17; Sl 91:7

4. O Homem de Deus sabe que Deus o livra e o guarda –

2 Tm 4:16-18 “Ninguém me assistiu na minha primeira defesa, antes todos me desampararam... Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão. E, o Senhor me livrará de toda a obra maligna, e guardar-me-á para o seu reino celestial.”

IV. O HOMEM DE DEUS TEM AMIGOS

V. 17 “Porém Abisai, filho de Zeruia, o socorreu, e feriu o filisteu, e o matou...”

1. Abisai era um valoroso soldado de Daví - Davi tinha amigos para o socorrer.

2. O texto diz que “Abisai o socorreu” – Isto é, ele percebeu que o gigante ia ferir seu líder – Correu, e se colocou entre Daví e o gigante.

3. Dizendo ao inimigo: “Pra chegar no meu líder, vai Ter que passar por mim”

4. Deus dará sempre amigos ao homem de Deus. Não amigos interesseiros, não amigos circunstanciais, mas amigos fiéis, que expõe suas vidas pelo homem de Deus:

a) Estes valentes de Daví deram prova do quanto amavam a Daví – Il. (Um dia Daví disse: “Ah, quem me dera tomar água da fonte de Belém”...

5. ILUSTRAÇÃO: -Há alguns anos atrás nos Estados Unidos da América do Norte, o então presidente Ronald Reagan sofreu um atentado. Mas, um dos agentes da guarda presidencial percebeu, e se colocou a frente do presidente...Levou um tiro, que o deixou aleijado....Seu nome JAMES BRADT

A Casa Branca recebe o valoroso agente de cadeira de rodas. O país parou para assistir a linda e merecida homenagem prestada pelo Governo americano ao valoroso James.

VI. O HOMEM DE DEUS DEVE SER PROTEGIDO

V.18 “...Então os homens de Daví lhe juraram, dizendo: NUNCA MAIS SAIRÁS CONOSCO À PELEJA, PARA QUE NÃO APAGUES A LÂMPADA DE ISRAEL.”

1. Eles juraram – Isto revela o amor, o cuidado deles para com seu líder

2. “NUNCA MAIS SAIRÁS CONOSCO À PELEJA” – Observe, o que disseram em seguida: “PARA QUE NÃO SE APAGUE A LÂMPADA DE ISRAEL.”

3. Eles sabiam que Daví era o homem a quem Deus havia entregue uma tocha para segurar e guiar o povo (Este é sentido da palavra)

4.Jesus reconheceu que João Batista era uma lâmpada para guiar o povo

“João, era a lâmpada que ardia e iluminava. E, vós escolhestes se alegrar com a sua Luz...”

5. Quando os soldados de Daví juraram – “Nunca mais sairás conosco à peleja, para que não apagues a Lâmpada de Israel” – Eles estavam dizendo:

“Se o senhor nos faltar, ficaremos sem rumo, pois sem luz, sem a Lâmpada de Israel, estaremos no escuro... Não sabendo para onde ir...”

_____________________________________________________________________

Este sermão me reporta a um momento muito difícil que vivenciava o nosso querido pastor José Pimentel de Carvalho, na igreja em Curitiba, Paraná, há alguns atrás. Toda a igreja se reunia para uma assembléia geral, para solução de assuntos de extrema urgencia.
Pastor Pimentel sempre dirigido por Deus, disse-me:
- Pastor Marcos, normalmente realizamos a assembléia geral primeiro, e depois a mensagem da Palavra de Deus. Mas, desta vez faremos o inverso, voce prega primeiro.
Foi o agir de Deus, preguei debaixo da misericórdia do Senhor - e esta foi a mensagem a mim concedida pelo Trono. Por infinita graça, o Céu desceu sobre a Igreja. Corações revoltosos se humilharam diante de Deus.
Quando descia as escadas do púlpito, me disse um pastor:
- Vim preparado para me opor e refutar os assuntos da pauta da assembléia geral, mas Deus falou comigo que eu tenho que me converter...e amar meu pastor...
Portanto esta mensagem, tem para mim, não somente um significado histórico, mas profundamente espiritual, de como Deus cuida de sua Obra e de seu ungido.

Pr. Marcos Antonio

Nenhum comentário: